Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

A importância da cultura de proteção de dados

*Por Rubens Leite

A lei geral de proteção de dados entrou em vigor e trouxe a obrigação da criação e implantação de um sistema de proteção de dados pessoais. Esse novo cenário de conformidade traz uma série de dúvidas, de incertezas e impõe uma nova cultura.

O sistema de compliance de proteção de dados se inicia basicamente com a análise de riscos, momento em que todos os processos são mapeados e se tem uma dimensão do tratamento de dados que a empresa realiza. Com isso, dá-se o passo para a implantação de um sistema de gestão que buscará criar e manter mecanismos de proteção e de controle. E, por fim, esse sistema precisará ser testado e monitorado por meio de auditorias.

A implantação e gestão do programa de conformidade é essencial para o controle dos dados e para a comunicação com todas as partes interessadas. Mas um item essencial, que vai além da implantação de uma série de normas, procedimentos e muitas vezes imposições, é a mudança de cultura.

O incidente de dados, como chamamos um eventual vazamento ou desvio de finalidade no uso ou tratamento de dados pelas empresas, não depende de um sistema por melhor que seja, mas sim daqueles que operam esse sistema.

A lei traz alguns princípios que devem nortear todo o sistema de conformidade de proteção de dados. Dentre eles, podemos destacar a finalidade, ou seja, o propósito do uso dos dados, que deve ser legítimo, específico e explícito. Temos também a prevenção, na qual a empresa deve adotar uma série de medidas a fim de prevenir a ocorrência de danos. E até a necessidade de prestação de contas, consistente na demonstração de medidas eficazes e capazes de comprovar a observância das normas de proteção de dados, além de outros mais.

O objetivo dos princípios é justamente construir a essência do programa de proteção, que não é só um conjunto de normas e regras que serão implantadas no dia a dia da empresa. Pelo contrário, são elementos norteadores de todo o sistema, com os quais principalmente os operadores devem estar habituados, a fim de que possam ter autonomia, autocrítica e autogestão quando estiverem manipulando dados.

Esse conceito é o que chamamos de cultura de proteção de dados, que deve ser disseminada desde o início da análise de risco, com o engajamento da equipe de gestão e culmina com a conscientização da equipe acerca de seu papel para a estabilidade e eficácia do programa.

A implantação de um sistema efetivo e autônomo de proteção de dados, está intimamente ligado à capacidade de se implantar muito mais do que uma série de normas e novos procedimentos e criar para o colaborador, apenas mais uma obrigação, mas sim, transformar a cultura da empresa, de modo a garantir que todos tenham consciência da essência do programa e seus benefícios para todas as partes envolvidas.

Rubens Leite é Advogado e sócio gestor da RGL Advogados.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo