Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Boa Vista aperfeiçoa soluções de recuperação de crédito para amenizar impactos da inadimplência sobre as empresas

Empresa aprimora técnicas de cobrança para que as organizações sofram menos com o problema; Fluxo de inadimplentes no 1º trimestre de 2022 sobe 9,2%

Pensando em como a inadimplência vai se comportar em 2022, a empresa de inteligência analítica Boa Vista aperfeiçoou seus serviços de recuperação e cobrança de dívidas. A partir do uso de tecnologia de ponta, o objetivo é ajudar as empresas concessoras de crédito, como bancos, financeiras e varejistas, a antecipar as ações que incentivam os pagamentos por parte dos consumidores e atenuar os impactos do aumento na inadimplência nos seus negócios.

A Boa Vista adotou duas estratégias para ajudar os concessores de crédito a se prevenirem de ondas de inadimplência elevada. A primeira estratégia é baseada no uso da tecnologia. A Boa Vista tem estimulado os clientes a optarem pelos comunicados digitais, por meio dos avisos eletrônicos de débitos (seja por e-mail, seja por SMS), ou aplicando ambos em suas réguas de recuperação de crédito. Eles são uma alternativa ao tradicional aviso impresso, por carta. Os avisos eletrônicos, além de ecologicamente corretos, já que reduzem significativamente o uso de papel e impressões, são mais ágeis e têm maior efetividade na recuperação de dívidas, porque chegam em instantes no celular ou no e-mail dos clientes, onde quer que estejam. Além disso, são mais baratos para quem os contrata, se comparado com o envio das cartas.

No primeiro trimestre de 2022, a participação dos avisos por e-mail e SMS no total foi de 83%, contra 72% no mesmo período de 2021, um aumento de 11 pontos percentuais. Já em maio, a penetração dos AEDs (Avisos Eletrônicos de Débitos) foi de 85%.

A segunda ação recomendada pela Boa Vista para minimizar os impactos da inadimplência é agir proativamente, se antecipando aos prazos tradicionais da “régua de negativação” adotada pelo mercado. O padrão tradicional é de fazer o primeiro comunicado ao consumidor com pagamento em atraso após 36 dias do vencimento do compromisso. A Boa Vista passou a incentivar seus clientes a adotar a prática de fazer esta primeira comunicação 15 dias antes, no 21º dia após o vencimento da dívida – repetindo-a 15 dias depois, no 36º dia.

Embora a adoção desta antecipação de comunicados gere a necessidade de um número maior avisos de débito, com aumento de custos, as empresas que usaram o sistema proativo sugerido pela Boa Vista registraram um retorno sobre investimento (ROI) em cobrança duas vezes superior aos que permaneceram no sistema tradicional do mercado. Isso aconteceu porque os clientes da Boa Vista que adotaram a aceleração na comunicação foram priorizados pelos consumidores. Em média, as empresas que adotaram a “régua antecipada” de cobrança tiveram 40% mais sucesso no recebimento dos débitos pelos consumidores, em relação às companhias que permaneceram no método tradicional.

“Os consumidores que sempre prezam pelo pagamento de seus débitos, segundo estudos da Boa Vista, têm como hábito pagar as dívidas das empresas que se antecipam, ou seja, que comunicam a existência do débito primeiro. Em um contexto de alta taxa de desemprego e queda da renda familiar, muitas vezes os consumidores são obrigados a escolher quais contas devem pagar primeiro, e a empresa que se comunica de forma mais eficaz pode vir a fazer parte das que recebem antes”, explica Lucas Guedes, Vice-Presidente de Negócios da Boa Vista.

Scores preveem o comportamento do devedor

Para apoiar as empresas no enfrentamento da inadimplência, a Boa Vista também disponibiliza a ferramenta de inteligência analítica Família de Scores de Recuperação, tanto para débitos de pessoas físicas quanto de pessoas jurídicas. O Score mede a probabilidade de algo acontecer em um certo período, como fraude, pagamento e quitação de dívidas. Com o Score Recuperação PF & PJ as empresas podem cobrar seus clientes com mais chances de os devedores quitarem débitos em aberto.

“Com o Score Recuperação PF é possível identificar consumidores que possuem alta chance de quitarem débitos em aberto negativados na Boa Vista. E o PJ quais empresas apresentam a mesma chance. Conseguimos identificá-los baseando-nos em seu comportamento de pagamento passado e atual, informações cadastrais e movimentação no mercado de crédito”, explica Lucas Guedes, o Vice-Presidente de Negócios da Boa Vista.

Inadimplência no Brasil

De acordo com a Boa Vista, a taxa de inadimplência das famílias com recursos livres subiu 0,21 ponto percentual entre os anos de 2020 e 2021 e, só no primeiro mês de 2022, a elevação foi de 0,24 ponto percentual, para 4,61%. “A expectativa é de alta na taxa ao longo deste ano e o indicador de Registros de Inadimplentes da Boa Vista já tem mostrado um pouco disso. O fluxo de inadimplentes no 1º trimestre de 2022 subiu 9,2% em comparação ao mesmo período de 2021 e 6,7% contra o 4º trimestre de 2021 na comparação dos dados dessazonalizados”, contextualiza Lucas Guedes.

O executivo lembra que quando a pandemia chegou ao Brasil, as postergações das parcelas dos empréstimos e os auxílios emergenciais fizeram com que a taxa de inadimplência atingisse patamares historicamente baixos. “Num primeiro momento, a expectativa foi de forte elevação na taxa, como havia acontecido no passado em outros momentos de crise, mas essa elevação foi empurrada para frente, para um momento em que o cenário econômico fosse mais favorável. Esse momento chegou, mas o cenário favorável não”, explica o VP de Negócios da Boa Vista.

A tendência é que ao longo do ano, a taxa caminhe, naturalmente, para cima, dado que a inflação e os juros pesam sobre o orçamento das famílias, comprometendo ainda mais a renda, e a recuperação no mercado de trabalho corre o risco de ser interrompida como consequência da grande incerteza econômica trazida junto à guerra entre Rússia e Ucrânia.

Sobre a Boa Vista

A Boa Vista, empresa brasileira de inteligência analítica, foi criada em 2010 a partir do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o primeiro banco de dados do país, consolidando-se como referência no apoio à tomada de decisão em todas as fases do ciclo de negócio.​

É precursora do Cadastro Positivo e no propósito de incluir consumidores no mercado de crédito, apoiando-os na construção de um relacionamento sustentável com as empresas credoras, por meio da disponibilização de informações de educação financeira e serviços gratuitos em seus canais oficiais como o site www.consumidorpositivo.com.br e o app Boa Vista Consumidor Positivo.​

A empresa tem por princípio a segurança e a privacidade dos dados e suas soluções estão 100% em conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), tendo sido reconhecida como a primeira do segmento financeiro e de gestão de bancos de dados a obter a certificação ISO 27701, norma internacional referente à segurança e privacidade da informação.​

Em 2020, a Boa Vista tornou-se a primeira empresa de capital aberto em seu segmento, dando início à uma estratégia de crescimento por meio de aquisições de empresas com as mesmas características na aplicação de inteligência analítica às suas soluções, como a Acordo Certo – especialista em recuperação de crédito – ​e a Konduto, autoridade em antifraude para e-commerce e pagamentos digitais. Em 2021, também de forma pioneira, lançou o CEA (Centro de Excelência em Analytics), levando a empresa para a fronteira do conhecimento no desenvolvimento de algoritmos de alta performance.​


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo