Brasil,

Escassez de insumos afeta construção civil durante a pandemia

Levantamento da CBIC aponta que 84% das empresas sofrem com desabastecimento de aço - Divulgação Levantamento da CBIC aponta que 84% das empresas sofrem com desabastecimento de aço - Divulgação

Fornecedores locais ajudam a aliviar o cenário

A predominância do transporte rodoviário no Brasil gera dificuldades e desafios logísticos em praticamente todos os setores da cadeia produtiva. Durante a pandemia, este cenário se intensificou ainda mais por causa das restrições de circulação em diversos estados do país e por longos intervalos de tempo. Como consequência, o setor da construção civil passa por uma crise de abastecimento de insumos e materiais imprescindíveis para o segmento.

Um levantamento realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) aponta que 84% das empresas consultadas sofrem com o desabastecimento de aço em suas regiões. Para 26% desta parcela, o prazo médio de entrega do material supera os 90 dias. Outros insumos que também estão cada vez mais escassos nas fábricas e distribuidoras são cerâmicas e louças, conforme atesta o engenheiro civil Humberto Dutra Borges, gerente da área de suprimentos da Consciente.

"Os fornecedores estão com muita dificuldade para cumprir com os prazos", relata Humberto. Para aliviar a situação, muitas empresas estão contando com os fornecedores locais, que têm a vantagem de demandar custos logísticos menores e de não depender do transporte de longas distâncias. Essa estratégia, adotada pela Consciente Construtora há muitos anos, tem garantido a oferta de insumos considerados primordiais para a atividade, como gesso, concreto e tinta. Em seu relatório de sustentabilidade publicado em 2020, a Consciente apontou que mais de 66% do orçamento do ano anterior foram gastos com fornecedores locais.

"Os nossos parceiros locais também estão sofrendo com a escassez de matéria-prima, mas têm conseguido manter a disponibilidade de materiais como gesso, concreto e tinta. Graças a eles, não estamos com falta desses tipos de material", complementa o engenheiro civil.

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), elaborado com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Caixa Econômica Federal, registrou em março de 2021 um aumento de 2,2% no valor dos materiais de construção, com alta acumulada de 7,7% no primeiro trimestre do ano. De acordo com o Sinapi, os preços de insumos registram elevação de preço há oito meses consecutivos, como resultado da oferta insuficiente para atender a demanda do setor. O segmento de aço, que engloba insumos como vergalhões, arames e vigas, entre outros, teve aumento de preço em 20 estados brasileiros em março.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo