Brasil,

17 DE MAIO – DIA MUNDIAL DA RECICLAGEM - Termotécnica firma parceria com startup A Riqueza dos Resíduos para ampliar volume de reciclagem de EPS de embalagens pós-consumo

Iniciativa contribui para a inclusão sócio-produtiva e o incremento da renda e a valorização de recicladores e catadores

Maior fabricante de soluções de embalagens de EPS e uma das principais recicladoras do material no país, a Termotécnica tem uma demanda maior do que a atual produção para fornecimento do REPOR, matéria-prima desenvolvida pela companhia de origem proveniente de EPS pós-consumo reciclado. No entanto, a logística reversa do EPS - mais conhecido como isopor* -, para fazer chegar o material até as suas unidades de reciclagem ainda é um desafio. Para ampliar o volume de captação do EPS a ser reciclado, a Termotécnica iniciou uma parceria com a startup de soluções socioambientais A Riqueza dos Resíduos, de Curitiba (PR).

Com uma proposta inovadora de gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos, a startup busca ser o elo da logística reversa de materiais recicláveis e realizar a inclusão sócio-produtiva de catadores e recicladores. Na parceria com a Termotécnica, a startup realiza o conceito de carga digital. Ou seja, os caminhões de coleta passam nesses locais de reciclagem em um roteiro pré-definido formando uma carga completa para ser entregue nas unidades da Termotécnica em São José dos Pinhais (PR) e em Joinville (SC).

Atualmente são 7 associações e cooperativas de recicladores que fazem parte da rede da startup da região metropolitana de Curitiba, mas a meta para atender a demanda da Termotécnica é aumentar esse número para cerca de 40 centros de triagem em todo o estado do Paraná. “Somos a conexão entre recicladores e as indústrias que compram os materiais pós-consumo, facilitando o acesso e otimização da rotina diária pela busca de recicláveis”, afirma a fundadora e CEO da startup, Tatiane Martins Soares.

De acordo com Albano Schmidt, presidente da Termotécnica, desde 2007 a empresa vem buscando ampliar a cobertura do seu Programa Reciclar EPS no país, com uma rede de parceiros como cooperativas e associações de recicladores, prefeituras, entre outras, de forma a reforçar a conscientização para a destinação correta, reciclagem e reintrodução do EPS pós-consumo na cadeia produtiva, realizando a economia circular na prática. “Sendo a única fonte de renda de recicladores autônomos e associações de catadores de baixa renda, com esse trabalho aumentamos a demanda, valorizamos e ampliamos os ganhos destas famílias”, afirma.

A startup A Riqueza dos Resíduos também está implantando ecopontos em escolas municipais de Curitiba, Pinhais, São José dos Pinhais e Colombo e fazendo um trabalho de capacitação de professores e equipe de limpeza e de conscientização dos alunos para a reciclagem do EPS. “Com isso, uma parte do valor que a Termotécnica paga pela compra das cargas recolhidas nas recicladoras é revertida para as Associações de Pais e Mestres destas escolas em forma de cashback. Esses recursos são reinvestidos em atividades de Educação Ambiental dos alunos”, conta Tatiane.

Tatiane, da startup A Riqueza dos Resíduos, em capacitação para reciclagem para alunos do Colégio Estadual Leôncio Correia - Bacacheri/Curitiba (PR).

Termotécnica é responsável por reciclagem de 1/3 do EPS pós-consumo no país

As embalagens em EPS estão cada vez mais presentes no dia a dia das pessoas e das empresas. O material é amplamente utilizado no acondicionamento, conservação, transporte e proteção de alimentos, medicamentos e vacinas, eletrodomésticos, peças diversas e itens frágeis. Por ser um tipo de plástico, ele pode ser 100% reciclado e virar novos produtos, evitando que essa matéria-prima vá para um aterro.

O Programa Reciclar EPS da Termotécnica tem conquistado reconhecimentos nacionais e internacionais pelos resultados consistentes ao longo de quase duas décadas. O mais recente foi o Prêmio Plástico Sul de Sustentabilidade & Inovação. A companhia também foi considerada uma das empresas mais sustentáveis do país no Guia Exame de Sustentabilidade e foi reconhecida no 26º Prêmio FIESP de Mérito Ambiental, com menção honrosa na categoria médias e grandes empresas, com o case “Reciclar EPS – da logística reversa a novos produtos”.

A Termotécnica tem uma trajetória pioneira em logística reversa e economia circular ao estruturar uma rede de parceiros e investir na reciclagem do EPS pós-consumo, transformando um material antes rejeitado nas coletas seletivas em um insumo reciclado valorizado no mercado. Antecipando-se à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), desde 2007 a Termotécnica coleta, recicla e reintroduz o material pós-consumo no mercado.

Esta ação visionária é resultado de parcerias, pesquisa, dedicação, investimentos para a busca de soluções sustentáveis, que tem demonstrado para a sociedade que o EPS é 100% reciclável e deve ser reaproveitado. Ao quebrar paradigmas, além de reforçar seu compromisso ambiental, a empresa valoriza o insumo dando destinos mais nobres que o aterro, mantendo-o em seu mais alto nível de utilidade.

O Programa Reciclar EPS contempla serviços de logística reversa e reciclagem, ampliando o ciclo de vida dos materiais, evitando a exploração de novos recursos finitos e contribuindo para circularidade do material e preservação do meio ambiente. A reciclagem do EPS gera uma nova matéria-prima, denominada Repor® - marca de poliestireno reciclado da Termotécnica -, utilizado na fabricação de rodapés, molduras, solados de sapatos, decks para piscinas, entre outros produtos.

Essa prática de economia circular permeia a gestão integrada da Termotécnica, que começa no desenvolvimento do produto, e a cada ano vem se fortalecendo com o Programa Reciclar EPS. “Nossa abordagem ambiental traz a economia circular na prática. Inclui uma visão integrada desde a concepção de produtos, eficiência operacional, passando por logística reversa, reciclagem e indo até novas cadeias produtivas, fechando o ciclo da economia circular. Pensando na cadeia logística como um todo, o Programa Reciclar EPS atende às exigências por uma atuação responsável das empresas em termos de sustentabilidade”, afirma o presidente, Albano Schmidt.

O programa reciclar EPS é responsável pela reciclagem de 1/3 do EPS disponível no mercado. Em 2021, já são mais de 44 mil toneladas de EPS recicladas. Mais de 300 cooperativas no país são parceiras do programa, captando e selecionando EPS. Internamente, a empresa conta com cerca de 100 funcionários diretos atuando no reprocessamento deste material. Esse processo ajuda a gerar renda para aproximadamente 5.000 famílias.

Com este programa a Termotécnica agrega clientes, varejistas, concorrentes, fornecedores, importadores, cooperativas e consumidores para realizar de forma integral uma logística reversa das embalagens pós-consumo. Para divulgar o programa, a Termotécnica realiza ações de conscientização, como palestras e exposições em eventos, mantém o portal www.reciclareps.com.br informando pontos de coleta do material e desenvolve parcerias com cidades interessadas em reduzir o lixo em aterros.

Entre os desafios da Termotécnica para 2021/2022 em relação ao pilar Economia Circular na Prática descritos no seu Relatório de Sustentabilidade 2019/2020 estão:

· Desenvolver novas parcerias para aumentar a captação de EPS pós-consumo

· Continuar participando dos ambientes associativistas e de redes para a sustentabilidade

*Isopor é marca registrada de terceiro


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo