Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Open Banking: Descentralização diminui distância entre fintechs e bancos tradicionais

Por Marcelo Carreira, Diretor de Marketing da Access

O Open Banking, a exemplo do PIX, chegou para revolucionar o mercado financeiro. O sistema, cuja segunda fase está prevista para começar em maio de 2021, a partir do compartilhamento de dados e transações relativas a produtos e serviços já divulgados na fase anterior, desde que com anuência do usuário, promete agora diminuir a distância entre fintechs e bancos tradicionais.

Na prática, as fintechs que, até então concorriam de maneira incipiente com os grandes bancos, podem começar a se aproximar do mercado de concessão de crédito a taxas mais atrativas, principalmente para aquela parcela da população ainda longe do sistema bancário tradicional.

No entanto, a descentralização dos dados financeiros do usuário, principal proposta do Open Banking, não foi projetada apenas para criar produtos ou serviços, mas, principalmente, uma nova experiência ao consumidor. E é nessa categoria que as fintechs e os bancos digitais saem na frente com alguma vantagem.

Uma pesquisa nacional, realizada pela KPMG, revelou que, em 2020, a queda no faturamento do setor financeiro foi entre 10% e 25%. Ao contrário, as fintechs brasileiras cresceram 34% no mesmo ano, segundo uma outra pesquisa da Distrito, empresa que monitora esse mercado.

Os índices, contudo, não necessariamente significam uma disputa entre os dois modelos, nem mesmo a descontinuação do físico, mas uma parceria, já que ambos precisam - e têm espaço - para continuarem coexistindo.

Digitalização bancária

Mas, se é verdade que há mercado para unir o melhor dos dois mundos, também é fato que não será mais factível, daqui a pouco tempo, a exigência de toneladas de cópias de documentos pessoais para realizar serviços simples, como abertura de conta ou solicitações de empréstimo.

Mais do que simplesmente dificultar o acesso ou atrasar a liberação, a principal razão da digitalização bancária não é reduzir a burocracia, mas compreender o contexto de cada demanda para, a partir daí, oferecer um atendimento personalizado, inclusive antecipando variáveis para entregar soluções diferenciadas.

Ainda que as fintechs e bancos digitais saiam à frente quando o assunto é digitalização, as agências físicas, por outro lado, possuem uma quantidade muito maior de dados, bastando apenas que sejam geridos e organizados de maneira que entreguem valor ao negócio.

E, com a chegada da LGPD, essa questão ganha ainda mais relevância, com os usuários mais bem informados e com maior poder de escolha quando se trata de compartilhar ou não suas informações pessoais.

A captura descentralizada das informações, a partir da digitalização, rompe também as barreiras físicas no caso de agências espalhadas entre diferentes localidades, favorecendo uma oferta de serviços baseada em perfis e realidades locais distintas, ultrapassando as fronteiras digitais e alcançando um equilíbrio organizacional e cultural.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo