Brasil, 25 de Setembro de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

TRABALHO - É Copa: liberar ou não para assistir os jogos?

Por lei, as empresas não são obrigadas a dispensar seus funcionários para acompanhar os jogos da Copa do Mundo. Porém, muitas reconhecem essa forte tradição dos brasileiros e negociam formas para que os colaboradores possam acompanhar as partidas da melhor maneira possível, sem comprometer a produtividade

O futebol é, de fato, uma paixão do brasileiro. Mesmo com o crescimento de outras modalidades como voleibol e o MMA, o esporte é ainda o mais conhecido e praticado no país. Segundo pesquisa desenvolvida pela Gazeta Press, em 2017, 74% dos brasileiros se declararam fãs do futebol. Sendo assim, quando é época de Copa do Mundo, não tem jeito, a nação se mobiliza e todo mundo fica ligado no maior evento esportivo do planeta.

Este ano, a sede da competição será na Rússia, que tem uma diferença de fuso horário de cinco hora. Com isso, os horários de alguns jogos da B r a s i l irão cair em pleno horário comercial. Ai vem o dilema de muitas empresas: liberar ou não os colaboradores para acompanhar os jogos?

A legislação trabalhista aponta que as empresas não são obrigadas a dispensar seus trabalhadores para ver os jogos da Copa do Mundo. A exceção está para as cidades que decretaram feriado nesses dias. Mas mesmo sendo uma decisão facultativa de cada companhia, muitas preferem negociar com seus funcionários para que os mesmos possam acompanhar os jogos sem comprometer o trabalho.

Para Ricardo Teixeira, diretor da URBS RT Lançamentos Imobiliários, a Copa do Mundo e a paixão do brasileiro pelo futebol são coisa que não podem ser ignoradas. “Somos o país do futebol e não podemos deixar de levar isso em consideração e muitas empresas também sabem disso. Por o melhor, quando possível é negociar. Além do mais é um momento de alegria e descontração que é importante para o ambiente organizacional”, destaca o executivo ao falar que é preciso ter flexibilidade e levar em consideração que os jogos da s e l e ç ã o praticamente param o país.

Luciana Lima, gestora de recursos humanos da Dinâmica Engenharia, explica que ao pensar em liberar ou não os colaboradores, o empregador deve levar em consideração a qualidade do trabalho desenvolvido. “O funcionário que gosta de futebol vai estar mais distraído neste momento. Para ele assistir ao jogo pode ser importante e essa distração, dependendo da atividade pode ser muito ruim. Nesse caso, se não for possível liberar, sugerimos que ao menos a empresa organize uma forma dentro do ambiente de trabalho, para que todos assistam ao jogo, e depois voltem à rotina”, orienta.

Torcida no trabalho

Essa pelo menos será a estratégia da URBS RT Lançamentos Imobiliários, que irá preparar o ambiente de trabalho e envolver os seus colaboradores na torcida pela B r a s i l, conforme explica Suellem Ferreira, diretora de Recursos Humanos da empresa. “Teremos duas programações para os jogos da s e l e ç ã o brasileira. Para o jogo contra a Costa Rica, que será ás 9 horas da manhã, vamos preparar um telão e um café da manhã com comidas temáticas de estádio de futebol como pipoca, churrasquinho e refrigerante. Já para o jogo contra a Sérvia, que será as 15 horas vamos liberar a nossa equipe meia hora antes para que possam assistir onde e com quem quiserem”.

Segundo Suellem a empresa tomou essa decisão por acreditar que é uma ação que estabelece uma relação harmoniosa entre direção e equipe e que cria um clima organizacional mais amistoso, com integração da equipe e reforço do patriotismo. “Para que todos possam, de fato, ver que estamos em clima de copa vamos inaugurar no dia 14, um dia antes do começo da Copa do Mundo a nossa decoração temática e vamos entregar camisetas da nossa torcida para toda a nossa equipe”, finaliza.

A assistente de relacionamento da URBS RT, Angélica Gomes, 29 anos, está empolgada com a decisão da empresa em estimular a equipe para assistir a Copa do Mundo. “Eu não esperava essa ação tão legal. Eu estou super empolgada para poder ver os jogos junto com meus colegas de trabalho. Tenho certeza que vamos mandar uma vibração positiva ainda maior para a nossa Seleção”, destaca a colaboradora que aposta que o Brasil deve conquistar essa Copa e que o atacante Neymar será o destaque. “Estou super empolgada. tenho certeza que vamos comemorar aqui na empresa o hexacampeonato”, diz.

O design Flávio Henrique Alves, 23 anos, também diz que está ansioso para se reunir com seus colegas da URBS RT para torcer pelo Brasil. “Vai ser um momento de integração bem grande. Já estamos nos preparando para comemorar a vitória e o título”., disse ao comentar que está muito feliz e esperançoso com bons resultados na Copa do Mundo. “Acredito que vamos trazer o título e que Gabriel Jesus será o destaque”, finaliza.

Liberação e banco de horas

No escritório da Dinâmica Engenharia, segundo seu Setor de Recursos Humanos, os colaboradores administrativos serão liberados no período em que houver os jogos, seja pela manhã ou à tarde. Já nas obras, para os jogos que serão realizados pela manhã, o canteiro será fechado. Nos dias em que as partidas forem à tarde, os trabalhadores serão dispensados apenas no período do jogo. A empresa adotou a política de compensação de horas aos sábados.

Já na Elmo Construtora, inicialmente, os jogos serão assistidos na obra. Segundo a direção da empresa, caso a Seleção passe para outras fases da competição, será avaliado sobre a liberação ou não para os trabalhadores assistirem os jogos.

Na Construtora Brasal, haverá liberação dos trabalhadores no período do jogo. O acordo, segundo a direção da empresa em Goiânia, é de que nesses períodos em que não haja trabalho, a horas sejam repostas aos sábados.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo