Brasil,

Ensino online ou presencial? Saiba a opinião de pais, alunos e professores sobre o tema

Experiências nos trazem aprendizados sobre o "novo normal"

Com a suspensão das aulas devido à pandemia da COVID-19, muitas escolas passaram a oferecer suas aulas de maneira online. O que causou estranheza e foi difícil para muitos pais e alunos, virou preferência e motivo de elogios para outros. A mesma coisa aconteceu com as escolas, algumas tiveram mais dificuldades, já para outras foi um pouco mais fácil.

A SuperGeeks, primeira escola de programação e robótica para crianças e adolescentes do país, por exemplo, passou a oferecer seus cursos através da plataforma EAD SuperGeeks Live. Todos os alunos das mais de 60 unidades da rede puderam continuar seus cursos, além de terem acesso a diversos conteúdos extras. A rede não teve tanta dificuldade de implementar o EAD, uma vez que já tem experiência no ensino digital, pois conta com modelo de ensino híbrido (blended learning), que agrega os benefícios do ensino digital ao presencial, mesclando o modo online e offline.

“Mais de 3 mil alunos continuaram seus cursos na rede de maneira online e a maioria deles além de nos parabenizar, até preferiu essa opção. Já outros gostaram, mas ainda querem o presencial. O EAD durante a pandemia foi possível também pela experiência que adquirimos com o ensino híbrido”, explica Marco Giroto, fundador da SuperGeeks.

Ministradas em formato de live – ao vivo, ou seja, as aulas à distância permitem que os alunos interagem entre si e com os instrutores em tempo real, via internet. Instrutores da escola e monitores também estão a postos para ajudar os alunos em modo privado em caso de suporte pontual. Além disto, a SuperGeeks disponibiliza oficinas EAD ao vivo, gratuitas, com diversas finalidades como criação de games, desenvolvimento de aplicativos, realidade aumentada, inteligência artificial, entre outras.

“A SuperGeeks está de parabéns! Além de todo apoio no Whatsapp, o que sabemos que não é fácil para a escola ficar respondendo todos os dias, eu chego às vezes a noite em casa e minha filha está enviando vídeos para a escola, vejo um entrosamento muito grande do professor com as crianças, muitas vezes minha filha assiste mais de uma vez a aula gravada, o que acho que é muito bacana. Poder voltar e assistir novamente uma aula serve até mesmo de inspiração para minha filha se basear na didática dos professores. Também sou professor, mas de educação física, e sei o quanto é difícil trabalhar com criança no presencial, quem dirá no online, então eu só agradeço”, conta Eduardo José Gomes Tavares, pai da aluna Érica Garcia Tavares, de 09 anos, que está na fase 03 do curso Programação de Games, da unidade da SuperGeeks em Sorocaba em São Paulo (SP).

Ítalo Barros Pereira, professor da Érica, conta que como profissional, nunca passou por um momento tão desafiador. “Dou aula há sete anos e nunca passei por tempos de tanta insegurança como esse e sempre fica aquela dúvida, será que estou fazendo certo, será que eles estão entendendo, a questão do aprendizado, deles estarem conseguindo desenvolver o que é necessário e, principalmente, se estão gostando. Fico muito feliz em saber que está dando certo.”, conta.

Para Christiane Guimarães Beserra, mãe do Matheus, de apenas 14 anos e que cursa games na SuperGeeks de Sorocaba/Itu, as aulas online são espetaculares. “Desde o começo eu vi a dificuldade que a escola dele teve em se adequar com as aulas online, não foi nada fácil. Já com a SuperGeeks foi um arraso, eles deram um show desde o começo. Não me senti prejudicada em nenhum momento vendo meu filho ter aulas online, ele está se empenhando, nós o apoiamos e estimulamos, ele não vai deixar de continuar o curso só porque é online”, explica.

“Eles poderiam ter optado por fechar a escola o ano inteiro, mas foi uma escolha certa de continuar as aulas no online. Quero reforçar que a SuperGeeks está de parabéns, o professor foi 10, a maneira como ele conduziu as aulas online, os playlists, as palestras”, diz Cecy Yara Tricca de Oliveira, mãe do Lion de Oliveira Tonon, de 9 anos, atualmente na fase 1 de Programação de Games da SuperGeeks de Sorocaba/Itu.

Fernanda Piva, mãe do Nicolas Piva Sewaibryke de Medeiros, que está cursando Level 1, na SuperGeeks de Sorocaba/Itu, explica que seu filho ficou bastante interessado nas aulas, o que não ocorreu com a escola tradicional dele. “Nossa experiência foi muito positiva. Tive até uma surpresa, pois as aulas online da escola dele são horríveis e não prendem a atenção dele, já com a SuperGeeks foi diferente, ele se atenta aos horários das aulas, presta atenção. Quero agradecer todo carinho com o meu filho. Prender a atenção de cada aluno, chamando-os pelo nome durante as Lives é muito importante para prender o aluno”.

Já opiniões distintas de pais e alunos que preferem o presencial ao online também ocorrem, isso porque cada aluno tem um perfil. “Eu acho que o online não substitui o presencial, mas eu percebo a dedicação dos professores, fico feliz com os puxões de orelha, pois eu acho necessário, quero sempre ter esse diálogo com a escola, deles me darem retorno sobre o desempenho da minha filha, pois eu não tenho muito tempo para isso”, relata Maria Analia M. Caetano de Lima Barbosa, mãe da Isabela Maria Caetano Barbosa, que está na Fase 5 do curso de Programação de Games, da SuperGeeks de Sorocaba/Itu.

“Meu filho fez aulas online no período da manhã e mesmo com os esforços da escola e da professora, eu percebi que ele estava um pouco entediado. Ele fez uma aula demonstrativa online aqui na SuperGeeks, na qual ele gostou muito, porém eu não queria na época sobrecarregá-lo muito com mais aulas online. Com a permissão da abertura da escola, ele fez uma aula demonstrativa presencial com alguns amiguinhos e todos eles adoraram, tanto a aula como o reencontro que tiveram agora com a retomada nas atividades”, conta Jeferson Kaneto, pai do aluno Gustavo Kaneto de 9 anos, da unidade da SuperGeeks em São Caetano do Sul (SP).

Independente da escolha, é importante que a escola esteja sempre preparada.

Cada unidade da SuperGeeks está retomando as atividades de acordo com o cronograma de cada município. A rede está seguindo todo o protocolo de orientações para retorno, considerando as recomendações da área da saúde.

Sobre a SuperGeeks

Fundada em 2014, a SuperGeeks é a primeira escola de Programação e Robótica para crianças e adolescentes do Brasil. Com mais de 5 mil alunos matriculados, a rede atende crianças entre 05 e 17 anos que fazem cursos para aprender Ciência da Computação, a partir do desenvolvimento de games, do conhecimento em Robótica, Realidade Virtual e Aumentada, Inteligência Artificial e também por meio da criação de aplicativos e sistemas web, incluindo questões de redes de computadores e servidores.

A rede oferece diversos tipos de cursos: Regulares (Ciência da Computação, Robótica ou SuperKids – semestrais/anuais), Profissionalizante (MasterGeeks), Extras (Youtuber, Programação em Roblox ou Programação no Minecraft – bimestrais) e QuickCodes (Criando Games 2D ou Robótica com Arduíno – mensais).


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo