Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Plano Safra segue travado à espera de suplementação orçamentária

Retomada da equalização de juros depende da aprovação do PLN 1/2022, que só pode ser votado em sessão do Congresso Nacional

Os produtores rurais seguem aguardando a votação do PLN 1/2022, que abre crédito suplementar de R$ 2,57 bilhões para o Poder Executivo. Uma parte desses recursos, em torno de R$ 869 milhões, será destinada para recompor as linhas subsidiadas do Plano Safra 2021/2022. No início de março, a Secretaria do Tesouro Nacional suspendeu as contratações de crédito rural nas modalidades de custeio, investimento e comercialização. A recomposição é necessária para adequar o programa à atual taxa de juros. Quando o orçamento do ano passado foi aprovado, a Taxa Selic estava em 9,5%. Hoje, este índice está fixado em 11,75%.

A previsão é que Câmara e Senado realizem sessão conjunta no dia 28 de abril para votar o PLN 1/2022. O deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS) lembra que o projeto foi uma das medidas anunciadas pelo Ministério da Agricultura para atender os agricultores atingidos pela seca que castigou os estados do Sul e Centro-Oeste do país no final do ano passado. No Rio Grande do Sul foi a pior estiagem dos últimos 17 anos. “Ainda bem que a natureza se encarregou de mandar chuva. Porque não é possível aceitar uma espera de quase seis meses para tirar do papel medidas de apoio aos produtores que perderam praticamente toda a safra”, criticou o parlamentar.

Em ofício encaminhado às instituições financeiras no dia 14 de abril, o Secretário do Tesouro Nacional informa que “as dotações orçamentárias que amparam os pagamentos de equalização de taxas de juros de que trata o Art. 2° da Portaria ME nº 7.867/2021 ainda não foram recompostas, de forma que a suspensão de novas contratações de financiamentos subvencionados fica prorrogada até 29/04/2022. Fica manda a possibilidade de realização de contratações nas linhas de custeio do Pronaf, exclusivamente”.

No mesmo dia em que a Secretaria do Tesouro Nacional emitia o comunicado aos bancos, o presidente do Sindicato Rural de Cruz Alta, Moacir Magalhães Medeiros, encaminhava ofício ao deputado Jerônimo Goergen. No documento, Magalhães ressalta que é imperativo o anúncio de planos de prorrogação e renegociação de dívidas, conforme preconiza o Manual de Crédito Rural (MCR). O dirigente alerta que os grandes produtores e aqueles enquadrados no Pronamp, ou seja, os agricultores de médio porte que tomaram financiamento para custeio e investimento, não estão resguardados pelo Decreto N° 11.029, que autoriza a prorrogação de dívidas somente para rurícolas que têm PRONAF.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo