Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Não deixe seu cérebro boicotar seus planos financeiros em 2021

Há pouco mais de dois meses você estava desejando ter um ano diferente: com mais paz, harmonia e prosperidade. Como quase tudo na vida, ter um ano mais próspero está diretamente ligado aos pequenos hábitos construídos dia após dia. O que muita gente não sabe é que tudo isso começa no nosso cérebro. A boa notícia é que ainda dá tempo de mudar a direção da sua vida financeira utilizando melhor as suas capacidades cognitivas.

Mitos do dinheiro - São vários os mitos que envolvem o dinheiro. Muitos deles ligados à questão emocional ou quase sempre irracional, segundo planejador financeiro com a certificação CFP (Certified Financial Planner), Rogério Nakata. “Os principais mitos dentro da psicologia econômica são o de que o dinheiro é sujo e quando se tem essa percepção enraizada desde criança fazer dinheiro não é algo que valha à pena batalhar pois, a impressão à primeira vista é de que quem tem muito dinheiro fez alguma coisa errada, mas a maioria das histórias de sucesso financeiro é de muita luta, sacrifício, honra e de muita dedicação a àquilo que se ama. Um outro mito seria que não devemos levar tanto a sério as questões financeiras”, pontuou o especialista.

Inteligência financeira - Assim como em outras áreas da vida, a inteligência está diretamente ligada a capacidade de adaptação, o que não é diferente quando falamos de dinheiro. “Ser inteligente é ser capaz de adaptar-se a diferentes situações, compreender ideias complexas e utilizar diferentes formas de raciocínio. Quer dizer: uma pessoa inteligente aprende mais e melhor a partir de experiências e da flexibilidade que se tem para enfrentar padrões pré estabelecidos e crenças. Gerar novos hábitos é uma questão cerebral, ou seja, precisamos conscientemente entender o significado e os benefícios a curto, médio e longo prazos e usarmos nossas funções executivas do pré frontal para nos mantermos fiéis a nova rotina até que seja incorporada totalmente. Um cérebro ativo, exercitado e consciente incorpora novas hábitos e garante sucesso nas suas tarefas. Quanto mais conhecemos do nosso cérebro e o exercitamos em prol da melhoria de habilidades cognitivas como atenção, memória, análise e síntese, criatividade mais ampliamos as possibilidades de novas conquistas e melhores condições de vida”, pontou Patrícia Lessa, Diretora Pedagógica do método Supera. Antes de sair apenas guardando dinheiro ou cortando o cafezinho, nossa mente precisa entender que o objetivo mudou: foco, disciplina e mudança de prioridades estão entre os novos valores que vão construir uma nova realidade financeira, segundo Rogério. “Tudo que um dia você quis aprender na sua vida teve a ver com o foco que você deu naquilo que queria. Exigiu disciplina, mas também uma dose de concentração. Não é diferente quando falamos de mudanças que envolvem o dinheiro”, pontuou.

O hábito de pagar a si mesmo - Segundo Rogério, o ato de economizar para a aposentadoria soa como algo estranho e inimaginável para alguém mais jovem, porém ele é você hoje que necessitará de renda no futuro, então, podemos dizer que se aposentar nada mais é que a transferência de recursos do presente para o amanhã. Crie formas automáticas de facilitar essa economia transformando-o num investimento mensal. Pague-se primeiro ao receber e drible a procrastinação.
Invista em informações de qualidade - Existe hoje uma gama de profissionais que podem auxiliar no processo de amadurecimento financeiro para encontrar brechas no seu orçamento. Depois de traçar seus objetivos a curto, médio e longo prazo, dê o primeiro passo.

Aprenda como o dinheiro funciona e tenha paciência - Não aprender como o dinheiro funciona, ansiedade por resultados rápidos e não respeitar os juros compostos são alguns dos principais erros. Todo processo de aprendizado requer disciplina e mudanças de hábito para que um dia as boas práticas financeiras pessoais sejam algo natural na vida de uma pessoa ou de uma família.
Entenda os gatilhos do seu cérebro e dome os seus impulsos - Perguntas do tipo: ‘Será que eu realmente preciso disso?’ podem ajudar a domar os impulsos. Somado a isso, ter um objetivo claro facilita e muito a motivação, mas também a carimbar ou destinar melhor o dinheiro para aquilo que realmente vale à pena.
Defina suas prioridades - Faça uma lista de objetivos e projetos de vida de forma detalhada de curto, médio e longo prazos com suas devidas datas, mas também defina prioridades que tem a ver com o que é mais urgente neste momento para você. “É mais importante almoçar fora todo final de semana ou economizar para criar uma reserva para situações emergenciais, caso eu não tenha?”, pontuou Rogério.
Cultive pequenos (e bons) hábitos - Pessoas que conseguem poupar dão valor a cada uma de suas conquistas e ao dinheiro que ganham, mas também são disciplinadas e sabem o que querem ou o que não querem. Este último ponto pode soar estranho, mas não saber o que você não quer pode ser um bom motivo para começar a economizar e investir. “Eu não quero viver única e exclusivamente do INSS ou depender de um banco caso eu precise de dinheiro emprestado, é um bom motivo para iniciar este projeto”, explicou Rogério.
Ganho pouco, não posso poupar - Segundo o planejador, isso é um grande mito. “Conhecemos muitas pessoas que ganham muito dinheiro e não poupam se quer 1 real e outras que ganham muito menos, mas que conseguem fazer muito mais com aquilo que ganham porque sabem a importância de investir e de colocar os juros compostos trabalhando a seu favor e não contra elas”, explicou.
Mantenha seu cérebro ativo e estimulado - Estimular o cérebro da forma correta é um fator determinante para tomar melhores decisões e obter mais inteligência emocional para lidar melhor com os desafios da vida financeira, afinal, dinheiro não aceita desaforo. “Procure viver um pouco abaixo de suas expectativas financeiras de forma a não gastar tudo aquilo que você ganha, organize-se financeiramente para poder ter sua mente disponível para aquilo que realmente é importante, exercite seu cérebro, abastecendo-se de conteúdo educacional de qualidade e esteja preparado para as eventualidades pois, quer você queira ou não, elas sempre irão ocorrer, mas o fundamental é que você esteja preparado para o quando”, explicou Rogério.

Se mesmo com essas dicas, mudar os hábitos financeiros ainda for uma tarefa difícil, a prática de Ginástica cerebral pode ajudar neste processo. “Para potencializarmos o nosso cérebro, precisamos praticar exercícios que provoquem mudanças em seu funcionamento e estrutura. Para uma prática afetar o cérebro, precisa ser uma experiência mais completa que a experiência usual, familiar, rotineira. O método Supera oferece uma proposta envolvendo novidade, variedade e desafio crescente para tornar o cérebro mais ágil e flexível no sentido de ampliar as possibilidades na busca de novos caminhos para a realização das ações cotidianas”, explicou Patrícia Lessa, Diretora Pedagógica do Supera.

Estou endividado, e agora? - Mas se você está endividado e não sabe por onde começar, manter uma postura positiva também impacta diretamente nas mudanças que afinal, precisam começar em algum momento. “Seja otimista, mas trabalhe e desenvolva-se em outras áreas de sua vida, sendo dentre elas uma das mais importantes, a financeira. Além de planos de investimentos para cada um dos seus mais importantes projetos de vida, possua uma reserva de emergência que não deve ser inferior a 6 ou 12 meses de suas despesas mensais, não desista da sua vida financeira. O seu ‘eu’ do futuro agradece”, concluiu Rogério.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo