Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Bridgestone reforça sua estratégia de sustentabilidade por meio de projetos de reciclagem

• A Bridgestone apresenta os projetos de suas plantas industriais, que contribuíram para o ‘aterro zero’, em comemoração ao Dia da Reciclagem, realizado em 17 de maio.

• Ações estão alinhadas ao compromisso global de responsabilidade social da companhia, Nosso Jeito de Servir.

• Bridgestone possui uma estratégia global de longo prazo para ser uma companhia de soluções sustentáveis até 2050.

No Dia da Reciclagem (17 de maio), a Bridgestone, líder em mobilidade sustentável e soluções avançadas, reforça seu compromisso com a sustentabilidade como parte de sua estratégia global. O Marco 2020 de sustentabilidade da companhia, que tinha como um dos objetivos atingir o aterro zero em todas as unidades, foi alcançado entre 2019 e 2020. Além disso, os projetos desenvolvidos estão alinhados ao compromisso de responsabilidade social da companhia, Nosso Jeito de Servir, e a Bridgestone Brasil segue trabalhando sua gestão de resíduos visando o Marco 2030, com metas para reduções adicionais no impacto ambiental, promovendo a economia circular e a jornada rumo ao carbono neutro, por meio de tecnologias e inovação.

Bridgestone Camaçari

Por meio de iniciativas como campanhas para redução do uso de copos descartáveis, conscientização sobre a coleta seletiva e a implementação de um biodigestor que trata uma média de 15 toneladas de resíduos orgânicos ao mês, a unidade baiana da Bridgestone, inaugurada em 2007, alcançou, em 2020, a reciclagem de 100% dos resíduos gerados pelo processo de produção da planta.

Os resíduos de borracha, negro de fumo, papel, papelão e plástico são reciclados por meio de empresas parceiras especializadas. Já a madeira, tem aproveitamento energético em fornos de cerâmica. Os itens que não são passiveis de reciclagem direta são tratados em uma blendagem para coprocessamento – todos processos de destinação ecologicamente correta.

Bridgestone Santo André

Em direção à economia circular, a planta de Santo André, a primeira fábrica de pneus da Bridgestone no Brasil, inaugurada em 1940, desenvolve projetos como o processo de compostagem, em que cerca de 177 toneladas de resíduos são transformados em adubo orgânico, utilizado, em parte, nos jardins e canteiros da planta.

Além disso, a unidade reduziu os resíduos orgânicos gerados no restaurante em 14% e, desde 2020, iniciou um projeto junto a empresas parceiras para destinação ambientalmente responsável de resíduos de produção com maior grau de dificuldade de separação, como a lona de aço. Os resíduos de nylon, componente utilizado em camadas de pneus, é doado para artesãos locais para produção de trabalhos de artesanato como bolsas, joias, cintos e brincos. A lona de nylon é aproveitada na fabricação de pneus de empilhadeira, retornando para o uso da própria Bridgestone.

Já o resíduo de madeira é transformado em subprodutos utilizados na fabricação de móveis, assim como plásticos e papéis transformam-se em novas embalagens, big bags de matéria-prima retornam ao fornecedor e, no fim de sua vida útil, são destinadas para reciclagem para a confecção de subprodutos automotivos. Campanhas de conscientização também são promovidas entre os colaboradores, que podem levar à unidade o óleo de cozinha utilizado em sua residência para reciclagem.

Bridgestone Bandag

Desde 2020, as duas fábricas Bandag em Campinas e Mafra, responsáveis pela produção das bandas de rodagem da companhia, alcançaram 100% de resíduos reciclados e o aterro zero. Entre as iniciativas que contribuíram para estes resultados estão o treinamento de coleta seletiva, mapeamento das entradas e saídas de materiais e o monitoramento da geração de resíduos.

Os materiais orgânicos gerados nas fábricas são levados para compostagem para serem processados e transformados em adubo para o jardim. Pallets de plástico se convertem em granulado para fabricação de baldes e embalagens e a borracha vulcanizada em sola de sapato e asfalto. Papel, plástico e madeira também são reciclados.

Reciclagem de pneus inservíveis

No Brasil, 100% dos pneus inservíveis tem destinação ambientalmente correta, por meio do programa de coleta da Reciclanip, uma instituição criada pela ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), da qual a Bridgestone é associada. Entre as destinações corretas está a reciclagem dos pneus para uso em campos de futebol, solas de sapato, pisos e tapetes de borracha.

“A destinação correta e a reutilização de resíduos em nossas plantas faz parte de nossa estratégia para a preservação do meio ambiente, promoção da mobilidade e inovação do segmento automotivo”, afirma Janaína Braga, Gerente de Meio Ambiente e Segurança da Bridgestone Latin America South.

Para o futuro, as plantas continuarão desenvolvendo e aprimorando projetos com foco na redução, reutilização, reciclagem e tratamento de resíduos sólidos, além de estimular e conscientizar os integrantes da unidade para incorporar os hábitos sustentáveis não apenas na Bridgestone, mas também em seu dia a dia.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo