Brasil,

As sete dicas para pais e responsáveis escolherem a melhor escola em 2022

Um momento que costuma ser bastante estressante na vida de pais e de responsáveis é o da escolha da escola - seja para a transferência, seja para a primeira matrícula. Longe de ser uma tarefa trivial ou fácil, acertar o colégio mais adequado ao perfil do estudante é crucial para o desempenho escolar da criança ou do jovem. Para auxiliar nessa difícil tarefa, a equipe pedagógica da Geekie elencou sete dicas.

Muitas famílias costumam perder o sono na hora de decidir em qual escola devem matricular as crianças e os adolescentes. Da primeira matrícula à troca de colégio, essa escolha não é nada trivial; dela, depende o desempenho escolar do estudante e a relação que esse aluno vai ter com a construção do conhecimento e do próprio futuro. De acordo com pesquisa da Escolas Exponenciais – conduzida com 170 mil famílias, de 500 escolas e 26 Estados do Brasil –, uma em cada dez famílias pensa em trocar o filho de escola em 2022. O levantamento mostra, ainda, que 94% dos pais e responsáveis querem que os filhos retornem ao ensino presencial no próximo ano, e somente 6% querem mantê-los na modalidade remota.

Para auxiliar pais e responsáveis a avaliar as opções, a equipe pedagógica da Geekie – edtech que desenvolveu a primeira plataforma do Brasil de educação baseada em dados para permitir que todos da escola e as famílias enxerguem com mais clareza o aprendizado dos filhos – elencou sete dicas com critérios essenciais para a tomada de decisão. Análises como linha pedagógica, recursos tecnológicos, localização, segurança estrutural, espaço físico e preço da mensalidade são alguns dos itens listados.

# 1 | Linha pedagógica mais adequada

O primeiro passo é conhecer os projetos pedagógicos das escolas. A ideia é saber se integram um modelo de ensino que define e orienta a maneira como as aulas são dadas e como os estudantes são avaliados, de acordo com a metodologia. Além disso, essa informação dá pistas sobre quais os instrumentos e a frequência para essa avaliação, ou seja, os recursos ou materiais didáticos. Será que a escola acompanha todo o desenvolvimento do aluno ou apenas tem visibilidade dele nos boletins de finais de ciclos? Como essas avaliações são usadas na personalização da aprendizagem da criança ou do jovem? Dentro da proposta educacional, existe a linha pedagógica baseada em teorias e conceitos de aprendizagem. Somente a partir dessas informações é possível analisar se a instituição está alinhada com os valores e os princípios da família do estudante, se pode suprir as expectativas dos pais e responsáveis, e se tem sinergia com as características pessoais do estudante, ou seja, com o perfil.

# 2 | De olho no currículo escolar e na qualidade de ensino

Pais e responsáveis podem até verificar a posição das escolas em rankings, mas o mais importante é checar aspectos como o currículo escolar – que deve focar em habilidades e competências previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Atualmente, é importante se certificar se a escola trabalha com competências como o desenvolvimento de pensamento científico, crítico e criativo; habilidades para argumentar com bases sólidas; trabalhos com empatia, cooperação e acolhimento, entre outras. Em relação à BNCC, vale saber que todas as escolas que oferecem o Ensino Médio precisam adaptar pelo menos o primeiro ano do segmento em 2022. Isso significa não apenas remodelar o currículo das disciplinas tradicionais, mas oferecer, também, os novos “itinerários formativos” – uma nova formatação no Ensino Médio, que permite que estudantes possam escolher quais áreas do conhecimento querem estudar mais e se aprofundarem ao longo do segmento. Verifique, por exemplo, quais projetos, disciplinas eletivas, oficinas e outras atividades a escola oferece nos itinerários e quanto esses conteúdos irão ajudar no desenvolvimento do estudante.

Vale, também, observar as atividades extracurriculares como esportes, artes, música. Pode ser interessante checar a qualificação dos professores; para isso, uma dica é pesquisar a formação, os cursos e a experiência dos docentes. Algumas instituições de ensino disponibilizam, no próprio site da escola, o perfil e o currículo dos professores.

# 3 | Tecnologia sempre com intencionalidade pedagógica

Além do projeto pedagógico e do currículo escolar, é importante conhecer os recursos tecnológicos utilizados pela instituição de ensino. As famílias devem questionar de que forma a tecnologia é utilizada no currículo da escola – o ideal é que seja de forma integrada. A intencionalidade pedagógica deve ser bem clara. A equipe da Geekie ressalta que a tecnologia não substitui a presença do professor em sala de aula, portanto, é importante que o docente use os recursos tecnológicos para apoiar individualmente o estudante de forma personalizada. “Os pais devem fazer as seguintes perguntas: Qual é o papel da tecnologia naquela proposta educacional? O que ela permite que sem a tecnologia não seria possível? Ela está ali com a proposta de substituir um trabalho que deveria ser do professor ou justamente para potencializar seu trabalho? Uma apostila inserida em um tablet em formato PDF não é uma plataforma de aprendizagem. É apenas o mesmo recurso digitalizado – o que pode ser até pior”, afirma Claudio Sassaki, mestre em Educação pela Universidade de Stanford e cofundador da Geekie. Ele acrescenta que é importante saber diferenciar a tecnologia de pirotecnia – usada para atrair alunos e automatização – daquelas que são inseridas de forma consciente para garantir um objetivo de aprendizagem. No Geekie One, por exemplo, os dados de desempenho de cada aluno são capturados, sistematizados e devolvidos em tempo real para os professores, coordenadores e gestores, que analisam e tomam ações pedagógicas mais assertivas e direcionadas.

# 4 | Acolhimento e processo de adaptação

Um outro critério importante é como a escola faz o acolhimento e a integração dos novos alunos. Os orientadores pedagógicos ou a coordenação devem fazer reuniões periódicas com a família e dar atendimento individual aos estudantes. Os docentes, também, devem auxiliar durante o processo de inclusão. Pais e responsáveis devem observar se na escola há, por exemplo, o acompanhamento de um professor ou tutor, que se encarrega de apresentar a instituição e a rotina ao aluno até que este conheça todas as novidades. Uma dica listada pela equipe da Geekie é verificar como a instituição faz a integração dos recém-chegados com os colegas de classe, facilitando o entrosamento entre novatos e veteranos. No processo de adaptação, é possível que a criança ou o adolescente tenha dificuldade de aprendizagem, por isso, é essencial checar se a escola oferece aulas de reforço em horários de contraturno ou outras estratégias de aprendizagem ainda mais personalizadas. E se o problema for comportamental? A ajuda psicológica de um profissional poderá ser bem-vinda, principalmente se vir de dentro da escola, sendo conduzida por um psicopedagogo.

# 5 | Bom relacionamento com a família é fundamental

Mais um critério importante é a comunicação da escola com os pais, as mães e os responsáveis. Como é essa rotina de relacionamento? Além de reuniões, a instituição mantém outras formas de comunicação como e-mails informativos, palestras de orientação, eventos específicos on-line e presenciais? Há disposição sempre para atender às famílias quando necessário? Como a família pode acompanhar mais de perto a vida escolar dos estudantes? O tradicional boletim não é a única opção de comunicação. A Geekie, por exemplo, oferece às escolas parceiras uma ferramenta chamada relatório de desempenho acadêmico. É um conteúdo personalizado, que mostra semanalmente o porcentual de engajamento e de desempenho do aluno de forma geral e em cada uma das disciplinas. Com ele, é possível visualizar a participação e a evolução dos estudantes nas atividades em aula e nas tarefas de casa enviadas pelos professores. Assim, o relatório é uma boa forma para a família acompanhar mais de perto o processo de aprendizagem de crianças e adolescentes.

# 6 | Espaço físico, infraestrutura, segurança e localização

A escola é perto da casa da família? A localização não deve ser um critério determinante, mas pode contar, principalmente, se a família reside em uma grande metrópole, que tem trânsito complicado. Se o colégio ideal ficar muito longe da casa, e o estudante levar horas para ir e voltar, isso pode gerar cansaço e estresse – e menos energia para os estudos. Um outro detalhe importante é verificar se a escola tem cuidados com a segurança dos alunos como controle do acesso de estranhos. Também deve ser considerado o atendimento em casos de emergência. O espaço físico e as instalações devem ser observados atentamente. Pais e responsáveis devem verificar se são apropriados para a prática de atividades esportivas e de lazer. As salas de aula precisam ser confortáveis, arejadas, com boa luminosidade e acústica. E atenção: os ambientes devem ser sempre limpos e organizados. Visite a biblioteca e observe se há salas específicas para incentivo à leitura. E fique de olho em todos os recursos tecnológicos.

# 7 | Preço dentro do orçamento familiar

A escola dos sonhos nem sempre é a mais cara. A família deve pesquisar preços das instituições de ensino que se enquadram nos critérios anteriores. E eleger o melhor custo-benefício. Uma dica é fazer um planejamento, checando o investimento necessário para arcar com aproximadamente 15 anos de estudo (pré-escola, ensino fundamental e médio). É essencial lembrar-se de que, além da matrícula e da mensalidade, há gastos com material escolar, atividades extras, excursões, lanches e outros.

SOBRE A GEEKIE |Referência em educação com apoio de inovação no Brasil e no mundo, a Geekie foi fundada em 2011 – pelos empreendedores Claudio Sassaki e Eduardo Bontempo – com a missão de transformar a educação do país. Em uma década, a empresa tem desenvolvido soluções inovadoras que potencializam a aprendizagem. Com foco no Ensino Básico, a edtech alia tecnologia de ponta a metodologias pedagógicas inovadoras. Única plataforma brasileira de ensino adaptativo credenciada pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) para o Guia de Tecnologias Educacionais – que identifica soluções tecnológicas capazes de melhorar a qualidade do ensino brasileiro –, em sua trajetória a Geekie alcançou mais de cinco mil escolas públicas e privadas de todo o país, impactando cerca de 12 milhões de estudantes.

Entre as certificações mais relevantes, a empresa destaca: WISE 2016 (Qatar Foundation), TOP Educação (Revista Educação, categoria software educacional mais lembrado do mercado), Empreendedor Social Brasil (Folha de S. Paulo e Fundação Schwab), Empreendedor Social Mundial (Fundação Schwab), Trip Transformadores e Empresas Mais Conscientes (Revista IstoÉ). A Geekie já contou com aporte de investidores de tradição na área educacional como Arco Educação, família Gradin (por meio do fundo Virtuose), Fundação Lemann, Jorge Paulo Lemann (por meio do Fundo Gera), além dos fundos, o norte-americano Omidyar Network e o japonês Mitsui & Co.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo