Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

QUIVER - Novas Regras de Seguro : O corretor deve estar atento a essas mudanças! (Destaque)

Imagem: Divulgação Imagem: Divulgação

O mercado de seguradoras está em expansão no Brasil. Isso quer dizer que novas regras de seguro precisam ser implementadas para que sejam melhores para ambas as partes.

De janeiro e junho deste ano, o mercado cresceu 19,8% frente ao mesmo período do ano de 2020, com uma arrecadação de R $145,1 bilhões, segundo a Confederação Nacional de Seguradoras (CNSeg). Esse número supera o resultado final de 2019, antes da pandemia, de R $144,7 bilhões.

Neste conteúdo, vamos falar mais sobre as novas regras e porque o corretor precisa estar atento a essas mudanças. Continue a leitura do texto para saber mais!

Novas regras de seguro: o que são elas?

No dia 1º de outubro, os seguros passaram a poder ser estruturados com qualquer período de vigência e/ou com um período de cobertura dentro do seu período de vigência. Isso é o que estabelece a circular 642/21 que foi publicada pela Susep.

Essa circular dispõe sobre a aceitação e vigência do seguro e sobre a emissão de documentos mínimos contratuais. Após o início da vigência da norma, não serão obrigatórias a emissão e entrega de documentos, como as apólices e endossos, para os segurados por ocasião da contratação do seguro.


Imagem: Divulgação

Além disso, foi suprimido o atual prazo máximo regulatório de 15 dias para que a seguradora se manifeste sobre a aceitação ou recusa em relação à proposta que foi recebida. Ou seja, caso a seguradora não se manifeste dentro dos dias estipulados, a proposta perde a validade.

Assim, a data de aceitação da proposta será aquela que ocorrer primeiro entre a manifestação impressa pela seguradora, emissão de apólice ou o certificado de data de pagamento do prêmio. Isso em caso de cobrança total ou parcial que sejam efetuadas dentro do prazo estabelecido.

Outro ponto é que haverá a necessidade de preenchimento e assinatura de proposta também para os casos de renovação automática.

Celebração, alteração ou renovação não automática de contrato, segundo as novas regras de seguro, só serão feitas mediante a proposta preenchida e assinada pelo proponente, corretor de seguros ou representante legal. A única exceção é em casos de contratação por meio de bilhete.

Elementos essenciais nas propostas

Segundo as novas regras de seguro, toda proposta deverá ter alguns elementos que são essenciais ao exame e aceitação do risco. De fato, caberá à seguradora fornecer ao corretor ou representante legal, o protocolo que identifica a proposta por ela recepcionada.

Isso com data e hora da indicação de seu recebimento, como uma forma de manter ainda mais formal o processo.

Novas regras de seguro: cobertura provisória

Segundo as novas regras de seguro, a cobrança total ou parcial do prêmio antes aceitação da proposta, somente será aceita em caso de oferecimento de cobertura provisória ao proponente, para sinistros, no período de análise da proposta e desde que seja expressamente prevista nas contratuais e solicitadas pelo proponente da proposta.

Caso a proposta seja aceita, a seguradora deverá considerar o período de segurança cobertura provisória de efetiva vigência. Isso, desde que haja tal previsão de documentos contratuais.

Porém, caso haja uma recusa de risco, a cobertura provisória deverá ser encerrada imediatamente. O motivo para o encerramento desta maneira deve estar, de forma clara e em destaque, indicado nas condições contratuais do seguro.

Informações

As apólices de seguro, bilhetes e certificados que são emitidos pelas seguradoras, devem conter obrigatoriamente e os nomes dos intermediários, se houver, informando o número de registro do Susep. Em sua ausência, o número do CPF ou o CNPJ.

Contudo, a identificação dos beneficiários e os respectivos percentuais de rateio da indenização, exceto no documento de apólice coletiva. Identificação do bem ou interesse segurado em casos como de seguro de danos, caso seja aplicável.

Valor de limite máximo de garantia ou limite máximo de indenização do capital segurado de cada cobertura contratada. Franquias, carências, coberturas contratadas e participações obrigatórias do segurado aplicáveis a cada cobertura.

Além disso, os tributos diretamente incidentes sobre o prêmio, quando for o caso, e o link para registro de reclamações dos consumidores dos mercados supervisionados (www.consumidor.gov.br).


Imagem: Divulgação

Novas regras de seguro: cobrança

Essa circular veda a cobrança por emissão de apólices, documentos contratuais, acompanhamento e recuperação de créditos, manutenção de cadastros e outros custos administrativos, separadamente do prêmio comercial.

A partir do dia 1º de janeiro de 2022, a emissão de documentos contratuais que não estejam em conformidade com as discussões desta circular, sujeitará a seguradora a aplicação de penalidades cabíveis.

Ou seja, por mais que ela comece a valer mesmo em 2022, é bom estar ciente para começar a aplicar as medidas das novas regras de seguro. Confira outros conteúdos e notícias sobre o mercado de seguros acessando o nosso blog!




Quiver Soluções a grande parceira dos Corretores e Corretoras de Seguros
Segurança e eficiência que geram confiança e resultados!
Muito mais do que números: somos um reflexo do sucesso de nossos clientes


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo