Brasil,

Com a pandemia, investir em tecnologia se tornou questão de sobrevivência para as escolas

Garantir o acesso às novas tecnologias, para professores e alunos, e às plataformas seguras se tornaram tarefas obrigatória dentro das instituições de ensino

Há um ano o modelo de ensino foi completamente transformado por causa da pandemia de Covid-19. Milhões de crianças em todo o mundo passaram a acompanhar as aulas de casa, pelo computador, tablet, celular e outros equipamentos. O ensino remoto, que até então só era permitido para os níveis superiores, passou a ser aceito para os estudantes da educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, como uma forma de manter o aprendizado e a conexão entre o estudante e a comunidade acadêmica.

A tela do computador tomou o lugar do quadro negro, a escrivaninha foi adaptada para se transformar em carteira escolar e o recreio se transformou num bate-papo virtual entre velhos conhecidos de pouca idade. A situação que, aparentemente, duraria apenas alguns poucos meses acabou se estendendo e as adaptações que provocou já são consideradas alguns dos legados da pandemia.

Por outro lado, esse cenário obrigou as instituições de ensino a se reinventarem às pressas para poder dar continuidade ao projeto educativo. O empresário Frederico Stockchneider, diretor de tecnologia na InfoWorker Tecnologia e Treinamento, analisa que, se inicialmente as coisas aconteceram de forma meio improvisada, sem que as escolas soubessem o cenário que estava por vir, agora já está mais do que claro que o investimento em novas plataformas é uma necessidade no mundo pós-pandemia. “O ensino híbrido já é uma realidade e ele veio para ficar. Mas quando se fala em tecnologia em sala de aula, há muito mais para ser explorado. Só que isso exige investimentos em infraestrutura e na qualificação das equipes”, pontua.

Stockchneider, que atua com a implantação de softwares de gestão e soluções da Microsoft para diversos tipos de empresas e segmentos, conta que a demanda no setor de educação cresceu 340% em 2020, no comparativo com o ano anterior. Ele destaca quatro grandes desafios nas escolas: falta de estrutura técnica (rede, computadores, wi-fi); capacitação profissional e tecnológica; desigualdades sociais mesmo nas instituições privadas de ensino e o preconceito no uso das novas tecnologias na educação.

O empresário alerta que não basta apenas investir em conectividade, plataformas e redes. É necessário investir na parte de segurança da informação para evitar que alunos e professores e toda a comunidade acadêmica sejam alvos de ataques hackers. “Além disso, é fundamental garantir a segurança dos dados armazenados pela instituição”, enfatiza.

Frederico Stockchneider

Frederico Stockchneider é empresário, diretor de tecnologia na InfoWorker Tecnologia e Treinamento. Graduado em Sistemas da Informação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e MBA em Gestão Estratégica de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Responsável pela gestão e consultoria de projetos e soluções tecnológicas para diversos segmentos nas áreas pública e privada.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo