Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

InCor passa a realizar atendimento de clientes Qsaúde

pixabay pixabay

Operadora expande a rede credenciada na Zona Leste/Norte com o Hospital Nipo-Brasileiro

Todos os clientes da Qsaúde já têm acesso a atendimento adulto e infantil no InCor (Instituto do Coração), que integra o complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Fundado há mais de 40 anos na capital paulista, é especializado em prevenção, acompanhamento e tratamento em cardiologia e pneumologia, além de ser referência como centro de ensino e pesquisa.

O hospital é destaque em cirurgias cardíacas torácicas e em transplantes de coração, tanto em adultos quanto em crianças, inclusive recém-nascidos. É referência internacional em procedimentos hemodinâmicos como cateterismo e angiosplastia, assim como em eletrofisiologia na correção de distúrbios elétricos no coração e no implante de próteses cardíacas de última geração. Em 2020, o InCor foi eleito o melhor hospital de cardiologia da América Latina pela renomada revista americana Newsweek, que o classificou na 23º posição entre os 100 melhores do mundo.

A expansão da operação da Qsaúde, que já tem 16 hospitais, 90 clínicas e 126 laboratórios em São Paulo, reforça o compromisso da empresa em oferecer excelência em serviços de saúde para seus clientes.

“Ter uma instituição do padrão internacional do InCor disponível para todos os clientes da Qsaúde é um importante passo na nossa missão de democratização do acesso à saúde suplementar de alta qualidade. A instituição, que pertence aos quadros da Faculdade de Medicina da USP, é destaque não somente na assistência de pacientes de cardiologia e pneumologia, mas também contribui com os principais avanços científicos e com a formação de profissionais de excelência”, afirma José Seripieri Junior, fundador e CEO da Qsaúde.

Na pandemia de Covid-19, o InCor tem se destacado em várias frentes. Em uma das iniciativas, especialistas do Instituto realizaram capacitação de médicos, enfermeiros e fisioterapeutas de hospitais da rede pública estadual paulista pelo projeto de Tele UTI para o atendimento de pacientes com coronavírus. Após o treinamento, os profissionais do InCor seguem em contato diário com as equipes desses hospitais para discutir os casos internados.

O InCor elaborou projeto para orientar empresas de diversas áreas a se adequarem às normas de segurança sanitária na retomada das atividades. Em outra frente, pacientes que tiveram Covid-19 de forma moderada ou grave estão sendo acompanhados em estudos inéditos no InCor sobre alterações pulmonares e cardíacas.

A meta do Instituto do Coração é desenvolver novos e mais eficazes protocolos de prevenção, diagnóstico e tratamento das complicações cardiopulmonares tardias que podem acometer as pessoas que já tiveram a Covid-19.

Os resultados preliminares de um destes estudos em andamento (são mais de 60), que avaliou mais de 800 pessoas, aponta que cerca de 70% delas ainda apresentam alterações no sistema respiratório, sobretudo, comprometimento pulmonar, mesmo decorridos seis a oito meses após a alta hospitalar. Estudos sobre a parte cardíaca registram alterações inflamatórias no coração que reforçam a importância do acompanhamento médico, mesmo após a fase aguda da doença.

Atendimento nas zonas leste e norte de São Paulo

No mesmo mês, chega à rede credenciada, também, o Hospital Nipo-Brasileiro referência nas zonas leste e norte da capital paulista. A unidade oferece aos clientes Qsaúde os serviços de urgência e emergência. Além dos novos parceiros, a Qsaúde ainda oferece o acompanhamento constante dos médicos de família das clínicas Einstein.

Entre os parceiros, estão também três dos cinco melhores hospitais do Brasil, segundo o ranking ‘World’s Best Hospitals’ da Newsweek: o Hospital Israelita Albert Einstein, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz e o Hospital Santa Catarina. E a operadora ampliou, recentemente, a rede para regiões importantes de São Paulo, como Zona Leste e ABC, com os hospitais Santa Marcelina e Neomater.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo