Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Cresce ocupação de leitos de UTI nos hospitais privados paulistas, avalia pesquisa do Sindicato dos Hospitais

Pesquisa do SindHosp -Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo constatou que mais de 80% dos hospitais da amostra pesquisada estão com ocupação de 40% dos leitos de UTI com pacientes Covid-19

Maior pesquisa do setor, apurada no período de 12 a 19 de janeiro, ouviu 81 hospitais privados no estado de São Paulo, sendo 21% da capital e 79% do interior. Dados mostram que a Covid-19 está levando pacientes de volta às UTIs.

Segundo o médico Francisco Balestrin, presidente do SindHosp, a tendência de queda nas internações de UTI observada desde outubro do ano passado teve uma reversão logo após o período das festas de fim de ano. “Este índice de 40% de ocupação de leitos em UTI indica uma tendência de crescimento das internações em UTI e acende um sinal amarelo, exatamente em um momento que enfrentamos falta de testes, o afastamento de profissionais de saúde e o apagão de dados”, avalia.

No entanto, ele informa que é preciso considerar também que houve diminuição de leitos disponibilizados para Covid-19 desde o final do ano passado quando as internações em UTI caíram drasticamente. Hoje estima-se que em média os hospitais estão disponibilizando 10% a 15% dos leitos de UTI para Covid-19. Lembrando que no auge da pandemia ano passado, os hospitais destinavam de 40% a 50% dos leitos de UTI para Covid-19.

A pesquisa apurou ainda que 100% dos hospitais pesquisados confirmam que estão notificando regularmente as autoridades sanitárias sobre a Covid-19.

Afastamento de profissionais é o maior problema

38% dos hospitais responderam que o maior problema no atendimento a pacientes Covid-19 e de síndrome gripal refere-se ao afastamento de colaboradores por doença e 24% informaram que o maior entrave é o aumento da demanda maior que a capacidade de atendimento nos prontos-socorros. Sobre a reposição de estoques de testes para Covid-19 e Influenza, 72,60% dos hospitais relataram dificuldades, confirmando pesquisa com laboratórios que indicou que 88% deles enfrentam dificuldades na reposição de testes.

Tempo médio de espera para atendimento de urgência

A pesquisa aponta grandes dificuldades no atendimento de urgência/emergência de pacientes com suspeita de Covid-19 e síndromes gripais. 75% dos hospitais relataram espera acima de 2 horas, sendo que 43% apontam uma espera de 2 a 3 horas e 32% informam espera acima de 3 horas.

Faixa etária

48,5% dos pacientes Covid-19 internados em UTI estão na faixa etária dos 60 a 79 anos e 34% de 30 a 50 anos. Enquanto no serviço de urgência/emergência 51% dos pacientes têm entre 30 a 50 anos e 30,5% dos pacientes encontram-se na faixa etária dos 60 a 79 anos.

Sobre o SindHosp

O SindHosp é o mais antigo (1938) e maior sindicato patronal de saúde da América Latina e representa 55 mil serviços de saúde privados no estado de SP.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo