Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

ALLIANZ : As empresas precisam se preparar para mais distúrbios políticos e violência no futuro (Destaque)

Imagem: Divulgação Imagem: Divulgação

· O aumento significativo do número de protestos, manifestações e vandalismo, à medida que eventos terroristas diminuem, significa que a agitação civil é agora a principal exposição ao risco político para as empresas, resultando em perdas significativas e avisos de sinistros.

· O impacto da violência política pode causar interrupção de negócios que vão além dos danos à propriedade física. A pandemia de Covid-19 pode alimentar ainda mais distúrbios.

· Um plano de continuidade de negócios precisa abordar explicitamente os distúrbios civis, particularmente em setores mais suscetíveis, como o varejo.

· A AGCS vê um interesse crescente na cobertura da violência política especializada para mitigar os riscos.

Manifestações anti-lockdowns na Alemanha, protestos "Black Lives Matter" nos EUA ou ataques incendiários a torres de telefonia celular no Reino Unido: Danos, perturbações e, em última instância, perdas decorrentes de manifestações, protestos, vandalismo ou outras formas de distúrbios civis estão agora entre as principais exposições de risco político para as empresas, com o impacto contínuo da pandemia de Covid-19 provavelmente impulsionando ainda mais, de acordo com a última edição do Global Risk Dialogue da Allianz Global Corporate & Specialty (AGCS). Os planos de continuidade de negócios precisa abordar proativamente os riscos de violência política, particularmente em setores altamente expostos, como o varejo.

"Felizmente, os eventos terroristas em larga escala diminuíram drasticamente nos últimos cinco anos. Entretanto, o número, escala e duração de manifestações e protestos nos últimos dois anos é espantoso e temos visto empresas sofrendo perdas significativas", diz Bjoern Reusswig, Director Global de Violência Política e Soluções para Ambientes Hostis da AGCS. "A agitação civil disparou, impulsionada por protestos sobre questões que vão de dificuldades econômicas à brutalidade policial, que afetaram cidadãos em todo o mundo". E o impacto da pandemia de Covid-19 está piorando as coisas - com poucos sinais de um fim da crise econômica à vista, é provável que o número de protestos continue aumentando. ”

O distúrbio civil como um risco comercial chave

Causando danos físicos, interrupção de negócios ou perda de receitas, os incidentes de agitação civil estão se tornando um risco mais significativo para as empresas no ambiente atual, como refletido nas descobertas do Allianz Risk Barometer 2021. Na pesquisa anual de risco, "riscos políticos e violência" retornaram ao top 10 pela primeira vez desde 2018. Esta tendência é suportada por resultados de pesquisas recentes que prevêem que as manifestações globais irão inflar nos próximos dois anos: Verisk Maplecroft, uma empresa de pesquisa especializada em análise de risco global, espera que 75 países vivenciem um aumento nos protestos até o final de 2022. Destes, mais de 30 - grande parte na Europa e nas Américas - provavelmente verão uma atividade significativa. A violência política também causou importantes sinistros de seguros em 2020. Enquanto os protestos, após a morte de George Floyd, que ocorreu em 140 cidades dos EUA, foram em sua maioria pacíficos; os incêndios, o vandalismo e os saques que ocorreram custarão ao segmento segurador pelo menos US$1 a US$2 bilhões em sinistros, de acordo com Axios.

As empresas não precisam ser vítimas diretas da agitação civil para sofrer perdas financeiras. As receitas podem sofrer se a área ao redor for isolada por um longo período ou enquanto a infra-estrutura for reparada para permitir a reentrada de clientes, vendedores e fornecedores. Por exemplo, durante as manifestações dos “Coletes Amarelos”, lojas ao longo da Champs Elysees em Paris foram saqueadas e muito danificadas, o que afugentou os clientes. Após apenas algumas semanas de protestos, a federação francesa de varejo informou que os varejistas haviam perdido, em todo o país, US$ 1.1 bilhão em receitas.

Pandemia da Covid-19 sujeita a aumentar a violência

A pandemia de Covid-19 é um fator-chave por trás do aumento da agitação civil, uma vez que aumentaram os sinistros subjacentes de long tail, como lhes deu um ponto focal. A pandemia afetou negativamente a estabilidade política, aumentando a polarização e trazendo para o alívio agudo questões relativas à igualdade, agravando as condições de trabalho e os direitos civis.

"Infelizmente, o risco de motins e violência provavelmente se tornará mais agudo por causa da Covid-19", diz Michael Stone, consultor de risco da AGCS América do Norte. "As medidas usadas pelos governos para combater o coronavírus tiveram um impacto socioeconômico significativo e a frustração está crescendo em grandes segmentos da população".

O fato de a pandemia ter permitido o surgimento de teorias conspiratórias entre setores da população também prepara o terreno para futuras turbulências - e até mesmo danos físicos em alguns casos, de acordo com Reusswig. Uma teoria que, sem fundamento, liga a tecnologia 5G com o coronavírus resultou em uma série de ataques incendiários a torres de telefonia celular no Reino Unido e em outros países europeus.

Necessidade crescente de planejamento da continuidade dos negócios

A preparação contra os riscos de violência política é fundamental - em particular para setores expostos, como o varejo. Durante dois dias de manifestações de "Black Lives Matter" no final de maio em Chicago, quase todas as lojas da Michigan Avenue, que inclui o bairro comercial "Magnificent Mile", sofreram danos. As empresas precisam rever seus planos de continuidade de negócios (BCP). Normalmente, estes só se concentram em catástrofes nacionais, mas há uma necessidade crescente de que os BCPs tratem de distúrbios políticos e outros tipos de perturbações, como incidentes cibernéticos. Definir e testar os procedimentos em vigor é crucial - estes devem se concentrar em pessoal, nos clientes e incluir planos gerais de comunicação e de mídia social.

As empresas também devem rever suas apólices de seguro. As apólices de Property podem cobrir sinistros de violência política em alguns casos, mas as seguradoras também oferecem cobertura especializada para mitigar o impacto de greves, motins e comoção civil através do mercado especializado em violência política. "Anteriormente, esta cobertura era vista como um 'é bom ter' para os clientes e 'nada com que se preocupar demais' pelas seguradoras. Entretanto, isto mudou desde 2018, pois tanto a frequência quanto a gravidade destes eventos aumentaram significativamente. Vemos o crescente interesse e demanda por coberturas de violência política por parte das empresas", diz Reusswig.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo