Brasil, 16 de Dezembro de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Em tempos de crise, como reestruturar uma empresa?

Atravessar os obstáculos econômicos e políticos do Brasil é um desafio cada vez maior para as empresas estabelecidas no país. O resfriamento da economia, que frustrou as expectativas do empresariado e dos investidores, e a instabilidade do cenário político pré-eleições, intimidaram grandes movimentações do setor produtivo em 2018.

Atravessar os obstáculos econômicos e políticos do Brasil é um desafio cada vez maior para as empresas estabelecidas no país. O resfriamento da economia, que frustrou as expectativas do empresariado e dos investidores, e a instabilidade do cenário político pré-eleições, intimidaram grandes movimentações do setor produtivo em 2018.

Os revezes deste ano, com a suspensão das votações de medidas econômicas, os impactos da greve geral dos caminhoneiros em maio e o desenho do cenário político polarizado das eleições enfraqueceram ainda mais o já combalido ritmo de crescimento.

Tamanha instabilidade expõe cada vez mais a fragilidade capacidade produtiva do país. No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, 296 empresas entraram com pedidos de falência, segundo dados da Serasa Experian. O indicador, que registrou seu auge em 2016 e que vinha em queda nos últimos anos, representa uma redução de 24,9% no número de requerimentos de recuperação judicial em relação ao mesmo período de 2017.

Para Fabio Greco, sócio-fundador da gestora Vision Brazil Investments, a reestruturação empresarial em tempos de crise consiste em entender o que funciona e o que não funciona diante do cenário que se apresenta no país, promovendo mudanças estruturais e de cultura até que novos resultados sejam alcançados. “Não é uma mudança momentânea, e sim efetiva, já que inclui transformações mais profundas no modelo de negócio. Uma reestruturação neste nível precisa questionar o que agrega e o que não agrega valor ao negócio, para então levar em conta decisões orientadas por um objetivo”, afirma Greco.

O diagnóstico empresarial é uma análise profunda nas áreas financeira e operacional da companhia, auditando os ativos e os passivos, os meios de precificação dos produtos, os contratos com fornecedores e outros processos essenciais para a operação. “Por isso é uma ação que deve ser tomada urgentemente. Se passar muito tempo, o acúmulo de problemas não identificados e, consequentemente, não remediados, impossibilita a reestruturação eficiente da empresa”, complementa.

Segundo Amaury Fonseca Junior, também sócio-fundador da Vision Brazil Investments, “é importante ter em mente que a opção pela reestruturação de uma empresa em tempos de crise é um mecanismo que procura recuperar negócios que perderam a saúde financeira e não conseguem se reerguer por conta própria por estarem diante de uma desaceleração econômica”. Para ele, o primeiro passo a ser dado é olhar para dentro.

“De maneira inevitável, todos os segmentos de mercados foram ou serão afetados, em maior ou menor grau, pela desestruturação do cenário econômico e político brasileiro. Mesmo com o aumento de investimentos em uma companhia, o que define a dimensão do impacto dos fatores externos sobre uma empresa é, em última instância, a tomada de decisões estratégicas, um imperativo para a sobrevivência dos negócios”, afirma.

O foco deve ser sempre a sobrevivência do negócio mais do que a expansão ou a inovação. Diante de uma realidade com baixas perspectivas para crescimento, projeções de aumento dos juros, instabilidade política, elevação de custo, crises energéticas etc., as empresas devem se firmar com prudência e atenção especial para todos os fatores que devem demandar mais esforço e cautela para garantir a competitividade no mercado. A base da reformulação deve ser o braço financeiro da empresa, uma chance de reorganizar também o fluxo de trabalho e verificar quais são os cargos que precisam ser ocupados, bem como se são necessários novos cargos e funções.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo