Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Como as importadoras podem reduzir tempo com taxas?

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Amanda Ivanov
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Economia
  • Imprimir

Especialista da Dootax aponta soluções para otimizar liberação de produtos

Por Yvon Gaillard

Reduzir a burocracia fiscal de produtos importados é um dos principais desafios que empresas que operam com Comércio Exterior enfrentam. Segundo o estudo time release study feito pela Receita Federal do Brasil, seguindo a metodologia da Organização Mundial das Aduanas, para a liberação e licenciamento de mercadorias, são gastos até 64% de tempo somente para o pagamento de tributos, pois no Brasil há um série de impostos e taxas atreladas às operações de importação e Comex.

A Receita Federal desde a última década vem fazendo um trabalho que melhora o processo, criando ferramentas mais fáceis e rápidas para recolhimento do contribuinte, mas ainda existem algumas etapas, entes federativos e alguns órgãos que precisam trazer mais agilidade. As licenciadoras como ANVISA e INMETRO precisam melhorar na burocracia de geração das taxas. Além disso, nos estados, o ICMS acaba sendo um vilão que despende prazo na liberação de cargas, dificultando ainda mais esse processo.

Diante desse cenário, soluções como a que a Dootax oferece, otimizam todo esse processo, recolhendo diversos impostos e taxas, no qual a maioria das empresas enfrentam uma complexidade muito grande para se gerar e pagar.

Os dados do estudo apontam que 64% é gasto para pagamento de impostos e ainda há um tempo de compensação do pagamento pelo governo, que hoje é de 48 horas. Mas, ainda sobram 90 horas como responsabilidade do contribuinte e/ou importadores para fazerem todo esse trâmite, que hoje em regra nas empresas, é totalmente manual.

Geralmente, esses processos de licenciamento e ICMS, são morosos, uma vez que o contribuinte tem que entrar no site do estado, pegar os dados, guias, inserir no sistema de gestão da empresa e depois seguir o tempo de pagamento necessário pelo compliance da empresa.

Soluções com o uso de RPA, como a da Dootax, automatizam e reduzem essas 90 horas para poucos segundos, o que dá um ganho de até 42% nesse tempo de importação sobre essas mercadorias que caíram no canal de licenciamento. Isso porque, o software atua 24 horas e 7 dias por semana, por meio do uso de RPA.

O estudo mostra que esse processo é o que leva mais tempo e despende mais prazo para se cumprir. Embora hoje já existam ações que o governo federal esteja fazendo para diminuir esse tempo de compensação, a otimização ainda é um processo muito eficiente que pode auxiliar muito as empresas para agilizar e eliminar essas 90 horas.

Sobre a Dootax

Um software seguro e confiável para automação fiscal, com soluções estrategicamente desenvolvidas para reverter o cenário de burocracia fiscal do Brasil. Em uma única plataforma, a startup fundada em 2018, busca simplificar e agilizar o dia a dia do departamento fiscal das empresas, tornando-se o principal ponto de contato entre a companhia e o fisco - garantindo agilidade, confiabilidade e total compliance fiscal. A Dootax tem como co-fundadores Luis Pessoto, head of product, Thiago Souza, head de marketing e Yvon Gaillard, head of sales. É residente do Cubo Itaú, maior hub de empreendedorismo tecnológico na América Latina e está entre as 100 Startups to Watch, como uma das mais promissoras do Brasil .


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo