Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Para ACSP, crescimento do varejo em maio ainda é insuficiente para cobrir perdas com a pandemia

De acordo com o economista da ACSP, Emilio Alfieri, o varejo ainda sofre com a queda desde o começo da crise do coronavírus. Para ele, 2020 dificilmente terá um mês pós-coronavírus com volume de vendas maior do que no ano passado

O comércio varejista nacional cresceu 13,9% em maio comparado a abril, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), apesar de os números indicarem o início de uma recuperação, esta ainda é insuficiente para cobrir as perdas desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“O comércio sofreu uma forte queda nos meses anteriores, devido à pandemia e isolamento social, e isso agora se reflete nestes números. Cresceu 13,9% frente ao mês anterior, após recuo recorde de 16,3% em abril, ou seja: o crescimento aconteceu em cima de uma base fraca. Além disso, essa recuperação não foi suficiente para inverter o cenário na comparação mês a mês com 2019, que apresentou -17,1% em abril, passando a -7,2% em maio”, analisa Emilio Alfieri, economista da ACSP.

Para ele, um ponto importante a se destacar é que a variação anual, de maio a maio, comparando o acumulado de 2020 com o do ano passado, que continua negativo, sendo -3,9% no varejo restrito e -8,6% no ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e material de construção. “Esses números mostram que ainda se reflete na economia o período da quarentena, a queda na confiança dos consumidores e a perda da renda dos trabalhadores, provocada pelo desemprego e pela redução nos salários”, diz Alfieri.

O crescimento das vendas em maio dá a entender que o pior já passou. “Mas não é possível dizer que o varejo vai crescer neste ano, desde que a pandemia começou. Vai ficar sempre abaixo de 2019, na comparação mensal, embora deva apontar para cima no mês a mês, uma vez que a base anterior deverá ser fraca”, explica o economista.

A velocidade da recuperação da economia vai depender das ações que forem adotadas pelo governo. “Se esperam novas medidas do Banco Central neste sentido, e que o crédito chegue às pequenas e médias empresas para ajudar os comerciantes a investirem, inclusive, em contratações e salários”, finaliza Alfieri.

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 125 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS