Quais são os procedimentos para o enterro de um familiar? Saiba mais

Crédito da Foto: Shutterstock Crédito da Foto: Shutterstock

A morte de um ente querido é uma situação dolorosa e triste. Porém, no caso do falecimento de familiares próximos, como pais, filhos, avós, também precisa ser encarada da forma mais prática possível dentro das possibilidades. Isso porque o sepultamento do familiar precisa ser realizado, e para que o momento não gere ainda mais ansiedade e dor é necessário compreender os trâmites burocráticos.

Da documentação ao velório: o que fazer

Morte natural: se a morte natural ocorrer com o acompanhamento de um médico da família (como nas mortes em que a pessoa está doente mas permanece em sua residência), o profissional emitirá o atestado de óbito. Caso não haja acompanhamento médico, é preciso procurar imediatamente a Delegacia de Polícia mais perto para registrar um boletim de ocorrência e solicitar a remoção do corpo para posterior emissão da declaração de óbito.

Morte violenta: em caso de morte violenta, a família deve ir imediatamente a uma Delegacia de Polícia. O delegado enviará uma equipe para averiguação, o corpo será removido para o Instituto Médico Legal (IML), que fará a necropsia para identificar a causa da morte e emitir o atestado de óbito.

Morte no hospital: se o falecido tiver menos de 24 horas de internação, o corpo será encaminhado para a necropsia e, após, o atestado de óbito será emitido. Se houver mais de 24 horas de internação, o médico responsável pelo paciente assinará a declaração de óbito - a menos que exista algum impedimento legal.

O familiar deve ter em mãos os seguintes documentos da pessoa falecida: certidão de nascimento, carteira de identidade, CPF, título de eleitor, carteira profissional ou registro profissional, certificado de reservista (para homens com mais de 18 anos), e cartão do INSS (para pessoas aposentadas). A apresentação correta de toda a relação de documentos - incluindo o atestado de óbito - é essencial no processo de elaboração da certidão de óbito no cartório e facilita quaisquer procedimentos legais a serem realizados após o falecimento.

Ao receber a certidão de óbito, o familiar deve conferir atentamente os dados contidos no documento e pedir imediatamente quaisquer alterações que sejam necessárias, como erros na grafia do nome, datas incorretas, entre outros. Antes de buscar o serviço funerário, é importante verificar se a pessoa falecida tinha algum seguro com cobertura funerária, o que reduz os gastos e torna menos difícil este momento.

Com toda a documentação e a certidão de óbito, a família deve procurar uma funerária, que fará o traslado do corpo para as cerimônias fúnebres e atuará junto ao cemitério para a contratação dos serviços de velório e sepultamento.

Se possível, um outro familiar deve cuidar do contato com as pessoas, do aviso sobre velório e enterro, e até mesmo da orientação sobre as homenagens para parentes que se encontram distantes - como por exemplo o envio de coroas de flores (existem lojas online que disponibilizam o envio de coroas para velório para qualquer lugar do país. É possível estar em qualquer parte do mundo e enviar a homenagem para o Cemitério Arcanjo São Miguel e Almas em Porto Alegre ou qualquer outro em território nacional).


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

NEWSLETTER SEGS