No Rio Grande do Sul, turismo ajuda a desenvolver agricultura familiar

No Rio Grande do Sul, turismo ajuda a desenvolver agricultura familiar Crédito: divulgação

Cidades do campo gaúcho conseguem manter produção por causa de interesse dos turistas na região

Em Picada Café, a 80 km de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o agricultor Ricardo Fritsch lidera uma cooperativa que desenvolveu há 15 anos o roteiro Sabores e Cafés da Colônia, voltado para a produção local e artesanal de geleias, pães e cervejas. É um dos exemplos mais acabados de uma ideia que tem crescido no estado: fomentar o turismo para que ele, por sua vez, ajude a financiar a agricultura familiar.

"A aliança entre turismo e agricultura familiar permite que o agricultor melhore a propriedade. Ele vai evoluindo, aperfeiçoando a propriedade para receber o turista. O turismo ajuda a desenvolver, ajuda a sustentar", disse Fritsch.

"Hoje, o filho do agricultor não faz só Ensino Médio, ele vai para o ensino superior e tudo tem custo. O filho do agricultor também tem celular, notebook, tudo isso tem custos. Essas melhorias não são luxo, isso o agricultor também tem direito, isso ele só consegue com renda, e o turismo faz isso acontecer", completou em entrevista à Agência Brasil.

Além de financiar os custos de produção e de mantê-la sempre como um atrativo para pessoas de fora da região, Fritsch ainda acredita que a presença dos visitantes faz com que o negócio no campo sirva também mantenha os jovens - filhos dos agricultores mais antigos - no interior. O fenômeno de migração do campo para a capital nas últimas décadas fez com que a média imobiliária em Porto Alegre subisse significativamente de preço.

"Esse é o nosso grande desafio hoje, o envelhecimento na agricultura. Com o projeto, os jovens ficam, porque eles conseguem perceber que alguma coisa está acontecendo, porque o pai dele tem uma outra visão de mercado, tem uma outra visão de produção", analisou. "Hoje, os agricultores são levados a escolas para darem palestra ou somos visitados pelas escolas porque nós somos os inovadores, o que vem despertando em nossos filhos o interesse maior em ficar na propriedade", continuou.

Nos últimos anos, profissões ligadas à gestão ambiental e à sustentabilidade passaram a aparecer nas listas dos empregos do futuro. Como o mundo enfrenta uma série de problemas climáticos e ambientais discutidos em reuniões de cúpulas internacionais, organizações ligadas ao meio ambiente e de líderes mundiais, a área passou a ser explorada em cursos universitários, como engenharias ambiental e química.

Para o secretário especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) do governo federal, Jefferson Coriteac, o turismo no Brasil é um setor que tem muito ainda a ser explorado. Para ele, a agricultura familiar vai além do turismo como um lugar de visita, mas também é atrativo do ponto de vista da gastronomia.

“O Brasil tem um grande potencial para crescer, e nós, que trabalhamos com agricultura familiar, com os agricultores familiares, entendemos que o crescimento do Brasil passa pela agricultura familiar”, disse Coriteac durante um encontro de agricultores no final do mês passado.

“A agricultura familiar tem que ser muito divulgada. Hoje, 70% do alimento que vai para a mesa do trabalhador [brasileiro] vem da agricultura familiar. Tem tudo a ver a divulgação da agricultura familiar com a divulgação do turismo”, acrescentou.

“Nós precisamos divulgar nossos produtos, nossos agricultores familiares precisam abrir o mercado, precisam vender seus produtos, não adianta só o governo federal dar condições para ele produzir mais, facilitar a compra, facilitar a produção, se ele não tiver a comercialização, que é um dos gargalos da agricultura familiar. O turismo é mais um mercado que nós estamos abrindo, mais uma trincheira que nós estamos abrindo, e o nosso agricultor familiar tem um canal de venda para seu produto”, finalizou o secretário.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

NEWSLETTER SEGS