Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Conectividade é a camada que elevará o agronegócio a uma nova dimensão

O Futurecom LiveCast “Panorama da Conectividade no meio rural” trouxe um rico debate sobre as possibilidades que a tecnologia proporciona aos produtores rurais

O Futurecom LiveCast que teve como tema “Panorama da Conectividade no meio rural” trouxe a público um panorama bem otimista em relação à representatividade desse setor à economia brasileira. O agronegócio representa hoje 30% do PIB brasileiro e pode elevar esse porcentual em pelo menos 4,7% se a conectividade no campo chegar ao patamar de 50% sobre os atuais 25%. Isso equivale a nada menos do que um aumento de R$ 47 bilhões ao ano na economia do país.

Os cálculos foram apresentados por Cleber Soares, secretário adjunto de inovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) ao comentar os resultados dos estudos de sua pasta sobre o potencial da agropecuária brasileira. “A conectividade é a primeira grande camada que vai proporcionar a estrutura para a transformação digital no campo”, afirma Soares. O secretário revela que entre 23% e 25% território agrícola nacional tem boa conectividade para automação. A partir daí, o ministério estabelece dois possíveis cenários da digitalização no campo.

O primeiro cenário prevê dobrar o porcentual de iluminação de conectividade no campo. Para isso, será preciso ter em funcionamento 4,4 mil estações radiobase nas áreas rurais. O segundo cenário prevê o funcionamento de 15.172 estações radiobase, o que daria o resultado de 75% a 80% do território agrícola conectado. Soares destaca o impacto da digitalização para os produtores rurais e para a economia do país. “O valor bruto da produção agropecuária brasileira está previsto pelo MAPA em R$ 1,7 trilhão de reais em 2021.” Se no primeiro cenário traçado a representatividade do agronegócio aumentaria em 4,7%, no segundo cenário, tendo o objetivo alcançado, ganharíamos 9,6% sobre o valor bruto da produção”, estima Soares.

Essa previsão e estimativas foram comemoradas e ratificadas pelos outros participantes do Futurecom LiveCast, Silvia Massruhá, chefe da Embrapa Informática; Paulo Bernardocki, diretor de redes para Ericsson LATAM South; e Hermano Pinto Jr., diretor do Portfólio de Tecnologia e Infraestrutura da Informa Markets Brasil, mediador do debate. Para Bernardocki, por exemplo, operar 4,4 antenas nas áreas rurais não surpreende aos fornecedores de infraestrutura porque o país conta com mais de 100 mil estações radiobase para conectar as regiões urbanas. “Esse é o momento de digitalizar o campo principalmente porque houve a padronização da IoT sobre as redes móveis, e isso faz com que a quantidade de estações a implantar seja reduzida. É o momento de virada do modelo de negócios”, enfatiza o executivo. Bernardocki reforça que a relevância do agronegócio para o PIB brasileiro, de 30%, chama a atenção para investir na conectividade, pois a conectividade se torna barata em relação à utilidade e aos benefícios que oferece.

Impacto do Agro 4.0

“Se hoje somos exportadores de alimentos, é graças à ciência. 50 anos atrás importávamos alimentos.” Assim Silvia Massruhá inicia sua participação na conversa, afirmando que a união da conectividade e da ciência vão manter o protagonismo do país como grande produtor de alimentos para todo o mundo. “Temos de enfrentar e transpor os novos desafios que temos não só das ciências agrárias e da terra, mas também das tecnologias digitais, da biotecnologia, da nanotecnologia. A convergência de tudo isso é que vai fazer a diferença nos próximos anos e a conectividade é o pilar básico para conseguirmos atingir os objetivos.” Silvia se refere ao agronegócio brasileiro atingir o nível da agricultura 4.0. Portanto, é necessário que se leva ao campo, além da conectividade, a capacitação aos produtores e trabalhadores rurais para usar a tecnologia a seu favor e aumentar a atividade econômica.

Sobre o Futurecom – https://www.futurecom.com.br/pt/plataformadenegocios.html

O Futurecom é a plataforma de negócios que impulsiona o ecossistema de tecnologia e telecomunicações, apresentando soluções para o seu negócio, por meio de conexões de comunidades, relacionamentos e conteúdo de qualidade em todos os ambientes: digital, físico e simultaneamente. O Futurecom conta hoje com uma base de dados qualificada, com mais de 151 mil contatos de profissionais do setor e diversos canais, como plataforma digital, website, redes sociais e um portal de conteúdo exclusivo. Futurecom é o parceiro estratégico ideal para promover marcas, lançar produtos, gerar leads qualificados e realizar ações personalizadas para obtenção de um melhor retorno de investimento, com mais foco e assertividade.

Sobre a Informa Markets 

A Informa Markets cria plataformas para indústrias e mercados especializados para fazer negócios, inovar e crescer. Nosso portfólio global é composto por mais de 550 eventos e marcas internacionais, sendo mais de 30 no Brasil, em mercados como Saúde e Nutrição, Infraestrutura, Construção, Alimentos e Bebidas, Agronegócio, Tecnologia e Telecom, Metal Mecânico, entre outros. Oferecemos aos clientes e parceiros em todo o mundo oportunidades de networking, viver experiências e fazer negócios por meio de feiras e eventos híbridos, conteúdo digital especializado e soluções de inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo