Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pesquisa aponta que quase metade das micro e pequenas indústrias não têm capital de giro suficiente para passar o mês

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Bianca Goes
  • SEGS.com.br - Categoria: Economia
  • Imprimir

Foto: Freepik Foto: Freepik

Dados do SIMPI/Datafolha indicam também instabilidade no Índice de Contratações e Demissões, com queda de 3 pontos entre fevereiro e maio deste ano

Dados da pesquisa SIMPI/Datafolha “Indicador Nacional de Atividade da Micro e Pequena Indústria” apontam que 47% das micro e pequenas indústrias do País têm capital de giro insuficiente para manter os negócios; as informações são do período de abril/maio de 2023. Em comparação com o bimestre anterior, fevereiro/março, houve uma queda de três pontos percentuais. Para ter acesso ao capital de giro, os dirigentes utilizaram cheque especial, seguido de empréstimo pessoal e empréstimo PJ. Aliado a isso, uma das dificuldades observadas foram as taxas de juros, além dos custos de produção, em que 44% dos empresários relataram ter sentido altas significativas, principalmente em matéria-prima e insumos.

“A consequência direta deste processo foi a taxa de juros que afetou o mercado de trabalho, com saldo negativo de vagas”, comenta Joseph Couri, presidente do Sindicato da Micro e Pequena Indústria (SIMPI). O Índice de Contratação e Demissão das MPI’s atingiu 96 pontos a nível nacional, em uma escala de 0 a 200; acima de 100 é considerado positivo. O único local que teve um desempenho superior foi o Sudeste, que fechou em 103 pontos.

Expectativa de desemprego

Para os próximos meses, 42% dos empresários acreditam que o desemprego poderá aumentar; foi o mesmo patamar do bimestre anterior.

No entanto, 37% acreditam que a situação ficará como está e 19% acreditam que poderá diminuir. Ao analisar a Micro Indústria, frente à Pequena, as porcentagens se assemelham com o cenário nacional. Porém, a Pequena se mostra um pouco mais pessimista, conforme gráfico abaixo.

Possibilidade de a empresa fechar nos próximos meses

Um dos assuntos abordados na pesquisa SIMPI/Datafolha é com relação à atividade da empresa, no quesito de manter as operações ativas ou não. Para a maioria dos dirigentes, 90%, não há possibilidade de os negócios serem encerrados.

De acordo com o Mapa de Empresas, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, foram abertas 1.331.940 empresas no primeiro quadrimestre de 2023; deste total, 97,7% foram microempresas ou empresas de pequeno porte. Apesar disso, 736.977 empresas fecharam, no mesmo período.

Segundo o Governo Federal, algumas soluções foram implementadas para fomentar a economia e a manutenção dos negócios, como a disponibilização do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), com mais de R$ 50 bilhões em créditos em 2022 e 2023, além de flexibilidade no pagamento dos empréstimos. Apesar disso, a pesquisa SIMPI/Datafolha aponta que somente 3% das MPI’s tiveram sucesso no acesso ao Pronampe. “Apesar das medidas governamentais, que apontam para a direção correta, o crédito não chegou na ponta para as empresas, com apenas 3% de aprovação no Pronampe, por exemplo”, encerra Joseph Couri.

Sobre a pesquisa

Realizado pelo SIMPI/Datafolha, a pedido do SIMPI, o Indicador de Atividade da Micro e Pequena Indústria, traz um panorama geral da categoria. A coleta de dados ocorreu entre os dias 09 e 29 maio de 2023, foram realizadas 712 entrevistas.

Para consultar outros dados da 7ª edição da Pesquisa Nacional do SIMPI, por favor, entre em contato com a equipe de Assessoria de Imprensa.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade aos SEUS COMENTÁRIOS, em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!

Security code Atualizar

Enviar