Brasil, 22 de Agosto de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Solvência II foi o foco da segunda parte do seminário IFRS 17 & Solvency II

Solvência II foi o foco da segunda parte do seminário IFRS 17 & Solvency II

Evento aconteceu em São Paulo, nas instalações da Escola Nacional de Seguros, com apoio da CNseg, entre 15 e 17 de julho

Após as discussões do primeiro dia e da manhã do segundo dia do seminário IFRS 17 & Solvency II, promovido pela Society of Actuaries (SOA) terem girado ao redor do IFRS 17, que é o novo padrão de relatório financeiro internacional para contrato de seguro, os debates voltaram-se para a Solvência II.

Entre os tópicos abordados, destaque para suas diretivas, os paradigmas internacionais de capital, a transição de Solvência I para Solvência II e, ainda, o tradicional modelo dos três pilares (Pilar 1: Quantitativo, Pilar 2: Governança, Pilar 3: Reporte e Transparência).

Sobre o Pilar 1, o consultor Carlos Arocha demonstrou as fórmulas padrão de Solvência II e a sua estrutura de requerimento de capital de risco. Adicionalmente, apresentou noções de risco de mercado, risco operacional, risco de crédito e de subscrição, bem como a visão de risco agregado. Por outro lado, lembrou que há riscos que não são possíveis de serem mensurados, ou possuem uma difícil aferição, como, por exemplo, o risco reputacional.

Em seguida, o seminário abordou exemplos ilustrativos dos diferentes modelos de capital de risco, bem como a matriz de correlação entre os diversos riscos e alguns métodos de avaliação de risco, como o Value at Risk (VAR) e o Tail Value at Risk (TVAR).

Na agenda de Pilar 2, foram expostas as funções de controle presentes nas diretivas de Solvência II (compliance, atuarial, gestão de riscos e auditoria) e a importância da governança dos modelos e da documentação, além dos requisitos mais apropriados e aderentes.

Ressaltando a importância da autoavaliação de risco e solvência (ORSA - Own Risk and Solvency Assessment) e do gerenciamento dos riscos corporativos, o consultor destacou a contribuição para a tomada de decisão dos executivos. Por fim, ele também demonstrou requisitos financeiros, entre outros, presentes em relatórios no âmbito de Solvência II.

Sobre a CNseg

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) congrega as empresas que compõem o setor, reunidas em suas quatro Federações (FenSeg, FenaPrevi, FenaSaúde e FenaCap). A missão primordial da CNseg é congregar as lideranças das Associadas, elaborar o planejamento estratégico do setor, colaborar para o aperfeiçoamento da regulação governamental, coordenar ações institucionais de debates, divulgação e educação securitária e representar as Associadas perante as autoridades públicas e entidades nacionais e internacionais do mercado de seguros.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS