Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

47% das brasileiras sentem dor pélvica intensa que piora na menstruação, diz estudo

Principalmente as mulheres dos 18 aos 24 anos, com 49% das entrevistadas.

Problema comum entre as mulheres, a dor pélvica geralmente é um sinal de alguma disfunção no organismo, que pode ser ginecológica, intestinal, ou relacionada a gravidez. Muitas mulheres que têm dor pélvica intensa, podem sentir um aumento dessa dor durante a menstruação. E conforme constatou o Trocando Fraldas em seu mais recente estudo, 47% das brasileiras sentem dor pélvica intensa, que piora na menstruação.

Um dos fatores que podem contribuir para a dor pélvica, e sua piora durante a menstruação, é a endometriose, uma doença crônica que pode causar dor, desconforto e infertilidade. Porém, muitas mulheres têm a doença, mas, pelos sintomas serem muito parecidos com o da menstruação, podem ficar muito tempo sem identificar o problema. E conforme constatamos no estudo, 69% não sabem que a endometriose pode produzir menstruação abundante, cãimbras durante a relação sexual, e dor ao urinar.

Os dados por estado demonstram que o Ceará é o estado em que mais mulheres conhecem os sintomas da endometriose, com 38% das entrevistadas. No Rio de Janeiro, o percentual é de 35%, e no Distrito Federal, 33%. Já em São Paulo e no Espírito Santo, 30% das entrevistadas sabem sobre os sintomas da doença. E o Acre, é o estado em que menos mulheres têm esse conhecimento, com 9% da população. Além disso, 25% das entrevistadas conhecem alguém que tem a doença.

Ademais, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 180 milhões de mulheres enfrentam a endometriose em todo o mundo. E em abril de 2021, a OMS reconheceu a doença como um problema de saúde pública. Por ter um percentual tão alto de mulheres portadoras da doença, e que não têm conhecimento sobre ela (69% conforme demonstramos anteriormente), espera-se que após esse reconhecimento, sejam desenvolvidas ainda mais políticas públicas voltadas para a doença.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo