Brasil,

ABES Conference encerra evento com "REstart" e fala sobre processos de recomeço que são exigidos pelo cenário disruptivo

Evento online destacou, durante 3 dias, a necessidade do reposicionamento dos negócios enquanto o futuro é criado pelas vozes de grandes nomes nacionais e internacionais do setor

O ABES Software Conference REthink, REfresh, REstart: Como reposicionar os negócios hoje, enquanto criamos o futuro chegou ao final ontem (30/9) com a mote "REstart" e trouxe como keynote o tão aguardado Nick Davis, Chair for Corporate Innovation na Singularity University e autor do livro "Future Ready". Com foco em empresas exponenciais e um modelo mental de liderança, o especialista explicou que quando se fala em disrupção, é necessário que os líderes sejam capazes de criar a onda e saibam surfa-las, referindo-se a modelos de inovação e possíveis crises.

"Após a pandemia, teremos um novo normal e nunca mais voltaremos ao que era antes. E como participamos dessa evolução da tecnologia? A Taco Bell, por exemplo, pensa em como o delivery pode efetuar o pedido mais rápido e fazer o envio com mais agilidade, e isso não é bom só para a empresa, mas para todo mundo que vai consumir", explicou Nick, que ainda completou dizendo que além de pensar no negócio e nos clientes é muito importante ter a preocupação com o mundo exterior, como a natureza.

Durante o primeiro painel, que discutiu a disrupção e os dados ditarem o road map, Bruno Henriques, VP de Crescimento e Inteligência Artificial do iFood, destacou a importância do investimento em aquisição de talentos para fazer essa transformação digital, além de acreditar na mudança de cultura da empresa. "Um negócio que já nasceu na era digital não é mais evoluído que outros se não colocar em prática visões de futuro e de diversidade", disse.

Ainda no primeiro debate, Washington Vital, Head de Data Analytics e Transformação Digital da SulAmérica Seguros, ressaltou a importância da mudança de mindset ser levada para toda a companhia. Lucas Nazário, CEO da Knewin, também compartilha da ideia de que é preciso fomentar a cultura de dados, que ajuda a criar perspectivas para o futuro.

Finalizando os painéis do evento e falando sobre plataformas digitais e ecossistemas, chegou-se à conclusão de que a transformação digital é coletiva. Segundo Marcelo Salim, Head de Open Ventures da IBM Brasil, plataforma é parte da inovação aberta. "É necessário que a empresa deixe de olhar para o próprio umbigo e comece a ver a verdade que vem de fora, porque o mercado amplo também tem muita coisa a mostrar. É assim que conseguimos alcançar integração, remodelagem, plataformas e ecossistemas", resumiu.

Percival Jatobá, VP de Soluções e Inovação da Visa do Brasil, completou: "Quando a gente pensa no início da Visa, lá nos Estados Unidos, na década de 1960, podemos explicar ecossistema, que é um fator de agregação, é a capacidade de ter serviços em funções que antes eram específicas de uma região e agora estão no mundo todo".

Considerado uma das mais importantes e aguardadas conferências de tecnologia, o ABES Software Conference realizou sua 10ª edição que, este ano, aconteceu 100% digital, e possibilitou a presença de grandes nomes nacionais e internacionais do setor. Durante os 3 dias de evento, com motes "REthing", "REfresh" e "REstart", foram debatidos a nova equação de valor no relacionamento com as marcas, ecossistemas de inovação e o processo de recomeço contínuo que é exigido pelo cenário disruptivo, para que seja possível reposicionar os negócios hoje, enquanto o futuro é criado.

Com isso em mente, a ABES também fez um Refresh e redefiniu o propósito da entidade, que, com nova identidade visual, passou a ser a contribuição para a construção de um Brasil digital e menos desigual; e o objetivo que é assegurar aos associados um ambiente de negócios propício à inovação, ético, dinâmico e competitivo globalmente. "Acreditamos que a tecnologia da informação é fundamental para a democratização do conhecimento, e a criação de novas oportunidades e modelos de negócios. Ela é capaz de melhorar a qualidade de vida das pessoas, de forma inclusiva e igualitária", explica Rodolfo Fücher, presidente da associação.

Sobre a ABES

ABES, Associação Brasileira das Empresas de Software, tem como propósito contribuir para a construção de um Brasil digital e menos desigual, no qual a tecnologia da informação desempenha um papel fundamental para a democratização do conhecimento e a criação de novas oportunidades para todos. Nesse sentido, tem como objetivo assegurar um ambiente de negócios propício à inovação, ético, dinâmico e competitivo globalmente, sempre alinhado a sua missão de conectar, orientar, proteger e desenvolver o mercado brasileiro da tecnologia da informação.

Desde sua fundação, em setembro de 1986, a ABES busca ser relevante para seus associados e referência nacional e internacional do setor de tecnologia. Recentemente, a entidade lançou em parceria com a EY, o diagnóstico LGPD, ferramenta on-line gratuita e o índice LGPD/ABES, com o objetivo de ajudar as empresas a analisarem seu nível de adequação perante a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Com cerca de 2 mil diagnósticos realizados, o índice LGPD ABES, apontam que cerca apenas 40% estão em conformidade com a LGPD, mais detalhes acesse: http://diagnosticolgpd.abes.org.br/.

Atualmente, a ABES representa aproximadamente 2 mil empresas, que totalizam cerca de 85% do faturamento do segmento de software e serviços no Brasil, distribuídas em 22 Estados brasileiros e no Distrito Federal, responsáveis pela geração de mais de 208 mil empregos diretos e um faturamento anual da ordem de 63,7 bilhões em 2019.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo