Brasil, 18 de Outubro de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Qual é e como é calculado o salário de um síndico?

Atualmente, as obrigações do síndico estão aumentando e por isso, há a necessidade de realizar o pagamento de um salário para o síndico.

“ Em 2017, um condomínio com cerca de 50 apartamentos, tamanho considerado pequeno, paga em torno de R$2.000 a R$2.500 mensais a um síndico profissional.

Você já deve ter percebido, mas aquele estereótipo de síndico do senhor aposentado que utilizava seu tempo para administrar condomínio é cada vez mais incomum. Atualmente, as obrigações do síndico estão aumentando e por isso, há a necessidade de realizar o pagamento de um salário para o síndico. Mas como é a remuneração de um síndico? Como é feito o cálculo do salário do síndico?

Continue lendo e descubra!

O salário de síndico é uma consequência do aumento no tamanho dos condomínios em relação a unidades, dependências e áreas comuns. Tornando este uma organização complexa e que exige mais tempo e conhecimento para ser administrado.

Antes de explicar como é o salário do síndico, é importante deixar claro que esta não é uma obrigação legal. Ou seja, não há uma lei que obriga o condomínio a remunerar o síndico pela suas atividades. Isso significa que no caso do condomínio fazer esta opção, ela deve constar na convenção do condomínio, descrevendo como será o salário. Para que essa seja uma medida válida, é preciso que tal medida seja aprovada por ⅔ dos condôminos.

O salário do síndico pode ser pago de duas maneiras: direta e indireta. No primeiro caso, é o pagamento de uma remuneração direta para o síndico. A legislação também se omite no que diz respeito a valores de piso ou teto para o salário de síndico. Contudo, em média um síndico que é morador recebe em média de dois a três salários mínimos.

Já na remuneração indireta, é quando o síndico fica isento do pagamento da taxa condominial. Se a taxa for considerada alta, pode ser previsto o pagamento apenas parcial. Lembrando sempre que os valores devem estar descritos na convenção do condomínio.

Estes dois tipos de remuneração são válidos para os síndicos que são moradores. Agora, quando o condomínio opta pela contratação de um síndico profissional. Neste caso, a remuneração é sempre direta. Isso significa que ele deve receber um salário mensalmente. Este é calculado com base no tamanho do condomínio e número de visitas semanais ao condomínio. Em 2017, um condomínio com cerca de 50 apartamentos, tamanho considerado pequeno, paga em torno de R$2.000 a R$2.500 mensais a um síndico profissional.

Se o condomínio optar por pagar um salário ao síndico é preciso lembrar que existem tributações sob o valor. De acordo com a lei, o síndico é um contribuinte individual, não se enquadrando nas regras da CLT. Dessa forma, não há garantia dos direitos exclusivos aqueles com carteira assinada. Porém, ele deve fazer o pagamento da previdência social,sendo responsabilidade do condomínio o recolhimento da contribuição.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo