Brasil, 17 de Julho de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Dicas para a greve não impactar na rotina das empresas

por Erik Teixeira*

Seus negócios sofreram algum impacto com a greve de sexta-feira, dia 14 de junho? Ausência de colaboradores, perdas operacionais? Movimentos grevistas fazem parte da realidade da população brasileira há muito tempo. Mas, será que as empresas estão preparadas para lidar com este tipo de situação e os seus possíveis descontroles diretos na operação? Seguem algumas dicas rápidas e simples que podem ser adotadas em situações como esta.

Inicialmente, é importante compreender se o alvo da greve é a companhia, o segmento em que a organização atua ou áreas correlacionadas com os negócios da empresa. Por exemplo, como uma greve de bancários para um banco, a de operários para uma indústria automotiva ou uma greve de caminhoneiros para uma empresa de logística ou transportes. Entretanto, mesmo que o alvo não tenha a ver com o negócio de forma direta, também, é importante avaliar se há reflexo ao seu negócio.

Tendo esse entendimento, outro ponto a se avaliar é se as empresas de transporte coletivo, sejam eles públicos ou privados, irão aderir à greve programada. Sim, existe a possibilidade da empresa de fretamento que atende a sua companhia ser alvo da paralização. Neste segundo caso, se a sua empresa não é de transporte coletivo, será necessário avaliar algumas alternativas.

A primeira delas é o trabalho em casa, conhecido como home office. Para esta alternativa, a empresa precisa avaliar se os colaboradores fazem uso de notebook, possuem acesso remoto e outras medidas que inviabilizam o fluxo de trabalho. Diversas organizações já aderiram a políticas de flexibilização de horário no ambiente de trabalho, o que facilitaria neste tipo de situação com uma ação interna de comunicação.

A segunda alternativa a se avaliar é o transporte dos colaboradores, visto que, existem modelos de negócio que dependem do profissional no local de trabalho - por exemplo, fábrica e restaurantes. Para este segundo caso, existem diversas alternativas que variam desde a contratação de uma empresa de fretamento até o reembolso de corridas em táxi ou aplicativo de mobilidade. É importante considerar que o tipo de transporte utilizado pelo colaborador não será afetado pela greve.

Por fim, para comércios e pequenos negócios, os quais o faturamento depende da circulação diária de pessoas - é o caso de restaurantes, por exemplo - é necessário avaliar o histórico de baixa para mensurar custo versus despesas versus faturamento durante o período da greve. Além disso, criar estratégias para controlar a produção com base no baixo fluxo de clientes, é outra importante forma de mitigar possíveis desperdícios.

Com todos os pontos mapeados e endereçados, não se pode deixar de monitorar o desenrolar da situação e tomar ações adicionais ao longo deste período. Por fim, avaliar se as ações foram suficientes e identificar pontos de melhoria, possivelmente, deixará a empresa mais centrada e segura dos mínimos impactos que a greve trará no dia a dia de suas operações.

*Erik Teixeira é consultor de gestão de riscos na ICTS Protiviti, empresa especializada em soluções para gestão de riscos, compliance, auditoria interna, investigação, proteção e privacidade de dados.

Sobre a Protiviti (www.protiviti.com)

A Protiviti é uma empresa global de consultoria que ajuda empresas a resolverem problemas em finanças, tecnologia, operações, governança, risco e auditoria interna. A companhia presta serviços para mais de 60% das empresas da Fortune 1000® e 35% da Fortune Global 500®.

A Protiviti e suas firmas-membro independentes prestam serviços aos clientes por meio de uma rede de mais de 70 escritórios em mais de 20 países, contando com mais de 4.500 profissionais em todo o mundo. No Brasil ela está presente desde 2006. A empresa também trabalha para agências governamentais e empresas de menor porte e/ou em fase de crescimento, incluindo aquelas que têm por objetivo fazer a abertura de capital.

Presente na classificação 57 da lista de 2016 da Fortune – 100 Melhores Empresas para Trabalhar®, a Protiviti é reconhecida em seu segmento entre as "Melhores Empresas para Trabalhar". A empresa é uma subsidiária integral da Robert Half (NYSE: RHI). Fundada em 1948, a Robert Half é membro do índice S&P 500 e foi nomeada para Fortune® na lista "Empresas Mais Admiradas do Mundo" da revista entre 1998-2016.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

RECEBA O RESUMO DE NOTÍCIAS DE SEGUROS DO SEGS, É GRÁTIS..::

NewsLetter Segs: Mais de 140 mil já recebem...Profissional atualizado anda na frente da concorrência !