Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Startup lança cartão corporativo para acabar com o reembolso de despesas em viagens

Mineira Onfly se configura como a primeira do Brasil, na área, a conciliar soluções de viagens (travel) e financeira (finance). Inspiração vem da fintech norte-americana Divvy, que já vale U$ 1.6B.

De olho nos desafios encontrados pelo mercado de viagens corporativas, a startup mineira Onfly está ampliando a sua atuação na jornada do cliente. A empresa, além de travel tech, se tornou uma fintech, especializada em serviços financeiros para viagens corporativas, e lança, agora, um cartão corporativo para acabar com o reembolso de despesas em viagens. Logo de início, 30 clientes – que já estavam na fila de espera – deverão ser atendidos pelo conjunto de novas soluções.

O cartão corporativo será virtual e físico, a ser utilizado pelos colaboradores das empresas atendidas da Onfly em suas respectivas viagens a trabalho, além de suas atividades do dia-a-dia como despesas de marketing e tecnologia. Isso significa uma solução tecnológica completa de gerenciamento de orçamento e despesas. Com isso, elimina-se a prática do reembolso, pouco cômoda e eficiente, conforme destaca o sócio-fundador da startup, Marcelo Linhares.

“Estamos incorporando às nossas soluções, além da gestão totalmente on-line das viagens corporativas, a prestação de serviços financeiros para nossos clientes. Por anos, como executivo, tive problemas com reembolsos nas empresas que trabalhei. Então decidimos criar o cartão para acabar com esta dor nas empresas. Mantemos nosso foco em digitalização de viagens, mas avançamos na cadeia e queremos agora acabar com os reembolsos. Estes precisam acabar, pois é injusto com o colaborador, que assume papel de banco e financia a empresa. As corporações que se preocupam com o bem-estar dos funcionários precisam urgentemente acabar com isto”, detalha Linhares.

O empreendedor revela que o modelo adotado pela Onfly é inspirado no ‘case’ da norte-americana Divvy, plataforma de gestão financeira que iniciou 2021 alcançando valor de mercado de US$ 1,6 bilhão. De acordo com Marcelo Linhares, não há, no Brasil, empresa com a convergência entre travel tech e fintech.

O colaborador realiza seus gastos com a viagem e presta contas apenas com o envio de uma foto dos comprovantes de despesas, com um link que chega via SMS.

“É um modelo que une tecnologia, software e cartão corporativo. Sem anuidade. O colaborador realiza seus gastos com a viagem e presta contas apenas com o envio de uma foto dos comprovantes de despesas, com um link que chega via SMS. Isso dá muito mais flexibilidade e eficiência para o time financeiro das empresas”, explica Linhares. “É um passo que estamos dando baseados no nosso propósito, desde a origem da Onfly: democratizar a gestão financeira das viagens e reembolsos, para um maior número de empresas possíveis. E o legal é que com esta solução, aumentamos o mercado endereçável da Onfly, pois conseguimos gerar valor em outras frentes dentro de uma organização, como tecnologia e marketing que precisam fazer pagamentos em cartão de crédito o tempo todo”, complementa.

CRESCIMENTO

A Onfly foi fundada por Linhares e seu sócio, Elvis Soares, em 2018. Ano passado, com os impactos da pandemia de Covid-19 no setor de viagens, a sobrevivência da empresa esteve por um triz. Mas os empreendedores superaram as dificuldades, prospectaram e alcançaram clientes em novos nichos de mercado.

Ainda em 2020 veio a recuperação, que agora se consolida. Segundo Linhares, os valores transacionados hoje estão 60% superiores ao período anterior à pandemia. A startup caminha para alcançar, até o fim de 2021, a previsão de R$ 40 milhões de valores transacionados, cinco vezes mais que os R$ 7,9 milhões de 2019, e mais de quatro vezes acima dos R$ 8,5 milhões de 2020.

Atualmente, a Onfly conta com 114 clientes recorrentes – empresas de diversas atividades econômicas e de várias partes do Brasil. A equipe tem 30 colaboradores. “Até 2024, temos como meta atender de 5 mil a 10 mil clientes com nossas soluções de viagens e cartão”, afirma Linhares.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo