Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Merck anuncia novas evidências para o uso seguro e eficaz de cladribina oral para esclerose múltipla durante a pandemia

· Novas análises indicam um padrão imunológico específico em pessoas com esclerose múltipla tratadas com cladribina oral, que pode contribuir para a capacidade dos pacientes de combater infecções e desenvolver anticorpos a partir de vacinas

· Um estudo independente de Israel mostrou que pacientes tratados com MAVENCLAD que receberam a vacina contra a Covid-19 foram tão capazes de criar anticorpos quanto indivíduos saudáveis

· Dados atualizados mostram que pacientes tratados com MAVENCLAD, que tiveram confirmação ou suspeita de Covid-19, evoluíram de forma semelhante à população em geral

A Merck, empresa líder em ciência e tecnologia, anunciou hoje novos dados do estudo MAGNIFY-MS mostrando um padrão específico de repopulação imunológica em pacientes com esclerose múltipla recorrente (EMR) tratados com cladribina oral (MAVENCLAD), que pode contribuir para a capacidade de combater infecções e desenvolver anticorpos protetores a partir das vacinas. Os dados foram apresentados no Congresso Anual da Academia Americana de Neurologia (AAN) desde ano, realizado virtualmente.

No estudo MAGNIFY-MS, a redução dos linfócitos B de memória ocorreu um mês após o início do MAVENCLAD, com níveis mais baixos mantidos por até 12 meses, enquanto os linfócitos B naive (imaturos), que normalmente são necessários para a geração de respostas de anticorpos após a vacinação, começaram a se recuperar imediatamente. Dados previamente compartilhados do MAGNIFY-MS indicaram que os pacientes que recebem MAVENCLAD são capazes de criar e manter respostas às vacinações sazonais contra a influenza e contra a varicela zoster, independentemente da contagem de linfócitos.

"As descobertas apresentadas no AAN aprofundam nossa compreensão sobre como o MAVENCLAD® impacta o sistema imunológico e de que forma ele pode exercer um efeito terapêutico em pacientes com esclerose múltipla enquanto repopula células responsáveis pelas respostas imunes", explica Dr. Luiz Magno, diretor médico da Merck Brasil. "Esses dados importantes indicam que, além de tratar os surtos e progressão da EM, os pacientes tratados com MAVENCLAD podem ser capazes de criar simultaneamente uma resposta adequada à vacina - uma descoberta particularmente importante nesse momento".

Além disso, um estudo independente[1], publicado no último dia 23 de abril pela revista científica Therapeutic Advances in Neurological Disorders, mostra que os pacientes que tomaram MAVENCLAD foram capazes de criar anticorpos contra a Covid-19 após a vacina de mRNA da Pfizer/BioNTech, administrada 4,4 meses após a última dose de MAVENCLAD. A análise mostrou que todos os 23 pacientes com esclerose múltipla recorrente tratados com MAVENCLAD, que receberam a vacina da Pfizer/BioNTech, desenvolveram uma resposta de anticorpos IgG SARS-COV-2 [o título de anticorpos >1,1 é considerado positivo; mediana=7,0], que foi semelhante aos grupos controles formados por pacientes com esclerose múltipla que não receberam nenhum tratamento imunomodulador ou por indivíduos saudáveis. A resposta humoral à vacina COVID-19 ocorreu de forma independente da contagem de linfócitos. Essas descobertas foram exclusivas do MAVENCLAD® em relação a outras terapias de alta eficácia contra a doença. Nenhuma descoberta inesperada de segurança após a primeira e segunda doses de vacina da Pfizer/BioNTech contra a COVID-19 foi identificada em pacientes com EM, de acordo com outra publicação recente no Multiple Sclerosis Journal2.

"Proporcionar que os pacientes tratados com MAVENCLAD® possam viver suas vidas da maneira mais normal possível durante uma pandemia global é muito importante para nós", reforça o diretor médico. "Além da conveniência da dosagem oral, eficácia comprovada e perfil de segurança bem caracterizado de MAVENCLAD, os novos dados agora mostram evidências sobre a capacidade desses pacientes de gerar e manter respostas adequadas de anticorpos às vacinas contra a COVID-19, que é tão importante nesse momento".

A capacidade de criar uma resposta imunológica adequada é fundamental, uma vez que a pandemia da COVID-19 afeta significativamente os pacientes que vivem com doenças crônicas em todo o mundo. Conforme apresentado no AAN, e também no Multiple Sclerosis Journal, uma análise de segurança atualizada ofereceu um panorama dos resultados de casos de COVID-19 em pacientes tratados com MAVENCLAD. A análise do banco de dados de segurança incluiu casos confirmados (n=160) ou suspeitos (n=101) de COVID-19 em pacientes tratados com MAVENCLAD. Com base nessa análise, a maioria dos pacientes apresentou sintomas respiratórios leves a moderados e nenhum necessitou de ventilação mecânica. Os pacientes tratados com MAVENCLAD evoluíram de forma semelhante à população geral que adquiriu a COVID-19.

Referências

1. Anat Achiron et al.Humoral immune response to COVID-19 mRNA vaccine in patients with multiple sclerosis treated with high-efficacy disease-modifying therapies. Ther Adv Neurol Disord 2021, Vol. 14: 1–8.

2. Multiple Sclerosis Journal. COVID-19 in patients with multiple sclerosis treated with cladribine tablets: An update. Disponível em: https://www.msard-journal.com/article/S2211-0348(21)00196-6/fulltext#articleInformation. Acessado em abril de 2021.

Sobre MAVENCLAD®

MAVENCLAD® é uma terapia oral de curta duração que atua seletivamente e transitoriamente nos linfócitos B e T considerados essenciais para o processo patológico de EM. Em agosto de 2017, a Comissão Europeia (CE) concedeu autorização de comercialização para MAVENCLAD® para o tratamento de formas recorrentes de esclerose múltipla (EMR) nos 28 países da União Europeia (UE), além da Noruega, Liechtenstein e Islândia. MAVENCLAD® foi, desde então, aprovado em 79 países, incluindo Canadá, Austrália, Estados Unidos e Brasil.

Sobre Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla (EM) é uma condição inflamatória crônica do sistema nervoso central e é a doença neurológica incapacitante não traumática mais comum em adultos jovens. Estima-se que aproximadamente 2,8 milhões de pessoas tenham esclerose múltipla em todo o mundo. Embora os sintomas possam variar, os mais comuns incluem visão turva, dormência ou formigamento nos membros e problemas de força e coordenação. As formas recorrentes de EM são as mais comuns.

Merck em Neurologia e Imunologia

A Merck tem um legado de longa data em neurologia e imunologia, com P&D significativo e experiência comercial em esclerose múltipla (EM). O portfólio atual de EM da empresa inclui dois produtos para o tratamento de EM, com um pipeline robusto com foco na descoberta de novas terapias que têm o potencial de modular os principais mecanismos patogênicos na EM. A Merck visa melhorar a vida das pessoas que vivem com EM, abordando áreas de necessidades médicas não atendidas.

O robusto canal de imunologia da empresa se concentra na descoberta de novas terapias que têm o potencial de modular os principais mecanismos patogênicos em doenças crônicas, como EM, lúpus eritematoso sistêmico (LES) e formas de artrite, incluindo artrite reumatoide (AR) e osteoartrite (OA).

Sobre a Merck

A Merck é uma empresa líder em ciência e tecnologia em Saúde, Life Science e Eletronics. Cerca de 58.000 colaboradores trabalham para fazer uma diferença positiva na vida de milhões de pessoas todos os dias, criando maneiras de viver mais qualitativas e sustentáveis. Desde o avanço das tecnologias de edição de genes e a descoberta de maneiras únicas de tratar as doenças mais desafiadoras até a viabilização do uso da inteligência dos dispositivos, a Merck está presente. Em 2020, a Merck gerou vendas de € 17,5 bilhões em 66 países.

A exploração científica e o empreendedorismo responsável foram essenciais para os avanços tecnológicos e científicos da Merck. Foi assim que a empresa prosperou desde a sua fundação em 1668. A família fundadora continua sendo a proprietária majoritária da empresa de capital aberto. A Merck detém os direitos globais do nome e da marca Merck, com exceção dos Estados Unidos e Canadá, onde os setores de negócios da Merck operam como EMD Serono na área da saúde, MilliporeSigma em ciências da vida e EMD Electronics.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo