Brasil,

Desafio Jurídico do Mackenzie Brasília coloca estudantes de Direito em simulação incomum na Academia

Alunos do curso de Direito da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília trabalharão em grupos elaborando soluções e respostas para questões relacionadas a um evento real do mundo jurídico

O Desafio Jurídico 2020, organizado pela Coordenação do curso de Direito daFaculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília (FPMB), proporá aos estudantes um trabalho diferente e inédito, de 3 a 6 de novembro. Os graduandos, divididos por equipes, correrão contra o tempo construindo as melhores alternativas e resoluções para conflitos envolvendo um evento real relacionado à Mistanásia - conhecida como "morte miserável", que ocorre por omissão, negligência, incompetência ou insuficiência na assistência à saúde, em função da falta de atenção do Estado.

Os integrantes das equipes trabalharão provando habilidades com a linguagem jurídica e com o desenvolvimento de uma boa fundamentação. A primeira missão será a de responder a três questões sobre o caso principal - etapa que acompanhará todos os dias do evento. Concomitantemente, serão testados em casos adjacentes, conectados ao caso central e problematizados, especificamente, por cada um dos Componentes Curriculares estudados ao longo do curso.

Tudo ocorrerá em uma grande simulação, que tem como espelho as bancas organizadas por renomados escritórios de advocacia. A ideia é aproximar ainda mais os futuros operadores do Direito da prática profissional, fortalecendo o vínculo entre a sala de aula e o mercado, preconizado pelo Mackenzie Brasília.

"É um evento que busca preparar os alunos para o contexto do século 21, onde soluções prontas ou óbvias não são mais viáveis. A necessidade diária de se reconstruir será um imperativo para o futuro operador do Direito, e o Mackenzie abrirá essa oportunidade ao aluno, por intermédio de metodologias ativas de aprendizagem", explicou o coordenador do curso de Direito da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília, Professor Dr. Mac Cartaxo.

"Neste sentido, os alunos serão desafiados a encontrar respostas e soluções para casos envolvendo situações jurídicas reais, demonstrando seus conhecimentos, suas habilidades e suas atitudes em relação aos grupos de estudo e aos demais participantes do desafio", acrescentou. De acordo com o professor, será como um evento de simulação da Organização das Nações Unidas, "em que os grupos trabalham em salas distintas e depois apresentam as construções para todos os participantes".

Rotina de trabalho

Os Mackenzistas trabalharão, ainda no modelo remoto, lidando com as questões e problemáticas propostas. As reuniões das equipes ocorrerão pela plataforma Google Meets, em dois horários, um no turno matutino e outro no turno vespertino.

Cada grupo receberá, diariamente, um caso específico, e devidamente desenhado por pelo menos dois Componentes Curriculares estudados, para leitura, análise e resolução. Os estudantes precisarão consultar a legislação e a doutrina de cada Componente para iniciar um debate interno em busca de desfechos, sempre observando as jurisprudências.

A apresentação das respostas ocorrerá, todos os dias, a partir das 10h, pela manhã e a partir das 21h, pela noite. As bancas serão formadas pelos professores e pela Coordenação do curso de Direito.

Apresentação dos casos diários

Direito Empresarial, Filosofia do Direito e Antropologia Jurídica são os Componentes que estarão presentes no caso do primeiro dia (03 de novembro), apresentado pelos professores Rodolfo Tamanaha e Evandro Soares. No dia seguinte (04 de novembro), as professoras Soraia Mendes e Eneida Taquary entregam caso correlacionado aos Componentes Teoria da Norma e do Crime e Crime em Espécie I.

Os professores Evandro Soares e Suzana Viegas estarão à frente do terceiro dia (05 de novembro), que terá como foco o Direito Civil (Parte Geral) e o Direito Contratual. O Coordenador Mac Cartaxo, que também é professor do curso, participa das três primeiras datas, avaliando os grupos, junto com os professores de Direito Wellington Pinto e Julia Ximenes, coordenadora de Pós-Graduação do Mackenzie Brasília.

A Teoria da Constituição e a Jurisdição Constitucional orientam o caso da última agenda do evento (06 de novembro), que será proposto pelos professores André Mendonça, Tércio Tokano e Fabiano Tesolin.

Sobre a Faculdade Presbiteriana Mackenzie

A Faculdade Presbiteriana Mackenzie é uma instituição de ensino confessional presbiteriana, filantrópica e de perfil comunitário, que se dedica às ciências divinas, humanas e de saúde. A instituição é comprometida com a formação de profissionais competentes e com a produção, disseminação e aplicação do conhecimento, inserida na sociedade para atender suas necessidades e anseios, e de acordo com princípios cristãos. O Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM) é a entidade mantenedora e responsável pela gestão administrativa dos campi em três cidades do País: Brasília (DF), Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ). As Presbiterianas Mackenzie têm missão educadora, de cultura empreendedora e inovadora. Entre seus diferenciais estão os cursos de Medicina (Curitiba); Administração, Ciências Econômicas, Contábeis, Direito (Brasília e Rio); e Engenharia Civil (Brasília). Em 2021, serão comemorados os 150 anos da instituição no Brasil. Ao longo deste período, a instituição manteve-se fiel aos valores confessionais vinculados à sua origem na Igreja Presbiteriana do Brasil.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo