Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Janeiro Branco: uma renovação da perspectiva sobre a importância de cuidar do bem-estar emocional

Psicóloga do Hospital de Clínicas do Ingá lembra que a campanha é essencial para alertar sobre a saúde mental dos pacientes dentro das unidades hospitalares

Para vivermos em uma sociedade mais agradável e compreensiva, todos precisam cuidar da saúde da mente. O Janeiro Branco é uma campanha nacional importante criada pelo psicólogo mineiro Leandro Abrahão, em 2014. Seu objetivo é chamar atenção das pessoas para questões emocionais e psicológicas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o termo está relacionado à forma como uma pessoa reage às exigências, desafios e mudanças da vida e ao modo como harmoniza suas ideias e emoções.

“Estamos no janeiro branco, o mês destinado a falar sobre esse assunto tão necessário e que diz respeito a todos os seres humanos. Nossa existência depende do equilíbrio entre mente e corpo. Todos nós devemos ter hábitos de cuidados com a nossa saúde mental para a promoção de uma qualidade de vida, assim como também para a prevenção de doenças, explica Dra. Thayssa Quaglietta, psicóloga do Hospital de Clínicas do Ingá.

Diariamente, vivenciamos uma série de emoções, boas ou ruins, mas que fazem parte da vida. E se as pessoas que vivem o dia a dia já sentem o peso emocional devido a alguma questão ou problema a ser resolvido, imagine quando se está dentro de um hospital.

Dessa forma, o Hospital de Clínicas do Ingá vem aplicando junto ao setor de psicologia, o atendimento psicológico destinado aos pacientes, principalmente como forma de minimizar o impacto causado pela situação de enfermidade e muitas vezes de internação para tratar de uma doença grave.

“Como gestora de psicologia do HCI, considero como primazia a oferta de suporte psicológico aos nossos pacientes, pois é indubitável o quanto uma situação de enfermidade provoca impacto na saúde mental das pessoas. A assistência psicológica prioriza a escuta ativa, o acolhimento e a validação da autonomia e identidade dos pacientes, dando voz a eles e às suas emoções, sentimentos e necessidades, considerando-as como legítimas e direcionadoras dos cuidados”, explica Thayssa.

A especialista lembra que o papel do psicólogo hospitalar é reunir técnicas e ferramentas múltiplas de modo a aplicá-las sistematicamente a fim de minimizar os atravessamentos do sofrimento do paciente e seus familiares ante ao processo de hospitalização.

“É imperativo olhar para a pessoa em sua totalidade, isto é, considerando os aspectos psicológicos, biológicos, sociais e espirituais, percebendo-a como sujeito ativo no seu processo de tratamento e recuperação. Quando as pessoas se sentem protagonistas de sua própria saúde, ocorre maior adesão ao tratamento e conscientização nas tomadas de decisão, a responsabilidade passa a ser compartilhada com mais fluidez e os resultados tendem a serem mais satisfatórios”, explica a psicóloga.

Thayssa complementa que é importante desenvolver em nossa sociedade, um 'olhar a mais' para a saúde mental, gerando conscientização e combatendo tabus.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo