Brasil, 24 de Junho de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Planos de saúde não lideram ranking dos mais reclamados no país

Reportagem exibida no Bom Dia Brasil (TV Globo) não leva em conta os números do Sindec e da ANS

O programa jornalístico da TV Globo, Bom Dia Brasil, dessa segunda-feira (12), exibiu uma reportagem apontando que os planos de saúde lideram o ranking de reclamações do Idec – Instituto de Defesa do Consumidor – como se retratasse a realidade brasileira.

“Trata-se de uma inverdade facilmente constatada por levantamentos idôneos e públicos, com relevância estatística – diferente desse do Idec que pretende retratar o panorama nacional, mas só traz o status de seus associados”, afirma Solange Beatriz Palheiro Mendes, presidente da FenaSaúde.

Antes da matéria ir ao ar, a FenaSaúde foi procurada e encaminhou à produção do programa as informações abaixo, na última sexta-feira (09).

Confira abaixo a nota de posicionamento enviada pela FenaSaúde ao Bom Dia Brasil

Os planos de saúde não lideram a lista de serviços mais reclamados pelos consumidores, como propaga o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) – entidade que defende interesses de aproximadamente 10 mil membros associados pagantes.

Segundo a metodologia da própria entidade, vale ressaltar, uma demanda não configura uma reclamação propriamente – tanto que do total de 7.678 solicitações em 2016, 40% tratavam de dúvidas e não de contestações. Ou seja, o consumidor busca sanar uma dúvida que é classificada, equivocadamente, como reclamação.

Outro aspecto é que, por fundamento estatístico, o levantamento não tem representatividade relevante para análise sobre atendimentos no segmento, pois a amostra não é aleatória – contém queixas apenas de associados do Instituto.

Por outro lado, o Boletim do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) de 2017 – da Secretaria Nacional do Consumidor, ligado ao Ministério da Justiça, e que reúne os Procons de todo o país – classifica o segmento de planos de saúde na 17ª posição entre os assuntos mais demandados, com 29.376 reclamações de um total de quase 2,3 milhões de queixas, o que representa apenas 1,33% dos registros.

Já a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) – órgão regulador do setor – registrou apenas 90.342 reclamações no ano passado relacionadas às operadoras de planos de saúde, em um universo de 47 milhões de beneficiários de assistência médico-hospitalar – o equivalente apenas a 0,19%.

A análise desses indicadores divulgados por órgãos oficiais, portanto, contradiz as conclusões apresentados em pesquisa do Idec. Diante deste quadro público de informações e a clara falta de critérios de isenção estatística dessa pesquisa do Instituto, esse indicador não pode servir de parâmetro real e fidedigno para configurar um ranqueamento de queixas dos brasileiros e, muito menos, indicar o segmento de planos de saúde como campeão de reclamações.

Por fim, as associadas à FenaSaúde buscam sanar dúvidas e demandas de seus beneficiários por meio dos seus canais de relacionamento, como as Ouvidorias e os Serviços de Atendimento ao Consumidor.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::