Fiscalização de lixo em São Paulo pode multar empresas

Fiscalização de lixo em São Paulo pode multar empresas

Todas as empresas do município precisam se cadastrar junto à AMLURB até 31 de outubro, incluindo os ME, MEI e Eireli. Multa para grandes geradores de resíduos pode chegar a R$1.639,60.

Usando novas tecnologias, a Prefeitura de São Paulo, através da AMLURB (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) vai intensificar a fiscalizar a geração de resíduos de todas as empresas da cidade eletronicamente.

Para isso, todas empresas, independentemente de seu tamanho e segmento, devem se cadastrar através do site https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/amlurb/ e preencher a sua autodeclaração até o próximo dia 31 de outubro. O prazo, que inicialmente era até o dia 09 de setembro, foi prorrogado para que todos os estabelecimentos e empresas possam se adequar.

De acordo com as informações do site da Prefeitura, a medida é consoante ao Decreto 58.701/2019 Capítulo II Art. 6º parágrafo 1º, necessária para o cumprimento do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Cidade de São Paulo (PGIRS), visando diminuir os gastos públicos com a coleta de lixo e melhorar o gerenciamento de resíduos sólidos na capital paulistana.

Como a medida afeta as empresas da cidade de São Paulo?

De acordo com as normas de fiscalização, todas as empresas precisam realizar o cadastro eletrônico e a autodeclaração junto aos sistemas do Controle de Transportes de Resíduos.

Isso inclui pequenas e micros empresas registradas sob o MEI, ME e Eireli, mesmo operando em endereços residenciais, salas comerciais e condomínios – sem exceções. As empresas que não realizarem o cadastro municipal podem ser multadas em R$1.639,60.

A partir da coleta desses dados pela prefeitura, as empresas que produzem mais de 200 litros de lixo por dia serão consideradas um grande gerador (GG) e deverão arcar com os processos e custos da própria gestão de resíduos sólidos, contratando empresas privadas e transportadoras licenciadas pela AMLURB.

Todo o processo de rastreio e conferência das quantidades e destinação dos resíduos será feita com o auxílio de etiquetas adesivas com tecnologia QR-Code, que integrará os dados da coleta ao sistema da prefeitura.

As empresas consideradas pequenas geradoras não pagarão taxas pelo descarte e gerenciamento de seus resíduos, desde que não ultrapassem a quantidade estabelecida. Vale lembrar que mesmo os pequenos geradores devem separar seu lixo em secos e úmidos e destiná-los a coleta urbana.

Como os grandes geradores podem implementar a gestão de resíduos?

Toga empresa que considerada grande geradora de lixo deverá implantar uma rotina de gerenciamento de resíduos sólidos e arcar com seus custos de armazenamento, segregação, transporte de disposição final junto às empresas licenciadas pela Prefeitura de São Paulo.

Dependendo da categoria do material a ser descartado, é possível reduzir custos com sua destinação oferecendo o material para tratadores especializados do mercado de resíduos sólidos.

Um meio de acessar esse nicho é através do software de gestão da VG Resíduos, startup especializada em gestão de resíduos sólidos. De acordo com seu sócio, Guilherme Gusman, a plataforma pode gerar uma redução média de até 20% nos custos com a destinação de resíduos.

“Uma empresa parceira gastava em média R$900,00 por mês para destinar seus paletes de madeira e na VG Resíduos ela encontrou um comprador que pagava por eles R$300,00, gerando uma economia total de R$1,200 mensais”, conta Gusman.

Além disso, as ferramentas de gestão da empresa permitem o controle da documentação dos tratadores e também dos fornecedores, ajudando em todos os aspectos operacionais e legais necessários.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

NEWSLETTER SEGS