Brasil, 23 de Outubro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Como Saber Se Você Está Vendendo o Seu Produto ou Serviço Pelo Preço Correto?

*Por Deniane Bezerra

Não é segredo que todos os empreendedores de sucesso possuem um grande foco no negócio. O que pode ser segredo para alguns é como calcular com precisão o preço de venda de um produto ou serviço.

De acordo com muitos empreendedores, muitas dificuldades que eles encontram ao tentar manter as finanças em dia está diretamente relacionada aos erros na hora de definir a precificação dos produtos e serviços.

Nessa situação, boa parte dos empreendedores do Brasil ficam encurralados, pois solucionar este problema não é tão simples: aumentar o preço dá vantagem à concorrência e, o que é pior: pode espantar os seus clientes e você não quer que a sua empresa fique com má fama de "careira", não é mesmo?

Alguns empreendedores aprendem a criar um preço de venda ao longo dos anos. Mas, infelizmente, muitas empresas não duram tempo o suficiente para que o preço seja definido corretamente, pois, com o rendimento fraco, elas fecham as portas em questão de meses.

Descubra como calcular o preço de venda de um produto ou serviço e como a terceirização financeira pode te ajudar manter o foco no negócio e deixar a sua empresa mais lucrativa.

Como calcular o preço de um produto ou serviço e como a terceirização financeira pode ajudar?

Para definir adequadamente o preço de venda de um produto ou serviço, é necessário buscar um ponto de equilíbrio entre o preço de venda do mercado e um valor que cubra o que você gastou para criar o produto ou serviço além de suas despesas fixas e variáveis.

Naturalmente, o lucro líquido também deve ser levado em consideração para fazer a precificação.

Há uma fórmula simples para calcular um preço junto e que dê conta de arcar com suas despesas e ainda melhorar suas finanças:

Preço do produto ou serviço = custos + despesas + margem de lucro.

Mesmo que seja simples, alguns empreendedores podem acabar se confundindo, especialmente no que diz respeito ao significado de cada um destes termos.

No entanto, entender como o que entra e sai do fluxo de caixa e afeta a precificação do produto e chegar a um valor exato de cada um dos elementos do cálculo é essencial para os empreendedores de sucesso.

Inclusive os empreendedores digitais, que não possuem um estabelecimento físico, devem prestar muito a atenção nesses detalhes, já que a internet acaba trazendo ainda mais concorrência para uma empresa.

O que são os custos?

Para avaliar se o preço de venda de um produto ou serviço está correto, é importante saber o custo para produzir aquele item que será comercializado. Tendo essa informação em mãos, será possível criar um preço que lhe dê uma margem de lucro positiva.

Os custos dizem respeito ao valor que sua empresa desembolsou para criar o produto final. Em outras palavras, todos os gastos relativos à matéria-prima, mão-de-obra e o GGF (gastos gerais de fabricação).

Também entram na lista de custos o uso de máquinas e equipamentos, assim como sua manutenção. Além deles, temos os produtos de limpeza e materiais de conservação.

Cada vez que uma venda de produto ou serviços é realizada, o valor que entra no fluxo de caixa não é o lucro que você receberá.

Os custos podem ser classificados como:

- Diretos: Itens necessários para a produção do produto ou serviço que a sua empresa, tais como mão de obra e a matéria-prima;

- Indiretos: Mesmo que sejam importantes, não estão diretamente ligados à produção de um produto e serviço, tais como os produtos de limpeza, energia elétrica, luz, etc.

Todos os custos devem ser colocados no papel a fim de que a margem de lucro seja real e, consequentemente, a precificação possa ser a mais justa possível não só para os clientes como também para os empreendedores.

Nem sempre os custos são realmente necessários e, por isso, a terceirização financeira pode te ajudar a manter o foco no negócio e te dar um resultado preciso.

O que são as despesas?

Chamadas de "mal necessário", as despesas não contribuem diretamente para a produção de um produto ou serviço que os empreendedores do Brasil produzem. Entretanto, são os gastos que garantem que uma empresa continue funcionando.

Fazem parte das despesas o dinheiro gasto com a gestão da empresa, o marketing e o financeiro. Há dois tipos de despesas:

- Fixas: Não variam conforme o volume de vendas e devem ser pagas todo o mês, tais como o salário dos funcionários e as contas de água e luz.

- Variáveis: Quando crescem as vendas, também crescem as despesas variáveis, tais como os impostos, comissões dos funcionários, embalagens, gasto com fretes, etc.

Saber o que é custo e o que é despesa é muito importante para se entender todos os gastos que os empreendedores têm para comercializar um produto ou serviço.

Não há como definir um preço certo sem que sejam também definidos tudo aquilo que você gastou para produzir aquilo que você está vendendo.

Acredite, até mesmo os empreendedores de tecnologia, que não possuem loja física e que vendem apenas um serviço como o design, por exemplo, acabam tendo custos e despesas (cursos que foram realizados, eletricidade, etc.)

Apenas com todos os custos e despesas na ponta do lápis é possível passar para o passo favorito dos empreendedores do Brasil: calcular o lucro. Entretanto, este cálculo deve ser preciso, pois qualquer erro transformará a margem de lucro em equivocada.

Por isso, se você tiver problemas com os cálculos e acredita que tenha cometido algum erro neles que está "comendo" os seus lucros, conte com uma empresa de terceirização financeira, que é especialista em finanças.

O que é a margem de lucro?

A margem de lucro nada mais é do que o lucro que você deseja obter ao vender um produto ou serviço?

Um erro no cálculo de despesas e custos vai afetar diretamente a margem de lucro. Uma situação bastante comum na estratégia de calcular o preço da venda é calcular um valor que garanta apenas a sobrevivência do negócio, mas sem dar ganhos reais.

Apesar de não existir uma margem de lucro ideal para todos os empreendedores do Brasil, o serviço de terceirização financeira encontrará um ponto de equilíbrio, em que sua empresa rentabilize de maneira responsável.

Em outras palavras, a equipe de terceirização financeira evitará que os seus produtos e serviços tenham preços baixos que acabem comprometendo as suas finanças, assim como garantirá que os preços não sejam tão altos a ponto de espantar os seus clientes.

O que você precisa levar em consideração para definir a precificação?

Além de garantir as finanças em dia, há muitos outros fatores importantes que devem ser levados em consideração na hora dos empreendedores criarem um preço de venda para os seus produtos e serviços.

Naturalmente, os empreendedores do Brasil podem sempre contar com a terceirização financeira para definir os valores. Entretanto, é importante que você conheça esses fatores para informar aos responsáveis pelo financeiro todas as suas intenções. Assim, você terá mais chances de estar entre os empreendedores de sucesso!

Adeque o preço de venda ao público-alvo

Existe um ponto de equilíbrio muito importante que você deve levar em consideração. Para isso, analisar o público-alvo na qual o seu produto ou serviço é destinado e conhecer o seu poder de compra é essencial para definir um bom preço.

De nada adianta estabelecer um valor tão baixo que deixe de agregar valor em seu produto ou serviço, muito menos deixar o valor tão elevado que os seus clientes em potencial não consigam pagar e/ou não estejam dispostos a fazê-lo.

A terceirização financeira será importante para criar este ponto de equilíbrio e estabelecer um valor que garanta a satisfação do consumidor.

Analise a concorrência

Os empreendedores de sucesso não têm medo da concorrência, pelo contrário: eles sabem como analisar as atitudes de seus concorrentes (inclusive o preço que vendem um produto ou serviço parecido) e utilizar estas informações em benefício de sua própria empresa.

Para se destacar da concorrência, é importante que a equipe de terceirização financeira te mostre como está o mercado.

Trabalhando com desconto

Todos os clientes adoram desconto! Especialmente, aqueles que são dados em resposta de algum pedido especial de algum cliente no momento de realizar a compra.

Por isso, é importante conversar com a terceirização financeira para saber o momento certo de dar desconto e, é claro, criar promoções.

Tenha planejamento financeiro

Como já vimos, é essencial que o cálculo para definir o preço de um produto ou serviço deve levar em consideração todos os custos e despesas. Tenha atenção especial para o pagamento de seus fornecedores e se esforce para manter as finanças em dia.

A terceirização financeira é essencial nesse ponto, pois não deixará de lado nenhuma conta, por mais "insignificante" que ela possa parecer.

O melhor preço de venda é aquele que gera lucro e garanta que a empresa possa continuar crescendo. Muitas vezes, o fluxo de caixa pode se movimentar bastante, mas, os empreendedores terem prejuízo ainda assim.

Sobre a Deniane Bezerra

Deniane Bezerra é CEO e fundadora da Vibratto, empresa referência na terceirização financeira para startups e PMEs de todo o Brasil.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS