Programa luz para todos completa 15 anos no Brasil

Programa luz para todos completa 15 anos no Brasil

Meta é universalizar o acesso até 2022

O programa Luz Para Todos foi criado em 2003 como política pública para diminuir a desigualdade social e a pobreza em locais de baixa infraestrutura ou densidade populacional, como as comunidades ribeirinhas. Em 2001, o Banco Mundial já atestava a precariedade de condições dessa parcela da população.

Mais de 3 milhões de famílias puderam ter acesso a TV, luz e até mesmo geladeira inox, totalizando cerca de 16 milhões de pessoas. Dos atendidos, aproximadamente 35 mil eram famílias indígenas e 29 mil famílias quilombolas, além de 14 mil escolas em áreas rurais, que puderam ter ventiladores, equipamentos de informática e refrigerador para conservação das merendas.

Só em 2018, mais de 53 mil novas ligações em domicílios foram realizadas. Quem se beneficia do programa está em uma condição extrema - cerca de 90% dos atendidos estavam abaixo da linha de pobreza.

O desenvolvimento social e econômico de pequenos agricultores e comunidades ribeirinhas, por exemplo, só foi possível após o acesso à energia elétrica. Muitos serviços foram facilitados com essa política de Estado, como saúde, educação e abastecimento de água. Em 2008, o governo completou a meta de instalação em 12 estados - Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Mesmo assim, algumas áreas ainda não foram atendidas até hoje, especialmente na região Norte.

O programa continua sendo uma política de Estado. Em abril de 2018, o ex-presidente Michel Temer promulgou por decreto a execução do Programa Luz Para todos até 2022, com o objetivo de universalizar a energia elétrica no país. De acordo com um levantamento feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Brasil ainda possui um milhão de residências sem luz. Alguns povoados vivem completamente no escuro.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

NEWSLETTER SEGS