Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Projeto Recomeçar Pernambuco completa um ano e já capacitou mais de 230 pessoas

Com a contribuição do Instituto Ação Pela Paz, que é apoiada pela CNseg, organização gera oportunidades de emprego e educação para egressos

Em setembro de 2020, o Instituto Recomeçar chegou ao estado do Pernambuco, seguindo um trabalho iniciado no ano de 2015, em São Paulo, pelo líder social e egresso Leonardo Precioso. Levando apoio moral e social às pessoas que deixam o sistema prisional e buscam um novo rumo para suas histórias, a iniciativa capacita, desenvolve e direciona seus beneficiários ao mercado de trabalho.

Em um ano de atividades, a organização, que conta com o apoio do Instituto Ação Pela Paz, entidade que tem a contribuição da CNseg, obteve diversas conquistas. Desde a sua chegada ao estado, a unidade atua em conjunto com o Patronato Penitenciário do Pernambuco, que cede estrutura física e disponibiliza servidores para as ações promovidas pela ONG.

Josafá Reis, superintendente do Patronato, lembra que a parceria veio suprir uma lacuna de projetos consistentes para qualificar e empregar quem deixava o cárcere. Formalmente eles só eram acompanhados por um ano e nesse período ocorria atuação pontual na qualificação profissional.

Na visão de Josafá, a grande dificuldade do egresso é lidar com a baixa escolaridade e pouca qualificação profissional. “O percentual é altíssimo e o tamanho do público que precisa ser trabalhado não permite atingir a todos, esse fator contribui expressivamente para a reincidência criminal, e retroalimentar o sistema fechado. Quebrar esse ciclo é o objetivo, o grande trabalho a ser feito”, destaca.

“Os egressos que estão terminando a pena têm passado pelo processo do Recomeçar e, com isso, diminui a possibilidade da reincidência criminal”, diz Josafá. Ele ainda ressalta que o Recomeçar tem contribuído para ofertar qualificação profissional e curso superior no ensino regular através de parcerias com intuições de ensino, além do que já é feito no Patronato.

No último dia 15 de julho, representantes do Recomeçar receberam o Relatório Geral da Pesquisa de Reincidência Criminal. O documento foi entregue em mãos pela Dra. Orleide Rosélia, Juíza de Direito Titular da 1ª Vara Regional de Execução Penal de Pernambuco, outra parceira da entidade.

O material traz indicadores da aferição da reincidência ao cárcere das pessoas que passaram pelo Desenvolvimento Pessoal do instituto entre 2019 e 2020, incluindo os registros da sede paulista. Nesse período, 44 pessoas que passaram pela metodologia da organização no estado de Pernambuco, nenhuma retornou à detenção.

De setembro de 2020 até julho de 2021, foram 639 pessoas cadastradas no banco de dados do Recomeçar Pernambuco. Desses, 230 egressos passaram pelo desenvolvimento pessoal, que faz parte da metodologia da organização.

Entre os participantes, 61 pessoas geraram renda, sendo cinco por meio do empreendedorismo, duas contratadas em regime CLT, uma atuando profissionalmente via contração PJ (Pessoa Jurídica) e 56 trabalhando via Lei de Execução Penal.

Para Adriano Amorim, Coordenador de Execução Penal, “a união entre o Poder Executivo estadual e organizações da sociedade civil em torno de um público tão fragilizado está sendo um marco em Pernambuco e já está gerando frutos, mudando a vida das pessoas e aos poucos, a percepção de empresários e até da população em geral”.

A educação foi outro pilar importante ao longo desse primeiro ano de atuação. O instituto inseriu oito beneficiários no ensino superior, por meio de bolsas de estudos adquiridas em parcerias com universidades locais. Além disso, 47 pessoas retornaram ao ensino formal após ingressarem no programa de desenvolvimento.

Cícero Alves, multiplicador da organização, destaca que as ações adotadas pelo instituto vêm ajudando a diminuir a reincidência criminal, como demonstrado pela pesquisa, mas ainda conta com uma amostragem pequena para se tornar um fato. “Espera-se que tais achados possam incentivar outros estados da federação que ainda não aderiram à nossa metodologia de reintegração social a implantarem a mesma, fazendo dessa forma com que o Instituto Recomeçar se torne referência Latino-Americana em amparo moral e social de egressos”, diz o gestor.

Próximos passos

No primeiro ano de trabalho no estado, o Recomeçar focou sua atuação na cidade de Recife, onde está localizado o Patronato. Para a nova fase, a ONG realizará atividades itinerantes por outras cidades pernambucanas, como Caruaru.

O projeto renovou sua parceria com o Instituto Ação Pela Paz e seguirá com o investimento social e estratégico até setembro de 2022, possibilitando o fortalecimento de sua atuação. Kaio Nunes, analista de projetos do IAP, reforça que “o Recomeçar tem consolidado cada vez mais sua atuação junto ao público em São Paulo, com a expansão para o Pernambuco e outros estados, a organização mostra o quão potente é sua metodologia para reduzir a reincidência ao cárcere das pessoas egressas”.

Adriano Amorim diz que “o egresso está se sentindo mais valorizado, amparado e começando a enxergar mais claramente seus direitos, deveres e opções tanto no presente quanto para o futuro”. Na percepção do coordenador, as pessoas que já passaram pela metodologia de desenvolvimento, são as principais condutoras do sucesso através dos seus testemunhos e ações práticas de mudança de vida.

“Mais do que números, vemos o impacto na vida de cada pessoa singularmente e de sua família. Parafraseando Dom Helder Câmara (arcebispo emérito de Olinda e Recife e famoso defensor dos direitos humanos), ‘quando os problemas se tornam absurdos, os desafios se tornam apaixonantes’”, conclui Adriano.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo