Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Telemedicina: o novo normal

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Bárbara Pinheiro
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Saúde
  • Imprimir

Telemedicina, saúde digital e teleatendimento fazem um marco histórico no ano de 2020

As teleconsultas se tornaram uma realidade no Brasil, com o potencial de superar distâncias, oferecer cuidados na saúde e reduzir custos e tempo. “Pacientes que antes esperavam um ano por uma consulta são atendidos em uma semana pela teleconsulta”, comenta Luiz Donke, CEO da L2D Telemedicina.

No início da pandemia, o crescimento em telemedicina disparou, principalmente para empresas que usam a tecnologia na saúde. Segundo Donke, no período de abril a novembro, foram registrados 30.000 teleatendimentos a mais que na fase pré-COVID-19.

Por enquanto, a telemedicina foi aprovada apenas em caráter excepcional e provisório pelo Ministério da Saúde, por causa da pandemia. Enquanto isso, o Conselho Federal de Medicina (CFM) não definiu ainda se ela irá se consolidar permanentemente no Brasil.

Antes mesmo de serem registrados os primeiros casos do novo coronavírus no país, em fevereiro de 2020, a Associação Paulista de Medicina (APM) fez uma pesquisa com 2.258 médicos de 55 especialidades. Entre os pesquisados, 88% utilizaram ou consideraram o uso da telemedicina como ferramenta para ampliar o atendimento da clínica ou hospital.

A pesquisa demonstrou ainda que 64% dos médicos ouvidos esperavam que o CFM regulamentasse a teleconsulta; para 44% da amostra, a falta de regulamentação era o impeditivo no uso de ferramentas de comunicação online na assistência aos pacientes.

No segundo semestre de 2020, a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), realizou uma outra pesquisa com dirigentes de 59 hospitais associados. O estudo revelou que 55,6% dos participantes acreditavam haver um impacto no aumento de ferramentas de tecnologia, em especial: análises, inteligência artificial e registros médicos eletrônicos.

O TeleSUS, um serviço do SUS, criado especialmente para avaliação de sintomas da COVID-19 entre abril e junho de 2020, contou com mais 1,8 milhão de pessoas utilizando esta tecnologia e o atendimento online. Analisando todo este contexto, pode-se dizer que o ano de 2020 foi histórico para a telemedicina. Donke afirma que a pandemia antecipou resultados de velhas discussões, fazendo com que o futuro do atendimento médico já tenha chegado e tende só a se desenvolver ainda mais.

Sobre a L2D Telemedicine Network

Fundada em setembro de 2016, a L2D Telemedicine Network nasceu com foco em levar soluções de telemedicina e saúde digital personalizadas para o mercado público e privado. Está presente em 80 municípios do país. Tem como clientes clínicas, hospitais, ambulatórios, planos de saúde, serviços de medicina ocupacional e secretarias de saúde.

Com sede em Balneário Camboriú (SC) e filial em São Paulo, a L2D oferece e desenvolve projetos de saúde digital, com soluções para teleconsultoria, teleconsulta, telediagnóstico, desenvolvimento de aplicativos personalizados, prontuário individualizado, triagem digital, sistemas, criação de ambulatórios digitais, entre outras.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo