Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Seguro de cargas: quem deve contratá-lo?

pixabay pixabay

Conheça modalidades e responsabilidades de cada um dos lados na hora da contratação

Tão importante quanto garantir que sua entrega seja feita é pensar na segurança da carga durante o deslocamento até o destinatário. Inúmeras são as opções de seguro, mas qual a melhor delas e quem deve contratá-la? Reunimos informações para explicar mais sobre o assunto e sanar eventuais dúvidas, tanto de transportadores, quanto de proprietários.

Começaremos citando os seguros existentes e ressaltando que, tanto proprietários, quanto transportadoras, devem contratá-los. Em linhas gerais, os seguros protegem ambos os envolvidos de possíveis problemas que venham a surgir com sua carga e entrega. Além da proteção dos produtos, há a garantia de que eventuais situações, como, por exemplo, acidentes, não venham a atrasar entregas e atrapalhar toda a logística da empresa.

Em relação às modalidades, começaremos falando sobre o Seguro de Transporte; nessa opção, é o proprietário da carga quem deve contratá-lo. Ele garante proteção contra todas as perdas decorrentes da não entrega da carga, como, por exemplo, caso o frete não seja realizado, até os impostos gerados pelos custos do transporte são devolvidos pela seguradora. Essa opção é facultativa para pessoas físicas e obrigatória para as jurídicas.

Já sobre o Seguro de Carga, vale citar que ele é contratado pelo transportador e é obrigatório*. Sua responsabilidade é informar cada passo do transporte para o proprietário e garantir a integridade de sua mercadoria. Uma vez que o transportador conhece seu valor, sua responsabilidade é de entregá-la inteira e sem nenhuma baixa (em caso de quaisquer situações que não um roubo ou sequestro da carga).

(*A obrigatoriedade é a proteção contra acidentes. A proteção contra roubos, que também é uma das opções dessa modalidade, é facultativa).

A terceira opção é o Seguro Específico de Bens, que, como diz o nome, garante a proteção da carga e pode ser contratado de forma mais flexível entre contratantes e seguradoras. Nessa opção, o segurado pode escolher se pretende proteger seus objetos contra roubos, avarias e qualquer outro problema que venha a acontecer com ela. Na maioria das vezes, é contratado pelo proprietário da carga.

Os dois últimos conhecidos são os Seguros de Responsabilidade Civil. O RCTR-C e o RCF-D são mais específicos e, de certa forma, um complementa o outro. O primeiro é obrigatório e protege o proprietário de danos causados à carga, decorrentes de acidentes ou eventuais problemas no trânsito. Já o segundo é uma proteção contra roubos, que, apesar de facultativo, não deixa de ser importante, pois atende a uma gama de possibilidades referentes ao desaparecimento de cargas. Essas duas modalidades devem ser contratadas por ambos os envolvidos na entrega e fazem com que os dois lados sintam-se mais seguros.

Em síntese, ficou explícito que, independentemente da modalidade, o mais importante é garantir a segurança de quem envia, do que é enviado e de quem o transporta. Recomendamos que seja feita uma busca por seguradoras sérias e pelo seguro que melhor atende suas necessidades. Segurança deve vir em primeiro lugar, e vale frisar que a contratação de um plano de proteção, além de evitar perdas financeiras, minimiza impactos e possíveis crises.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo