Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

A revolução começa com uma pequena semente

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  NB Press Comunicação
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Agro
  • Imprimir

Por Leonardo Dias, CEO da NovoAgro Ventures*

A diversidade de solo, clima e cultivares faz do nosso país é uma espécie de imenso laboratório a céu aberto. Por trás de sementes, mudas e manejo, estão jovens e gerações maduras, que viram e veem na tecnologia a pedra de toque para redimensionar o agronegócio.

Mais que isso: revolucionar produção e produtividade, respeitando o meio ambiente e as pessoas é o que há de mais oportuno nos dias de hoje. E as agritechs, startups com soluções tecnológicas para o agronegócio, são a grande atração para acelerar o ambiente de revolução digital no campo.

Até 2050, seremos 9 bilhões de pessoas no mundo. Teremos de aumentar em 70% a produção de alimentos para suprir essa demanda, de acordo com Dados da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura). E o Brasil tem tudo para ser o grande protagonista desse desafio. O país é campeão mundial de crescimento em produção e exportação de alimentos nos últimos dez anos. Tem água, terra e clima para continuar crescendo e atender ao chamado da FAO. O que falta para o país assumir, de vez, esse protagonismo e ser o celeiro do mundo?

Arrisco a dizer que é o aumento de produtividade com uso de tecnologia. Segundo dados da CNA, mais de 70% dos produtores brasileiros são pequenos e têm dificuldade de acesso à tecnologia. É nesse cenário que ganha ainda mais relevância o propósito de associação com startups de agritech para fazer com que estes negócios escalem de forma estruturada e em conexão direta com o produtor rural e com a agroindústria.

É preciso incentivar startups que resolvam as dores do produtor rural. Precisamos de ideias inovadoras e empreendedores engajados para fazer com que o agronegócio cresça ainda mais e de forma saudável. Por iniciativa do SISTEMA FAEMG, maior federação de agricultura e pecuária do país que tem em sua base de associados mais de 400 mil produtores rurais, das mais diversas cadeias produtivas, e 380 sindicatos espalhados pelo estado de Minas Gerais, foram mapeadas as dores que demandam soluções inovadoras.

Começamos a conexão dos produtores rurais de Minas Gerais, que é o estado com a maior diversidade agrícola do país. Após essa validação em terras mineiras, já estamos replicando o processo no país todo.

Os pequenos produtores rurais superam dia após dia a dificuldade de acesso ao mercado. São eles que sinalizam a mudança em curso. Ou seja: utilização de plataformas digitais presentes em nosso portfólio – as quais, além de encurtarem o caminho entre vendedores e compradores no Brasil e no exterior, oferecem soluções inovadoras, voltadas para compra coletiva de insumos; controle ambiental; monitoramento e comercialização.

*Por Leonardo Dias, CEO da NovoAgro Ventures, Corporate Venture Builder com foco em soluções para o Agronegócio. É formado em engenharia elétrica pela UFMG, Universidade Federal de Minas Gerais; foi subsecretário de ciência tecnologia e inovação do Governo de Minas Gerais (2015/18) e ajudou a liderar programas de fomento ao empreendedorismo e inovação como o projeto de aceleração de startups Seed, o portal Simi; a Finit (Feira internacional de negócios, inovação e tecnologia) e o Hub Minas Digital –

Sobre a Novo Agro Ventures

A Novo Agro Ventures é uma Corporate Venture Builder com foco em soluções para o Agronegócio, as chamadas agritechs (startups com soluções para o agro). A CVB mapeia desafios (dores) da agroindústria e dos produtores rurais e investíveis em empresas de tecnologia que estejam desenvolvendo soluções para estes problemas. Tem como acionistas o Sistema Faemg, a maior Federação de Agricultura e Pecuária do país, além de cerca de 80 investidores do setor do agro e a FCJ Venture Builder, pioneira no ramo de Venture Builder na América Latina, presente também nos Estados Unidos, em Portugal e na Finlândia.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo