Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Quando o funcionário demite a empresa

Por Fernanda Medei, CEO da Medei

A demissão é um processo de RH que tem várias formas, uma delas é quando acontece do empregador cometer uma falta grave, de maneira que o empregado não consiga mais exercer seu trabalho. Neste caso, acontece uma inversão da demissão por justa causa, a chamada Rescisão Indireta que é quando o funcionário "demite" a empresa, não há acordo, ou seja, uma negociação entre as partes, sem que nenhum problema tenha necessariamente acontecido.

Para que a Rescisão indireta funcione, é preciso que o funcionário tenha em mãos provas cabais de que a empresa cometeu a falta grave que o leva a fazer a solicitação, como vídeos, áudios, documentos e e-mails que comprovem que a empresa quebrou o contrato e tornou a continuidade da relação de trabalho impossível.

A lei coloca a rescisão indireta adequada quando "se forem exigidos serviços superiores às suas forças, defesos por lei, contrários aos bons costumes, ou alheios ao contrato" e o que isso quer dizer? A empresa deu uma tarefa não condizente ao seu posto, mandou fazer alguma coisa ilegal, ou tomou alguma atitude leonina - ou seja, fez alguma coisa com você ou sua posição de trabalho só porque ela "pode".

As principais situações que podem levar um funcionário a entrar com pedido de rescisão indireta são:

- Falhas ou atrasos no pagamento de salários

O atraso no repasse de recursos não pode ser maior que 30 dias, e isso só pode acontecer em caso de comissões, percentagens ou gratificações.

- Recolhimento irregular do FGTS

Recolhimentos de valores menores que os devidos ao FGTS, ou mesmo o não recolhimento, consiste em falta grave. E neste caso, além da rescisão indireta, a empresa é obrigada a completar os valores e dar indenização de 40% sobre o valor total do FGTS.

- Rebaixamento de função e de salário

Se a empresa realocar o funcionário para um cargo mais baixo, permitindo diminuição de salário, o funcionário pode pedir a rescisão indireta.

- Agressões físicas e verbais
- Exigir que o funcionário faça alguma coisa contra a lei (e ainda pode virar processo)
- Exposição a perigos claros ou males consideráveis

Mandar um funcionário escalar algum equipamento para consertar algo sem EPI e sem andaime, ou executar funilaria sem máscaras e respirador são faltas graves que cabem rescisão indiret

a.- Assédio moral ou constrangimento

O ambiente de trabalho deve ser respeitoso e amigável. No momento em que existem pessoas que promovem bullying, comentários machistas, racistas, homofóbicos, brincadeiras não solicitadas e outras formas de constrangimento e nenhuma ação foi tomada por parte da chefia, a pessoa lesada pode entrar com seu pedido de rescisão.

- Exigir atividades fora do contrato

Colocar uma nova obrigação que não tenha nenhuma relação com o trabalho do funcionário - como fazer um analista de marketing responsável pela manutenção dos computadores da empresa - configura uma atividade fora do contrato.

- Não cumprir com obrigações do contrato

Aqui podem ser listados o não registro do empregado, não permitir o descanso semanal remunerado, desrespeito oa intervalo de refeição, e outras ações do tipo.

- Desconto do vale-transporte

Descontar uma porcentagem do salário para o vale-transporte é previsto em lei, mas descontar e não entregar o vale para o funcionário é passível de rescisão indireta.

- Falha no fornecimento de EPI

Existem ocupações que demandam que a empresa ofereça equipamentos de proteção individuais. Se a empresa não o fizer, e ainda exigir que o funcionário performe, este pode entrar com a solicitação.

Essas são algumas das situações, mas em todas elas o funcionário precisa reunir provas documentais ou testemunhas, do que está acontecendo para aí sim poder entrar com o pedido de rescisão indireta. É importante ressaltar que esse pedido não é feito na empresa, é preciso procurar um advogado, de preferência especialista em causas trabalhistas, para poder entrar com a ação de rescisão contratual e protocolada.

Na ação protocolada deve conter, a descrição das razões que levam o funcionário a pedir a rescisão indireta; uma relação de todos os pagamentos aos quais o funcionário tem direito e que estão no requerimento da ação em questão.

Após a decisão definitiva (aquela que não cabe mais recursos jurídicos), o ex-funcionário tem garantidos todos os seus direitos da CLT, incluindo 40% de acréscimo do total da indenização do FGTS e os documentos para entrada no seguro-desemprego. O afastamento das atividades pode ocorrer com decisão provisória.

A Rescisão Indireta é um tipo de desligamento que foi criado para garantir aos empregados condições de trabalho dignas e aceitáveis, sendo usada apenas em casos previstos pela lei. Uma boa convivência entre empregador e empregado é plenamente possível quando ambos cumprem os seus deveres, o que acaba por mitigar um fim de contrato tão atribulado.

Sobre a Medei

A HRTech Medei cuida do pós-desligamento utilizando workflow exclusivo, com gravação do ato homologatório por meio de videoconferência. Conta com profissionais especializados e aptos a resolver todas as dúvidas dos ex-funcionários, além de oferecer um atendimento humanizado, entendendo o momento de cada desligamento.

Seu propósito é atender e entender com acolhimento cada desligamento, tornando o ato da homologação menos robotizado, mais sincero e eficaz, gerando segurança ao ex-funcionário. O processo de gestão de desligamento torna-se mais rápido, eficaz e transparente, atuando de forma preventiva, evitando aumento no passivo trabalhista e melhora do employer branding. ​No mercado desde 2011, busca celeridade e transparência no processo de desligamento.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo