Brasil,

A descoberta do Hotspot do Mar Mediterrâneo pode transformar nossa compreensão das mudanças climáticas

A descoberta do Hotspot do Mar Mediterrâneo pode transformar nossa compreensão das mudanças climáticas

“Achamos que as grandes explorações da Terra já passaram. Surpreendentemente, isso não é verdade para os oceanos do nosso planeta. Você pode dizer que ainda nem começamos a arranhar a superfície.

Este artigo convidado, escrito pelo famoso jornalista Jacob Kamaras, discute a descoberta de um surpreendente "hotspot de vida e biodiversidade em alto mar" na costa de Israel, no Mediterrâneo oriental, que é "um dos ambientes mais extremos da Terra". As implicações aqui para a compreensão das origens da vida e para a transformação de nossa compreensão da mudança climática deixaram os cientistas marinhos extremamente entusiasmados.

Uma das instituições colaboradoras essenciais, a inovadora Escola de Ciências Marinhas Leon H. Charney da Universidade de Haifa, também está envolvida em outro projeto: decifrar a comunicação do cachalote. Imagine ser capaz de se comunicar com as baleias em seus próprios termos!”.

—Postagem de convidado do jornalista Jacob Kamaras

Uma descoberta em alto mar sem precedentes no Mediterrâneo oriental pode ter implicações transformadoras para a compreensão da comunidade científica das mudanças climáticas, sustentabilidade global e funções vitais essenciais.

Uma expedição recente ao largo da costa de Israel que fazia parte de uma colaboração de longo prazo entre a Escola de Ciências Marinhas Leon H. Charney da Universidade de Haifa, a Pesquisa Oceanográfica e Limnológica de Israel, a Universidade Ben-Gurion de Negev e o Instituto Interuniversitário de A Marine Research descobriu o que os pesquisadores descreveram como um paraíso biologicamente diverso, incluindo uma rica teia alimentar baseada em metano, centenas de tubarões de águas profundas e a maior concentração de ovos de tubarão já encontrada.

“Acreditamos que esta descoberta de um hotspot de vida e biodiversidade em alto mar até então desconhecido pode ser crucial para a sustentabilidade e resiliência do ecossistema marinho regional do Mar Mediterrâneo oriental, por sua vez impactando a sustentabilidade global”, disse o Dr. Charney School's Yizhaq Makovsky, um dos principais pesquisadores da iniciativa.

Esta descoberta aproveita as capacidades tecnológicas modernas e inovadoras que foram desenvolvidas ao longo da última década na Escola Charney da Universidade de Haifa. Estes são voltados, em linha com a visão acadêmica da Universidade, para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, enfrentando as mudanças climáticas e trabalhando para preservar nossos oceanos.

Makovsky explicou que o habitat recém-descoberto na costa de Israel é sustentado por organismos que produzem energia vital por meio da oxidação de metano em sulfeto, em vez da fotossíntese que sustenta a vida na superfície da Terra. Este é “um dos ambientes extremos da Terra”, com condições que podem simular o ambiente primordial em que a própria vida se formou.

“Compreender a funcionalidade deste ambiente pode nos ajudar a entender as funções básicas da vida, sua capacidade de transectar crises e vida potencial em ambientes extraterrestres”, disse ele.

A investigação da funcionalidade deste habitat "nos permitirá avaliar os efeitos potenciais do aquecimento global na funcionalidade ecológica", acrescentou Makovsky. Na verdade, o leste do Mar Mediterrâneo já era considerado um hotspot de mudanças climáticas.

“O mar profundo é o capacitor climático da Terra, mitigando mudanças de curto prazo”, disse Makovsky. “Uma vez que o impacto das mudanças sinóticas da superfície migra para o fundo do mar, todo o clima da Terra muda. O leste do Mar Mediterrâneo experimentou várias mudanças climáticas e antropogênicas em diferentes escalas de tempo. Investigar os registros geológicos e ambientais ocultos neste hotspot fornecerá um registro de alta resolução do impacto das mudanças no mar profundo, que é essencial para a compreensão das mudanças climáticas em escalas locais e globais.”

Uma abordagem interdisciplinar pioneira

A descoberta do hotspot marca a mais recente iniciativa inovadora da Charney School, cuja abordagem interdisciplinar transformou o estudo das ciências marinhas em Israel e no Oriente Médio.

Em vez de se concentrar em uma área restrita de pesquisa, a Charney School possui quatro departamentos acadêmicos: Civilizações Marítimas, Geociências Marinhas, Biologia Marinha e Tecnologias Marinhas.

“Cientistas marinhos em universidades israelenses tradicionalmente trabalharam em departamentos diferentes. Com a fundação da Charney School na Universidade de Haifa, cientistas marinhos especializados em perspectivas variadas se unem para sinergizar as pesquisas uns dos outros ”, disse a diretora da Charney School, Professora Ilana Berman-Frank.

A abordagem da Escola Charney oferece oportunidades para pesquisas interdisciplinares que podem abordar de forma holística os aspectos passados, presentes e futuros do Mar Mediterrâneo - e para a população israelense, o Mediterrâneo é crucial. Embora nos últimos anos esse corpo de água tenha atraído mais atenção para o fornecimento de energia de Israel por meio de reservas offshore de gás natural, hoje é a fonte de mais de 60% da água potável do país por meio da dessalinização da água do mar.

O sonho: compreender a comunicação das baleias “nos seus termos”

A Charney School está participando do Projeto CETI (Cetacean Translation Initiative), um projeto TED Audacious e iniciativa de comunicação interespécies que está aplicando aprendizado de máquina avançado e robótica suave para ouvir e traduzir a comunicação das baleias. O projeto está demonstrando que a colaboração interdisciplinar e global, apoiada em tecnologias de ponta, pode ser utilizada para beneficiar não só a humanidade, mas também outras espécies do planeta.

Em abril, a University of Haifa juntou forças com outras instituições de prestígio, como a City University of New York, a Harvard University, o Massachusetts Institute of Technology (MIT), o Imperial College London e o U.C. Berkeley no anúncio do CETI. O projeto multidisciplinar combina conhecimentos de vários campos diferentes de estudo, incluindo biologia marinha, acústica marinha, inteligência artificial e linguística. Os pesquisadores estão aproveitando o aprendizado de máquina de última geração e a robótica não invasiva para ouvir e traduzir a linguagem dos cachalotes e até mesmo tentar responder às criaturas majestosas.

“O sonho seria se pudéssemos nos comunicar com as baleias, em seus termos”, disse o professor Dan Tchernov da Charney School, um dos três pesquisadores da Universidade de Haifa que estão participando do CETI.

O professor Ron Robin, presidente da Universidade de Haifa, disse que o CETI ilustra a capacidade única da Charney School de fazer parceria com programas de ciências marinhas líderes mundiais. “A participação de três pesquisadores da Universidade de Haifa neste prestigioso projeto de pesquisa ao lado dos principais cientistas do mundo”, disse ele, “atesta o extenso trabalho que está sendo feito na Universidade e na Escola de Ciências Marinhas, em particular”.

—Jacob Kamaras, é o editor-chefe do San Diego Jewish World e ex-editor-chefe do Jewish News Syndicate. O Sr. Kamaras é especialista em reportagens sobre Israel e o Oriente Médio.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo