Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Crescimento imobiliário na contramão da pandemia

A estimativa é um crescimento entre 5% e 10%

Mesmo diante da pandemia por conta do novo Coronavírus, o cenário para o mercado imobiliário em 2021 aponta ser positivo. Segundo os especialistas o setor deve iniciar uma crescente e se manter ativo até 2023.

A estimativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC) é um crescimento entre 5% e 10% do mercado imobiliário em 2021 ante 2020. A avaliação considera um crescimento em torno de 3,5% para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano, avanço de reformas e a manutenção das taxas de juros do financiamento imobiliário em patamares pequenos.

Segundo Luciano Boaventura, sócio fundador da Domicilium Engenharia, outro fator que deve impulsionar as vendas de imóveis, é que durante a pandemia muitas pessoas têm passado o tempo todo dentro de suas casas, praticando home office. “Isso faz com que elas valorizem ainda mais o conforto e a qualidade de vida que suas casas oferecem”, ressalta.

De acordo com Luciano, a Domiciluim Engenharia já sente o reflexo desse crescimento no setor imobiliário. A Domicilium em parceria com a construtora EPO desenvolveram e lançaram recentemente o bairro Kubitschek, em Betim, nana Região Metropolitana de Belo Horizonte. O bairro foi planejado para ser sustentável e levar qualidade de vida para os moradores. O novo bairro terá iluminação pública em LED, rede de drenagem das águas pluviais, planejamento de tráfego e paisagismo. As ruas serão arborizadas com ipês e cerca de 132 mil metros quadrados serão destinados a áreas verdes e de lazer definitivas, oferecendo qualidade de vida aos moradores. “Temos uma previsão de faturamento de R$ 200 milhões na segunda etapa”, comenta.

Os bairros planejados são aqueles que formam uma nova centralidade, distante dos centros urbanos. O objetivo é diminuir a necessidade de deslocamento no dia a dia até o centro, contemplando áreas residenciais, empresariais e comerciais.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo