Ar-condicionado desregulado pode prejudicar a produtividade e a saúde dos funcionários

Ar-condicionado desregulado pode prejudicar a produtividade e a saúde  dos funcionários

Ambiente deve ser climatizado de forma correta para diminuir discussões entre os funcionários

Se você trabalha em escritório, provavelmente já se deparou com a briga do ar-condicionado. Ela é muito comum e costuma dividir os colaboradores. Alguns precisam de uma temperatura mais fria, enquanto outros gostam de uma temperatura mais quente. O problema pode parecer irrelevante, mas não é. A saúde e a produtividade dos funcionários pode ser afetada se o ar-condicionado não estiver em uma temperatura adequada.

Um estudo publicado pela Universidade Cornell (EUA), em 2004, descobriu que, quando a temperatura do ar-condicionado passa de 20ºc para 25ºc, os erros de digitação caem 44% e a produtividade aumenta em mais de 100%. Esses números mostram a importância de se manter um ambiente harmonioso no escritório. Não é possível agradar 100% das pessoas, mas a empresa precisa desenvolver um método para padronizar a climatização do espaço.

Existe até uma norma da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) para dar diretrizes sobre o conforto térmico em espaços públicos ou privados de uso coletivo. De acordo com o documento, durante o verão, as temperaturas devem estar entre 23°c e 26°c. No inverno, a faixa de recomendação é entre 20°c e 22°c. De forma geral, significa deixar o ar condicionado em uma temperatura nem muito fria nem muito quente, priorizando o conforto térmico.

Além de prejudicar a produtividade, a temperatura inadequada pode expor os funcionários a um maior risco em relação a doenças respiratórias e alergias. Quando a climatização não é adequada, o corpo gasta mais energia para se adaptar ao ambiente ao invés de utilizá-la para outras tarefas do organismo. "Com isso, sobra menos energia para outras funções do organismo, afetando aquelas ligadas ao sistema nervoso central, como a concentração", explica a endocrinologista Laura Ward, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, em entrevista à Folha de S.Paulo.

A temperatura muito fria também pode ocasionar outros problemas, como diminuição da imunidade. Como o corpo tenta manter a temperatura interna estável, sobra menos energia para lidar com as células de defesa. Gripes, sinusites e amigdalites são algumas das consequências. Na verdade, não é o frio que deixa você doente, e sim a consequência da temperatura extrema para o funcionamento do organismo.

A resolução de conflitos, nesses casos, deve acontecer na base do diálogo. Não é porque um determinado indivíduo é gestor, por exemplo, que ele pode deixar a temperatura do ar-condicionado como bem entender. Desligar e ligar o aparelho sem consultar os colegas de trabalho também pode ser uma atitude não bem vista pelos demais colaboradores, assim como reclamar o tempo todo da temperatura.

O ideal, na verdade, é que a empresa padronize a climatização do escritório, para não haver discussões improdutivas e desnecessárias. Se os diretores optarem por essa opção, é fundamental atender às melhores práticas para manter a temperatura agradável.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

NEWSLETTER SEGS