Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Demanda represada satura agendamento de cirurgias plásticas no pós-pandemia

Passados mais de três meses do isolamento social recomendado pelo MS (Ministério da Saúde), unido ao início dos meses de temperatura mais baixas, fez a procura por agendamentos de cirurgias plásticas dispararem na espera para o fim do isolamento social – o número já é duas vezes maior do que os outros anos. São pacientes interessados em programar seus procedimentos para o período pós-pandemia. De acordo com o cirurgião plástico Mauro Speranzini, diretor técnico da Clínica Speranzini, em São Paulo, especializada em Implante Capilar e Otoplastia, o provisionamento de cirurgias para os meses de julho está acima da média anual especificada pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), que é de 60% superior aos meses mais quentes.

Para o médico, esse movimento fora da curva se deve ao represamento das cirurgias que precisaram ser adiadas durante o período da quarentena e, ainda, por pacientes que e sentiram incentivados a não postergar sonhos, após passarem por períodos de conflitos internos, durante o isolamento. “Pela análise que fizemos, trata-se de uma demanda reprimida pela pandemia do novo coronavírus – cirurgias adiadas -, unida a pacientes que estavam indecisos sobre o procedimento, mas que se sentiram encorajados e incentivados a melhorar a autoestima, após um período tão difícil e conflituoso como o de isolamento social que, na maioria das vezes, estimulam a mudança”, analisa o médico.

De acordo com a SBCP, em geral, o período entre maio e agosto são onde ocorre a maior incidência de procedimentos cirúrgicos, por se tratar de temporadas com temperaturas mais amenas e propícias para a recuperação dos pacientes - menos incômodo utilizar acessórios necessários no pós-operatório, como ataduras –, além disso, por estar mais frio, é mais fácil e confortável esconder as cicatrizes e os curativos. A estação também é mais propícia ao repouso, que é imprescindível para que o paciente se recupere. Entretanto, havia um receio de que esse movimento clássico pudesse ser afetado pela pandemia do novo coronavírus, já que, desde que a pandemia chegou ao Brasil a SBCP, por meio de seu Comitê de Prevenção e Gestão de Informações relacionadas ao Covid-19, orientou a seus associados que suspendessem cirurgias estéticas agendadas para o período correspondente ao decreto de isolamento social, emitido pelo governo do Estado e prefeitura de São Paulo. “Inicialmente, isso provocou uma certa tensão que, passadas algumas semanas, deu lugar a um cenário mais promissor para médicos e pacientes”, destaca o Dr. Speranzini.

Complexidade dos procedimentos

O Dr. Speranzini prevê que, os segmentos em que ele atua, devem ser alguns dos primeiros a terem suas atividades normalizadas, por se tratarem de processos simples, em que o paciente não necessita de internação e a recuperação pode ser acompanhada de perto pela telemedicina. “O implante capilar é uma cirurgia minimamente invasiva, que exige apenas algumas horas do paciente na clínica, já na otoplastia, fazemos uma incisão um pouco maior, mas ainda mínima, que também não impede que o paciente volte para casa no mesmo dia; dessa forma, estamos nos planejando para atender nossos pacientes, com total segurança, tão logo o isolamento seja relaxado”, destaca o cirurgião. A possibilidade da chegada de testes rápidos da covid-19 é outro fator que proporciona uma visão muito otimista para esse setor.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS