Brasil,

Abral lança guia com dicas sobre comunicação responsável de produtos e serviços por influenciadores digitais

Material é destinado a todos envolvidos na comercialização e divulgação de produtos e serviços destinados à criança e visa esclarecer dúvidas e garantir segurança jurídica às empresas

A Associação Brasileira de Licenciamento de Marcas e Personagens (Abral) lança hoje o Guia Publicidade Responsável com Influenciadores Digitais. O objetivo é orientar sobre a forma responsável de comunicar, inspirado no Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (CBAP) e no Guia de Publicidade para Influenciadores Digitais, recentemente publicado pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). O material orientativo é destinado principalmente às empresas, sejam licenciadas ou não, fornecedores, agências e todos os envolvidos na comercialização e divulgação de produtos e serviços destinados à criança. Segundo pesquisa recente da The Insights Family, quase 50% dos pais com menos de 25 anos revelaram que celebridades e influenciadores digitais influenciam suas decisões de compra. Enquanto que os pais com mais de 25 anos levam mais em consideração a recomendação de família e amigos.

De rápida leitura, o material está dividido em três temas: Publicidade por Influenciador Digital, Mensagens Ativadas, brindes ou recebidos e Exemplos Práticos. Os dois primeiros trazem as principais recomendações para o influenciador e as hashtags indicadas em cada um dos casos. “As plataformas digitais precisam dessa atenção e regramento. O nosso guia é uma ótima referência para esclarecer as dúvidas mais elementares que estão no nosso dia a dia”, diz Marici Ferreira, presidente da Abral.

O Brasil possui atualmente possui 22 normas que restringem a publicidade de produtos e serviços destinados à criança, mais do que o Reino Unido, com 16 normas, e que os Estados Unidos, com 15, por exemplo. Além disso, a regulamentação existente hoje e presente tanto na Constituição Federal como no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), no Código de Defesa do Consumidor (CDC) e no Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (Conar), traz instrumentos suficientes para garantir as boas práticas nessa comunicação.

A iniciativa vem se somar a uma série de ações realizadas pela Abral, destinadas a seus associados e ao mercado em geral, no sentido de tornar cada vez mais conhecidas e respeitadas as regras que garantem a segurança jurídica na comunicação de produtos e serviços destinados às famílias com crianças, evitando qualquer tipo de abuso. Outra iniciativa sobre o mesmo tema é o guia Comunicação Responsável de Produtos e Serviços Para Criança, lançado em 2019. O material reúne detalhes sobre as regras vigentes no Brasil em relação a este formato de comunicação, abordando o que é permitido e o que é proibido pela legislação.

Mais uma iniciativa nessa agenda educacional ocorrerá em outubro, com a Maratona do Licenciamento, uma sequência de três dias destinados a 12 temas críticos para o setor. O evento abordará o funcionamento do licenciamento, a importância da publicidade responsável (contendo o tema “influenciadores”) e mapeamento de nichos, e como a indústria de brinquedos trabalha o licenciamento de marcas e personagens. “Essa agenda foi construída a partir de dúvidas de associados e não associados que interagiram com a Abral neste ano. Os palestrantes são os melhores do mercado para falar sobre cada um dos temas”, explica a presidente da Abral.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo