Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Genética Nelore BRGN é valorizada em leilão on-line da Embrapa

Criadores de bovinos da raça Nelore tiveram mais uma oportunidade de adquirir animais de comprovada qualidade genética gerados pela pesquisa científica da Embrapa. O 8º Leilão Nelore BRGN foi promovido pela Embrapa Cerrados (DF) e a Multleilões nos últimos dias 17 (animais elite) e 18 (animais comerciais) pela internet, com transmissão diretamente do estúdio da Multleilões, em Brasília.

No primeiro dia do leilão, foram comercializados 102 animais (machos e fêmeas) Nelore BRGN ofertados em 41 lotes. Na página multleiloes.com, foram apresentados o catálogo dos animais e vídeos previamente gravados de cada lote para que os interessados pusessem realizar os pré-lances antes da realização do leilão. “Considerando o atual cenário de pandemia, a realização de leilões virtuais visa dar maior transparência às vendas. Assim, pecuaristas de diferentes estados têm a oportunidade de conhecer e adquirir nossos animais”, explica o pesquisador Claudio Magnabosco, coordenador das pesquisas com o Nelore BRGN.

Os animais arrematados obtiveram uma média de R$ 13.453,07, o que representou um crescimento de 52% em relação à edição anterior, realizada em novembro de 2020. Os demais valores médios foram: touro PO* (lotes individuais) R$ 24.460,45; touro PO (lotes duplos) R$ 18.421,63; macho controlado R$ 7.950,86; novilha PO prenha R$ 15.451,20; novilha PO vazia R$ 10.713,48; vaca PO prenha R$ 14.262,86; vaca PO parida R$ 13.200,00; e vaca PO vazia R$ 12.102,86.

Quatro touros foram grandes destaques do leilão. Supremo da Cerrados (BRGN 1720), filho de REM Dheef em vaca Lacre da Cerrados, foi destaque no Teste de Eficiência Alimentar em 2019 e reprodutor reserva da Embrapa, tendo sido utilizado nas estações reprodutivas de 2019, 2020 e 2021, com produção de progênies (filhos) de elevada qualidade genética. O touro 1860 da Cerrados (BRGN 1860), filho de Ouro da Cerrados em vaca Haplomos Cerrados, participante do 23° Teste de Desempenho de Touros Jovens (TDTJ) da Embrapa, apresenta elevados índices para características de funcionalidade e carcaça.

Já os touros 1857 da Cerrados (BRGN 1857), participante do 23° TDTJ e 1868 da Cerrados (BRGN 1868), ambos filhos de Ouro da Cerrados em vaca Helix Cerrados, são reprodutores que se destacaram pelo comprimento e volume de carcaça, pelas costelas bem arqueadas e profundas, bem como pela destacada caracterização racial e pigmentação, conforme destaca Magnabosco.

“Os resultados e médias crescentes a cada edição do Leilão Nelore BRGN comprovam que os investimentos contínuos e minuciosos em técnicas que possibilitam a identificação de animais melhoradores promovem um grande impacto positivo, não apenas na lucratividade do sistema, mas também no retorno econômico dos compradores, pois é recorrente a recompra de animais por criadores que já conhecem o nosso compromisso e responsabilidade com a obtenção de animais de qualidade e superioridade”, observa o pesquisador.

Responsável pela elaboração do catálogo do leilão, a zootecnista e doutoranda Byanka Bueno relata o retorno positivo dado pelos compradores todos os anos. “Isso é fruto de um programa de seleção genética conciso que vem sendo realizado há mais de 20 anos pela Embrapa Cerrados”, aponta, acrescentando que o trabalho com o Nelore BRGN busca ofertar ao mercado uma genética de qualidade, que apresente as características econômicas desejadas pelo produtor brasileiro. “É o que garante mais produtividade e rentabilidade ao sistema produtivo, e no leilão desse ano não podia ser diferente”, completa.

Índices bioeconômicos

A grande inovação do 8º Leilão BRGN foi a adoção de quatro índices bioeconômicos recém-lançados pela Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP). De acordo com a entidade, os índices foram desenvolvidos exclusivamente para atender aos diferentes sistemas de produção, auxiliando os criadores tanto na compra quanto na oferta de reprodutores.

O índice para o sistema de cria (MGTe_CR) considera a seleção de fêmeas e a otimização da desmama, avaliando características relacionadas a longevidade (stayability), precocidade sexual, habilidade materna, peso a desmama e perímetro escrotal. O índice para o sistema de recria e engorda a pasto (MGTe_RE) leva em conta o sistema de produção muito utilizado no Brasil, que prioriza características ligadas ao peso e à carcaça, como peso aos 450 dias (P450) e área de olho de lombo (AOL), com uma ponderação no acabamento (ACAB).

Já o índice para terminação em confinamento (MGTe_CO) foi concebido para animais que recebem pequena bonificação em gordura, com forte ponderação para características voltadas à carcaça, como P450, AOL, ACAB, marmorização (MAR) e consumo alimentar residual (CAR). Por fim, o índice para terminação em confinamento voltado a animais cruzados F1 (MGTe_F1) é destinado a animais cruzados, filhos de vacas Nelore, que recebem uma maior bonificação para gordura e maior peso de abate e carcaça. Também contempla as características P450, AOL, ACAB, MAR e CAR.

Cláudio Magnabosco destaca que a seleção dos animais baseada na velocidade de crescimento, ganho em peso, precocidade sexual e de acabamento, habilidade materna, características de fertilidade, qualidade de carcaça e temperamento comprovam a excelência genética do Nelore BRGN, que é confirmada pelo progresso genético.

A cada nova safra de animais, são observados avanços nas principais características de importância econômica, como Mérito Genético Total Econômico (MGTe); habilidade materna aos 120 dias; pesos aos 210, 365 e 450 dias; perímetro escrotal aos 365 dias de idade; stayability; probabilidade de parto precoce; acabamento de carcaça e área de olho de lombo.

“Além dessas características, o rebanho Nelore BRGN é submetido a uma avaliação minuciosa de características funcionais como musculosidade, conformação, estrutura, pigmentação, aprumos, características sexuais secundárias, aparelho mamário e racial. Assim, com base nos índices genéticos, os animais produzidos são direcionados para todos aqueles que querem produzir mais, em sistemas intensivos ou extensivos, seja produção de ciclo completo, produção de bezerros de corte e produção de touros precoces”, diz o pesquisador.

Magnabosco observa que os novos índices bioeconômicos despertaram o interesse dos compradores no leilão, pois além de já contarem com o tradicional modelo MGTe, tiveram mais uma ferramenta de seleção no momento da escolha de animais que de fato iriam atender as demandas especificas das propriedades, conferindo assim maior lucratividade e rentabilidade.

“O produtor que trabalha com sistema de cria priorizou, no momento de escolha, aqueles animais de melhor classificação no índice MGTe_CR, que foi um índice pensado justamente na seleção de fêmeas e otimização da desmama, contemplando em sua ponderação características relacionadas a longevidade, precocidade sexual, habilidade materna, peso a desmama e perímetro escrotal, que são características extremamente importantes para esse sistema de produção”, exemplificou.

Ele acrescenta que a Embrapa Cerrados sempre busca a inovação da pecuária seletiva e, ao utilizar os novos índices no momento das decisões de acasalamento genético, a pesquisa busca uma maior assertividade na seleção do Nelore BRGN. “Dessa forma, além do uso interno no processo seletivo, a adoção desses novos índices no momento da comercialização dos nossos animais nos permite valorizar e auxiliar os nossos compradores no momento de aquisição dos nossos reprodutores e matrizes geneticamente superiores”, finaliza.

Sobre o BRGN

Formado em 2000 na Embrapa Cerrados, o rebanho Nelore BRGN busca oferecer ao mercado animais mochos com a rusticidade necessária às condições do Bioma Cerrado, além de características econômicas que garantem mais produtividade e rentabilidade aos pecuaristas, visando à eficiência de produção e à redução do ciclo de produção.

Foi concebido a partir de matrizes de mérito genético superior, oriundas de criatórios participantes do Programa Nelore Brasil, coordenado pela (ANCP). As matrizes foram inseminadas com sêmen de touros Nelore PO consagrados e de touros jovens avaliados e aprovados pelo Programa de Reprodução Programada do Nelore Brasil, também da ANCP

Há mais de 20 anos, o rebanho BRGN vem participando de avaliações relacionadas a diversos projetos de pesquisa, como a de maciez da carne de bovinos Nelore Mocho; o Teste de Desempenho de Touros Jovens (TDTJ), o Teste de Eficiência Alimentar; o teste de precocidade sexual de fêmeas; estudos genéticos de seleção e associação genômica para eficiência alimentar; bem como o impacto da eficiência alimentar em outras características de importância econômica como a precocidade sexual, uma vez que as fêmeas Nelore BRGN são desafiadas para precocidade.

“Caracterização e seleção genética para eficiência alimentar em bovinos nelore avaliados no Estado de Goiás” e “Caracterização e seleção genética para maciez da carne em bovinos Nelore Mocho” são alguns desses projetos liderados pela Embrapa Cerrados.

Os principais parceiros nessas iniciativas são a ANCP e a Campo Nutrição Animal, além da AVAL Serviços Tecnológicos, que participa dos testes realizados no Centro de Desempenho Animal da Embrapa Cerrados, localizado em Santo Antônio de Goiás (GO).

*Sigla para Puro de Origem. É o animal que possui registro de uma associação de criadores e, dessa forma, tem a genealogia conhecida e está dentro dos padrões raciais exigidos por essa associação.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo