Brasil, 15 de Junho de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

A Importância dos Seguros de Riscos de Petróleo

As grandes empresas do setor de petróleo e gás exigem que os fornecedores contratem seguros específicos para cada atividade no segmento que são chamados de seguros de Riscos de Petróleo.

São seguros específicos porque todos os demais ramos de seguros nas áreas de engenharia, patrimoniais, responsabilidade civil etc. excluem a cobertura para quaisquer operações offshore e onshore.

A contratação e entrega para o cliente de um seguro “comum” pode colocar em risco o contrato e também o relacionamento comercial, principalmente se ocorrer um acidente e a seguradora não puder cobrir os prejuízos. Em 15 de março de 2001, o Seguro da P-36 que explodiu foi de US$ 496 milhões.

Na época, segundo a Petrobras, a maior parte deste valor – cerca de US$ 325 milhões, foi destinada à quitação antecipada e integral do leasing contratado.

O acordo foi assinado também por um consórcio de resseguradores internacionais, detentores de 99,02% do risco, e pelo grupo de seguradoras nacionais liderado pela Bradesco Seguros e pelo Instituto de Resseguros do Brasil –IRB.

Então, o Seguro de Riscos de Petróleo se aplica a construções, fornecimentos, montagens e prestação de serviços upstream (é um termo utilizado na indústria do petróleo que significa a parte da cadeia produtiva que antecede o refino, abrangendo desta forma as atividades de exploração, desenvolvimento, produção e transporte para beneficiamento), onshore (prospecção em terra) e offshore (prospecção em alto mar, grandes profundidades, caso do pré-sal).

Essas atividades ligadas à prospecção, exploração, produção, transporte e armazenagem de petróleo e gás, tanto no mar quanto em terra, precisa de indenização de danos à própria obra, ao equipamento ou ao objeto da prestação de serviços (danos físicos) e também a terceiros (responsabilidade civil), sejam corporais, materiais ou morais decorrentes dessas operações.

Seguro ON-SHORE/OFF-SHORE – Um seguro específico para empresas atuantes na prospecção, perfuração e produção de petróleo ou gás nas modalidades onshore e offshore devem fazer coberturas que se referem a:

1) Danos materiais às plataformas, navios, sondas e seus equipamentos, decorrentes de suas operações.

2) Responsabilidade Civil por danos causados a terceiros, decorrentes dessas atividades.

3) Danos decorrentes da construção, reparos ou manutenção de plataformas, navios ou sondas.

EMBARCAÇÕES – o seguro deve “proteger” a embarcação contra acidentes durante as etapas de construção, operação, reparo, desmonte ou paralisação, sem deixar de considerar que esses eventos podem envolver também pessoas, dentro ou fora da embarcação.

Outros riscos cobertos pelo seguro são para coberturas à abalroação, arribada, varrição, motim a bordo, negligência e fortuna do mar (incluídos casos fortuitos ou de força maior, como tempestades, encalhes, raios, maremotos, incêndios e explosões).

Podem também ter seguros as embarcações com atividades comerciais de navegação de mar aberto (longo curso, cabotagem ou apoio marítimo), interior ou apoio portuário que fornecem serviços de carga, de passageiros; rebocadores/empurradores; pesca e outras atividades comerciais. Há, ainda, as embarcações de esporte e recreio.

As opções de coberturas básicas do Seguro de Cascos, Estaleiros e Portos são sobre perda total, avaria grossa, assistência e salvamento, responsabilidade civil do armador e avaria particular, sendo que as coberturas especiais promovem desembolso, responsabilidades excedentes, valor aumentado, construtor naval, responsabilidade civil complementar (proteção e indenização), guerra e greves.

Então, fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui.

Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

RECEBA O RESUMO DE NOTÍCIAS DE SEGUROS DO SEGS, É GRÁTIS..::

NewsLetter Segs: Mais de 140 mil já recebem...Profissional atualizado anda na frente da concorrência !