Brasil,

Canal Angelini mostra as religiões nos enredos de escolas de samba

Vamos falar de carnaval sob outro ponto de vista? Religiões de matriz africana sempre foram exploradas nos samba enredos. O Canal Angelini traz o carnavalesco Sidnei França para explicar como a religião está ligada ao carnaval, a festa pagã símbolo do Brasil.

Professor de História, Pós-graduado em História da arte, diretor artístico e carnavalesco premiado, Sidnei França diz que o carnaval vem das procissões, o samba e as escolas de samba introduziram ícones da sociedade e das religiões, em especial na dança das senzalas e mestre sala e porta bandeira, elementos da realeza.

“Desde sempre as religiões estão ligadas aos sambas enredos, no ritmo, na forma e no conteúdo. Em 1989, Joãozinho Trinta negociou com a Igreja Católica o uso de ícones- como imagem do Cristo Redentor – para justificar a temática da compaixão. Negado o uso da imagem, cobriu-se a alegoria com sacos de lixo e o impacto foi muito maior. As escolas de samba passaram a ser porta-vozes de mazelas sociais e uma mensagem de reflexão sobre as religiões. Um exemplo é meu trabalho. Em 2014, fiz um carnaval sobre a fé (Andar com fé eu vou) e a comunidade judaica participou ativamente. Em 2017, tive autorização da Igreja Católica para levar o tema de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. Os desenhos de fantasias e das alas foram submetidos à Cúria e tudo foi muito harmonioso. Foi pedido que não tivesse apelo político, sincretismo religioso ou nudez. Foi uma parceria de sucesso, com regras bem estabelecidas. Em 2022 vou mostrar a história de Oxalá, o Orixá da Paz para o candomblé”, explicou Sidnei França.

A entrevista com o carnavalesco vai mostrar que escola de samba é uma apresentação artística repleta de regras e que os enredos, muitas vezes, estão ligados com a religiosidade.

O programa “As escolas de samba e a religiosidade” com o carnavalesco Sidnei França estreia dia 24 de fevereiro no Canal Angelini no Youtube e no Spotify.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo