Brasil,

Entrada de grandes empresas no Sul fortalece galpões logísticos e impulsiona last mile na região

Entrada de grandes empresas no Sul fortalece galpões logísticos e impulsiona last mile na região

Vacância nos três estados do Sul é baixa; empresas de varejo que ainda não atuam online precisarão correr

A transformação do varejo e a adesão dos consumidores brasileiros pelo e-commerce têm impulsionado as locações de galpões logísticos fora do eixo Rio-São Paulo, principal filão das operações. Na corrida para entregar mais rápido e em outros lugares do país por meio do last-mile (última milha), grandes empresas, como Mercado Livre, Amazon e Madeira Madeira, aportam suas operações na Região Sul e apostam em condomínios logísticos estruturados e estratégicos para atender a demanda do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com levantamento da Sempre Soluções Imobiliárias, a vacância nos três estados está baixa. Em Santa Catarina, não há opções de locação na Grande Florianópolis e o mesmo ocorre na região de Itajaí, com estoque zerado. As poucas vagas aparecem em Curitiba e Porto Alegre (esta última com apenas 4,855), mas já com pré-locações para o fim do ano.

“Houve um crescimento expressivo com a entrada de grandes companhias na região e essas empresas são atualmente os maiores demandadores de espaço. O tempo de entrega e custo do frete são fatores de escolha de compra dos consumidores e por isso aqueles varejistas que ainda entregam com prazos superiores a três, cinco ou mais dias terão que agilizar seus processos. Por isso, já estamos vendo uma busca maior não só nas grandes metrópoles do Sul, como também pelo interior, em cidades polos”, analisa João Carlos Fernandes, diretor de operações logísticas da Sempre Soluções Imobiliárias.

Líder nos três estados do Sul, a desenvolvedora e administradora de condomínios logísticos Capital Realty já sente essa busca crescente pelas grandes empresas. Somente nos últimos dois anos a empresa recebeu grandes operações, como as do Grupo Boticário (no condomínio logístico Mega Curitiba, em Campina Grande do Sul, região metropolitana da capital) e Madeira Madeira (em Itajaí, Santa Catarina).

Para atender a demanda, a Capital Realty, investiu novos R$ 50 milhões para a expansão do empreendimento em Curitiba. O montante está sendo empregado para aumentar em 27 mil metros quadrados a área construída – hoje, o complexo já tem 70 mil metros quadrados ocupados por empresas que usam o espaço principalmente para montar seus centros de distribuição. O condomínio está em uma localização privilegiada na BR 116 (Régis Bittencourt) – que liga Curitiba a São Paulo e apenas a 1km do anel rodoviário de Curitiba, o qual conecta com seis estradas federais e permite o acesso rápido ao Aeroporto de Curitiba, Porto de Paranaguá, ao interior do Paraná e Santa Catarina.

Também para suprir a demanda da região de Itajaí, hoje sem estoque disponível, a Capital Realty anunciou a expansão de mais 42 mil m² de armazéns no Mega Centro Logístico Itajaí, com previsão de entrega no quarto trimestre de 2022.

“Nos últimos dois anos, a Capital Realty ampliou sua área construída e manteve a vacância baixa. Isso mostra que as empresas estão investindo muito mais em logística, buscando ficar próximas dos clientes e melhorando os processos para agilizar as entregas. O e-commerce está cada vez mais fortalecido com a compra de produtos pela internet. As empresas estão se adequando e buscando locais estratégicos para armazenagem”, analisa Rodrigo Demeterco, presidente da Capital Realty.

Crescimento no Sul vai continuar

De acordo com o estudo divulgado pela E-bit Nielsen, as vendas por e-commerce em 2021 tendem a continuar em crescimento. O levantamento prevê que o segmento cresça 26% em relação a 2020. Para lembrar, em 2020, o comércio eletrônico avançou 41%. O diretor de operações logísticas da Sempre Soluções Imobiliárias aposta em crescimento ainda maior para os próximos anos no setor de galpões no Sul.

“A entrada de grandes empresas na região fará com que outros players do varejo se movimentam, como por exemplo uma grande startup de alimentos, que este ano já absorveu áreas grandes em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador e que planeja sua entrada no Sul do Brasil para o segundo semestre. Quem ainda está fora do varejo precisará entrar, pois milhares de empresas online foram criadas na pandemia, e elas buscarão ainda mais espaço”, diz Fernandes.

Sobre a Capital Realty

A Capital Realty é referência na área de condomínios logísticos industriais, infraestrutura logística, construção e administração de empreendimentos sob medida, com um portfólio de mais de 500 mil m² de área construída. Com forte atuação nos três estados da Região Sul e em São Paulo, a Capital Realty oferece uma equipe formada por gestores e engenheiros com larga experiência no mercado imobiliário e se destaca pela capacidade técnica de desenvolver, executar e gerir ativos imobiliários de forma inovadora. Os empreendimentos levam a bandeira Mega, classificados como padrão A de infraestrutura logística/industrial e disponibilizam todo o suporte para os clientes que se instalam nos centros logísticos.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo